Rio Uberabinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde Fevereiro de 2008).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Rio Uberabinha
Comprimento 118 km
Nascente Uberaba
Foz rio Araguari
País(es)  Brasil

O Rio Uberabinha está situado no estado de Minas Gerais.

Bacia que nasce no município de Uberaba atravessa o município de Uberlândia e Tupaciguara e vai até o Rio Araguari numa extensão de 118 km, seus afluentes são; na zona rural, córrego do Jacaré, córrego do Caroço, córrego do Roncador, córrego do Abril, Ribeirão Beija-flor e Bom Jardim, Rio das pedras, área urbana, córrego Cajuba, São Pedro, Córrego das Tabocas, Córrego do Óleo, córrego Jataí, córrego Lagoinha, córrego do Salto, córrego Guariba, córrego do Lobo, córrego Moji, córrego do Cavalo, córrego do Vinhedo, córrego Butizinho. A área Urbana de Uberlândia e abastecida por dois sistemas de capitação de água o da cachoeira da Sucupira e do Bom Jardim.

“A geologia da Bacia Hidrográfica do Rio Uberabinha é representada em seu âmbito regional por conjuntos litológicos atribuídos ao Neoproterozóico e ao Fanerozóico, respectivamente relacionados ao Grupo Araxá e à parte da seção Mesozóica da Bacia do Paraná. A Bacia do Rio Uberabinha está localizada na região do Triângulo Mineiro (borda Nordeste da Bacia do Paraná) Estado de Minas Gerais. Em função de sua localização marginal na referida bacia, o conjunto litoestratigráfico presente resume-se ao Grupo Araxá e à sucessão cretácea com sedimentos eólicos da Formação Botucatu, basaltos da Formação Serra Geral e os sedimentos psefíticos e psamíticos do Grupo Bauru. O Rio Uberabinha é afluente da margem esquerda do rio Araguari, cuja bacia está codificada como PN2, que por sua vez, deságua no Rio Paranaíba - bacia hidrográfica codificada como SB-60. Todos estes cursos d’água fazem parte da Bacia do Paraná - Bacia 6 (ATLAS Hidrológico da ANEEL, 1997). A Bacia do Uberabinha é intensamente ocupada pelas atividades antrópicas. A sua ocupação está relacionada com a ocupação do Triângulo Mineiro nos séculos XVIII E XIX.

Em 1722 o bandeirante “Anhanguera” passou pela região e lhe deu o nome de “Sertão da Farinha Podre”. Por ser uma região pobre em riquezas minerais, a sua ocupação inicia-se somente em fins do século XVIII e início do século XIX, com os interesses voltados para a produção agropecuária. Os primeiros habitantes chegam à região em 1818. A partir daí novas famílias vão chegando e, em 1846 é fundado o primeiro povoado às margens do rio Uberabinha, a Vila de São Pedro do Uberabinha, que passa a ser município em 1892, hoje, a cidade de Uberlândia. O uso da terra na Bacia do Uberabinha esteve relacionado com a pecuária extensiva até o século XX (1970), quando os chapadões passam a ser ocupado pela silvicultura e agricultura, através de incentivos e programas governamentais, resultando no uso e ocupação da terra existente hoje.

Nos chapadões do Alto Uberabinha, extensas áreas planas, estão às monoculturas de produtos para exportação (soja, milho, café) e os reflorestamentos com Pinus e Eucalipto. Nessas áreas o manejo dos solos é altamente tecnificado, proporcionando excelentes taxas de produtividade de grãos, graças às técnicas modernas de cultivo como: mecanização intensa, correção de acidez, adubação química, sementes selecionadas, uso intenso de agrotóxicos.

A Bacia do Uberabinha está localizada no Triângulo Mineiro, nos municípios de Uberaba, Uberlândia e Tupaciguara, entre as coordenadas geográficas 18º 36` a 19º 21´ S e 47º 51´ a 48º 33´W. O Rio Uberabinha nasce na porção norte do município de Uberaba, a quase 1000 m de altitude, atravessa o município de Uberlândia e área urbana no sentido SE - NO, e deságua no rio Araguari, tendo sua foz em 550 m de altitude, fazendo a divisa entre os municípios de Uberlândia e Tupaciguara.

A Bacia do Uberabinha é uma área de intensa ocupação antrópica. No médio curso encontra-se a cidade de Uberlândia com mais de 611.350 habitantes (IBGE. 2010) e os distritos de Martinésia, localizados no baixo Uberabinha e Cruzeiro dos Peixotos no divisor das bacias do rio Araguari. A maioria da população vive na área urbana, cerca de 97,5%. A população rural representa 2,5%, (IBGE, 2000).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]