Rio São Mateus (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio São Mateus
Rio São Mateus em São Mateus
Comprimento 188[1]  km
Nascente São Félix de Minas - Minas Gerais[1]
Foz Oceano Atlântico[1]
Área da bacia 10 335[1]  km²
Afluentes
principais
Rio Cotoxé[1]
País(es)  Brasil

O Rio São Mateus ou Rio Cricaré é um rio brasileiro que nasce no estado de Minas Gerais, na cidade de São Félix de Minas, desaguando no Oceano Atlântico na cidade de Conceição da Barra, no Espírito Santo. Sua bacia possui 10 335 km² e é a segunda maior do Espírito Santo.

Foi no São Mateus que aconteceu a Batalha do Cricaré, um dos mais sangrentos massacres promovido pelos portugueses contra índios Botocudos (Aimorés) no Brasil.

O nome cricaré, segundo os Tupinambás, significa preguiçoso[1] .

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Em 1596, o norte da então Capitania do Espírito Santo recebeu a visita do padre José de Anchieta, que visitou também a povoação do Vale do Cricaré no dia 21 de setembro do mesmo ano. Como era costume denominar as terras e os acidentes geográficos com o nome do santo do dia, Anchieta trocou o nome da vila e do rio para São Mateus.[1]

Cidades banhadas[editar | editar código-fonte]

Afluentes do Rio São Mateus[editar | editar código-fonte]

  • Rio Cotaxé (Rio do Norte)
  • Rio Barra Seca (Rio Mariricu)
  • Rio Preto
  • Rio Mingal da Vovó
  • Rio Panela Velha
  • Rio Pirapococa
Panorama do Rio São Mateus em Conceição da Barra.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g Eliezer Nardoto. História de São Mateus (em português). 1ª. ed. São Mateus: EDAL, 1999.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.