Robert A. Heinlein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Junho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Robert A. Heinlein
Heinlein autografando no Worldcon 1976
Nacionalidade Estados Unidos americano
Data de nascimento 7 de julho de 1907
Local de nascimento Butler, Missouri
Data de falecimento 8 de maio de 1988 (80 anos)
Local de falecimento Carmel, Califórnia
Gênero(s) Ficção científica, fantasia
Pseudónimo(s) Anson MacDonald, Lyle Monroe, John Riverside, Caleb Saunders, Simon York
Ocupação Escritor
Período de atividade 1939–1988
Magnum opus Stranger in a Strange Land
Obra(s) de destaque Life-Line
Influências H. G. Wells, James Branch Cabell, Edgar Rice Burroughs, Rudyard Kipling, Mark Twain
Influenciados Tom Clancy, David D. Friedman, Neil Gaiman, George R. R. Martin, Larry Niven, Jerry Pournelle, Spider Robinson, Allen Steele, John Varley, Dean Koontz
Assinatura Robert A Heinlein signature.svg

Robert Anson Heinlein (Butler, 7 de julho de 1907Carmel, 8 de maio de 1988) foi um escritor de ficção científica norte-americano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Heinlein no anuário de 1929 da Academia Naval dos Estados Unidos.

Robert Heinlein nasceu em 7 de julho de 1907, filho de Rex Ivar Heinlein (um contador) e Bam Lyle Heinlein, em Butler, Missouri. Morou na infância em Kansas City, no mesmo estado. A sua observação das coisas e valores de seu tempo e lugar (segundo ele, "O Cinturão Bíblico") teve uma influência significativa no seu trabalho como escritor. Foi criado batista, porém, abandonou a religião ao ler A Origem das Espécies, obra do naturalista britânico Charles Darwin, aos 13 anos [1] .

A sua experiência na Marinha Americana foi a segunda grande influência em sua obra. Heinlein graduou-se na Academia Naval dos Estados Unidos em 1929, e trabalhou como oficial. No mesmo ano, casou-se com Eleanor Curry, separando-se um ano depois. Casou-se em seguida com Leslyn Macdonald, e foram separados pela morte. Foi um ateu durante toda a sua carreira literária.

Possuiu diversas mudanças sobre sua visão política durante toda a vida, apesar de ter sido sempre patriótico e apoiador das Forças Armadas Americanas. Foi defensor liberal e libertário.

Foi consultor do filme Destination Moon (1950).

Obras traduzidas[editar | editar código-fonte]

O ano se refere à data de publicação original. Os títulos separados por "/" indicam títulos alternativos (Brasil, Portugal etc).

  • A companhia dos mágicos (Magic, Inc., 1940)
  • O dia depois de amanhã/A sexta coluna (Sixth Column ou The Day After Tomorrow, 1941)
  • Waldo (1942)
  • Nave Galileu (Rocket Ship Galileo, 1947)
  • O planeta vermelho (Red Planet, 1949)
  • Entre planetas (Between Planets, 1951)
  • Os manipuladores (The Puppet Masters, 1951)
  • Um negócio de família (The Rolling Stones ou Tramp Space Ship, 1952)
  • O monstro do espaço (The Star Beast ou Star Lummox, 1954)
  • Estrela oculta (Double Star, 1955)
  • Um túnel no céu (Tunnel in the Sky, 1955)
  • O tempo das estrelas (Time for the Stars, 1956)
  • Escala no Tempo/A porta para o verão (The Door Into Summer, 1957)
  • Cidadão da Galáxia (Citizen of the Galaxy, 1957)
  • Viajantes do espaço/Equipagem espacial (Have Spacesuit - Will Travel, 1958)
  • A ameaça da Terra (The Menace from Earth, 1959)
  • Tropas estelares (Starship Troopers ou Starship Soldier, 1959)
  • Um estranho numa terra estranha (Stranger in a Strange Land, 1961)
  • A rapariga de Marte (Podkayne of Mars, 1962)
  • O mundo que nos espera (Farnham's Freehold, 1964)
  • Estrada da glória (Glory Road, 1964 – Prémio Hugo)
  • Revolta na Lua (The Moon is a Harsh Mistress, 1967 – Prémio Hugo)
  • Não temerei nenhum mal (I Will Fear No Evil, 1970)
  • O número do monstro (The Number of the Beast, 1979)
  • Friday (1982)
  • O gato que atravessa paredes (The Cat Who Walks Through Walls: A Comedy of Manners, 1985)

Série História do Futuro[editar | editar código-fonte]

  • Os filhos de Matusalém (Methuselah's Children, 1941)
  • O homem que vendeu a Lua (The Man Who Sold The Moon, 1950)
  • Revolta em 2100 (Revolt in 2100, 1953)
  • Amor sem limites: As Vidas de Lazarus Long/A história do futuro (Time Enough for Love: The Lives of Lazarus Long, 1973)

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Robert A. Heinlein

Em inglês[editar | editar código-fonte]

Em português[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este(a) artigo sobre um(a) escritor(a) de ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.