Rio Sutlej

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sutlej
Vista do vale do Sutlej, de Rampur, 1857
Comprimento 1370 a 1450 km
Posição: 103
Nascente Himalaia
Foz Rio Chenab (e depois o rio Indo)
País(es)  República Popular da China
 Índia
Paquistão
País(es) da
bacia hidrográfica
 República Popular da China
 Índia
Paquistão


O rio Sutlej (punjabi:ਸਤਲੁਜ, sânscrito:शतद्रु ou सुटुद्रि, IAST:Suṭudri, urdu:ستلج, hindi: सतलुज), também conhecido como Satluj, é o mais longo dos cinco rios que fluem pela região do Punjab, no norte da Índia e Paquistão, a sul do Hindu Kush, Himalaia. Nasce no Tibete perto do Monte Kailash, e desagua perto de Karachi no rio Chenab, afluente do rio Indo. É também conhecido como Rio Vermelho (Red River) na Índia.

As águas do Sutlej pertencem à Índia graças a um tratado sobre águas subscrito entre Índia e Paquistão e são desviadas na maioria para canais de rega na Índia.[1] O governo indiano construiu no Sutlej uma enorme barragem multiusos, a Bhakra-Nangal, e há vários projetos hidroelétricos importantes adicionais para o rio.

Referências

  1. Ver: [1]