Rio Zeravshan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Zeravshan River no distrito de Ayni, Tajiquistão.
Rio Zeravshan na Ásia Central.

O Rio Zeravshan (ou Zarafshan ou Zarafshon, em tajique: Дарёи Зарафшон, em uzbeque: Zarafshon, da língua persa زر افشان, zar afshān, significando "o vapores de ouro") é um rio da Ásia Central. Seu nome, "vapores de ouro" em Persa, se refere à presença de areias contendo ouro nas áreas mais altas do seu curso. Para os antigos gregos era conhecido como 'Polytimetus'. Já foi conhecido como rio de Sughd..

Sua nascente (39° 30′ N 70° 35′ E) é nas escarpas do Pamir no Tajiquistão,de onde flui por cerca de 300 km, passando por Panjakent antes de entrar no Uzbequistão 39° 32′ N 67° 27′ E, onde desvia do oeste para nordeste e passa pela lendária cidade de Samarcanda, a qual depende totalmente do oásis ali criado, curva mais um vez para o noroeste de Navoiy, depois a sudoeste, passando Bucara ,antes de se perder no deserto além da cidade de Qorako‘l (Karakul), não chegando até o Amu Dária do qual já foi um afluente.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em língua russa

  • В.В. Бартольд "К Истории Орошения в Туркестане" (Collected Works, Vol.3) (Москва) 1965

Em língua inglesa

  • V.V. Barthold "Turkestan Down to the Mongol Invasion" (London) 1968
  • Robert Lewis "Early Irrigation in West Turkestan" Annals of the Association of American Geographers Vol.56 №.3 (Sept. 1966) pp467-491
  • Edgar Knobloch "Beyond the Oxus" (London) 1972