rm (Unix)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O comando rm do sistema operacional Unix é usado para apagar arquivos. É uma forma curta de se referir a remove (remover), é semelhante ao del no MS-DOS. Requer muito cuidado com o comando rm* pois apaga tudo sem confirmação por padrão.

Normalmente é usado desta maneira:

rm nome_do_arquivo

Onde nome_do_arquivo é o nome do arquivo a ser removido. Existem vários argumentos que permitem o uso de outras funcionalidades, como o argumento -i que realiza uma pergunta para o usuário antes de apagar cada arquivo. Muitas vezes é feito um alias do comando rm para rm -i de modo a evitar remoção acidental de arquivos.

Quando a opção anterior se torna inconveniente dada a quantidade de arquivos a ser removida, ela pode ser cancelada especificando o argumento -f. Geralmente esta opção é usada em conjunto com o argumento -r que remove diretórios e o conteúdo deles de forma recursiva descendo pela árvore de diretórios partindo do diretório especificado.

O comando rm -rf ou também rm -rf /* era usado como piada entre os usuários do sistema Unix. Caso este comando seja executado por um usuário administrador na raiz do sistema de arquivos levará a remoção de todos os arquivos que podem ser escritos, trazia a idéia de desastre total. Nas versões mais recentes do rm, rm -rf é um alias para rm -rf --preserve-root, o que impede a remoção de /.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.