Rio Váh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Váh
Váh perto de Piešťany
Comprimento 406 km
Nascente Čierny Váh e Biely Váh, Montanhas Tatra
Caudal médio 152 m³/s
Foz Danúbio
Área da bacia 15,075 km²
Afluentes
principais
à esquerda: Demänovka, Revúca, Ľubochnianka, Turiec, Rajčanka e Nitra; à direita: Belá, Orava, Varínka, Kysuca, Biela voda, Vlára, Dubová, Dudváh e Malý Dunaj
País(es) da
bacia hidrográfica
 Eslováquia

O Rio Váh (alemão: Waag; húngaro:[1] [2] Vág; polonês: Wag[3] ) é um afluente da margem esquerda do Danúbio e o maior rio da Eslováquia. Possui duas nascentes: Biely Váh (Váh Branco) e Čierny Váh (Váh Preto), localizados respectivamente no Alto Tatras e no Baixo Tatras. A partir das montanhas, ele flui ao longo do norte e do oeste eslovacos, até desaguar no Danúbio ao sul, perto de Komárno.

O Váh possui 16 usinas hidroelétricas, cuja construção começou na década de 1930.

Cidades ao longo do rio incluem Liptovský Hrádok, Liptovský Mikuláš, Ružomberok, Vrútky, Žilina, Bytča, Považská Bystrica, Púchov, Ilava, Dubnica nad Váhom, Nemšová, Trenčín, Nové Mesto nad Váhom, Piešťany, Hlohovec, Sereď, Šaľa, Kolárovo e Komárno.

Referências

  1. Kocsis, Károly. - zZ_NVM9mNEC&pg=PA73&dq=Kom%C3%A1rno+Hungarians+census Ethnic Geography of the Hungarian Minorities in the Carpathian. [S.l.: s.n.], 2001. 73 pp. ISBN 193131375X. Visitado em 2 de julho de 2008.
  2. Felbermann, Louis. Hungary and Its People. [S.l.: s.n.]. Visitado em 2 de julho de 2008.
  3. Wag w Słowniku geograficznym Królestwa Polskiego i innych krajów słowiańskich (in Geographical Dictionary of Polish Kingdom and other Slavic countries).
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.