Rio das Antas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Rio das Antas
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 27 de julho
Fundação 21 de junho de 1958 (56 anos)
Gentílico rio-antense
Prefeito(a) Alcir Jose Bodanese (PMDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Rio das Antas
Localização de Rio das Antas em Santa Catarina
Rio das Antas está localizado em: Brasil
Rio das Antas
Localização de Rio das Antas no Brasil
26° 53' 56" S 51° 04' 26" O26° 53' 56" S 51° 04' 26" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008[1]
Microrregião Joaçaba IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Caçador, Fraiburgo e Videira
Distância até a capital 207 km
Características geográficas
Área 317,190 km² [2]
População 6 147 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 19,38 hab./km²
Altitude 830 m
Clima Mesotérmico úmido, sem estação seca, com verões quentes, apresentando temperatura média anual de 16,9°C e precipitação total anual entre 1.700 a 1.800mm
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,803 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 76 081,652 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 208,22 IBGE/2008[5]
Página oficial

Rio das Antas é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º53'55" sul e a uma longitude 51º04'28" oeste, estando a uma altitude de 830 metros. Sua população estimada em 2004 era de 6 322 habitantes. Possui uma área de 319 km².

A cidade de Rio das Antas fica no caminho entre Caçador e Videira, das quais é a mais antiga. A vegetação nativa é a de Araucárias ou o pinheiro do Paraná, e o relevo é serrano onde predominam os morros.

História[editar | editar código-fonte]

Área que pertence hoje ao município, era parte integrante das chamadas terras contestadas. Em primeiro momento essas terras já participaram de confrontos como as disputas pelo Brasil e pela Argentina, logo depois disputas entre os estados de São Paulo e Paraná e também entre Paraná e Santa Catarina. A história de Rio das Antas está ligada diretamente a Guerra do Contestado que aconteceu entre 1912 a 1916, onde atingiu grande parte do estado de Santa Catarina. Mas antes de ser construída esta estrada de ferro e da eclosão da guerra é que começaram a chegar os primeiros imigrantes, formados por famílias alemãs e italianas. A região, com muito sacrifício, sobrevivia da agricultura familiar, mas com a chegada da guerra a situação agravou deixando muitos colonos mortos, enquanto outros abandonavam suas terras, temendo as consequencias, onde acabou retardando o crescimento e desenvolvimento do município. Já em 1918, com o fim da guerra e o incentivo do governo as terras puderam ser repovoadas. O nome Rio das Antas é dado pela grande quantidade de antas que existiam nessa área. [6] [7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://www.riodasantas.sc.gov.br/conteudo/?item=11793&fa=8032&PHPSESSID=l5j6puus2jujeu3e7ki89kcv04
  7. http://www.cacador.com.br/conttur/rio.htm

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.