Ritona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Desambiguação: Para o personagem de ficcção ver Rittona.
Contiomagusstein
O.D. T.PRIITONAE. DI VINAE SIVE CA... IONI PRO SALVTE VICANORVM CONTI OMAGUS ENSIVMTER TINIUS MODESTVS F.C.V.S.

Ritona, também conhecida como Pritona, é um deusa céltica venerada principalmente na terra dos Tréveros no que é agora a Alemanha. Seu culto está atestado em Pachten e em Trier, onde ela "teve um pequeno templo construído cuidadosamente" no complexo Altbachtal (Wightman, p.217).1 Em Pachten seu templo também teve um teatro, presumivelmente dedicado a performances de uma natureza religiosa.1 Uma inscrição única (CIL XII:02927) também a honra em Uzès na França do Sul.2

Seu nome, relacionado à mesma raiz que rhyd do galês, ‘vau’, sugere que foi uma deusa de vaus.3 A variante ‘Pritona’ está atestada diretamente duas vezes: em uma única inscrição da deusa em Pachten (PRITONAE DIVINAE SIVE CA[...]IONI, AE 1959:00076) e em conjunção com ‘Ritona’ em uma inscrição de Trier (DEA RITONA PRITONA, AE 1928:00185). ‘Pritona’ também é recuperada em um inscrição mais fragmentária, avançada, de Trier (RITO/[NAE] SIVE EX IU[SSU PR]/ITONI[AE?], AE 1989:00547).2

Lothar Schwinden a caracteriza como uma deusa-mãe na base da estátua de uma deusa sentada encontrada em Pachten, que ele conecta ao tipo local bem-conhecido de deusa-mãe sentada com cães e bebês em seus colos (cf. Aveta).4

A inscrição Pachten especifica que a deusa foi invocada por um indivíduo "para o bem-estar das pessoas do povoado de Contiomagium" (PRO SALVTE / [V]IKANORVM CONTI/OMAGIENSIVM). Em duas das inscrições de Trier, Ritona é invocada em conjunção ou com os númens dos Augusti (ver culto imperial) ou em honra da casa divina (a família imperial).2

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Edith Mary Wightman (1970). Roman Trier and the Treveri. Rupert Hart-Davis, London.
  2. a b c Recuperado do Epigraphik-Datenbank Clauss / Slaby em 29 de março de 2008.
  3. Miranda Green (1997). Dictionary of Celtic Myth and Legend. Thames and Hudson Ltd. London.
  4. Lothar Schwinden. "Muttergöttin der Treverer: Ritona". In Sabine Faust et al. (1996) Religio Romana: Wege zu den Göttern im antiken Trier. Rheinisches Landesmuseum Trier.



Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia celta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.