Robert Fuchs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert-Fuchs.jpg

Robert Fuchs (Frauental an der Laßnitz, 15 de fevereiro de 1847Viena, 19 de fevereiro de 1927) foi um compositor austríaco.

Em 1875, tornou-se professor do Conservatório de Viena e maestro da Orquestra da Gesellschaft de Musikfreunde. Foi professor de Mahler, Sibelius, Hugo Wolf e Zemlinsky.

Sua Sinfonia nº 1 (1885), das três que compôs, é sua obra mais conhecida, e, na época, foi elogiada por Brahms.

É autor das óperas "Die Königsbraut" (1889) e "Die Teufelsglocke" (1893).

Também escreveu um Andante e Capricho, para orquestra, Serenatas para orquestra, dois quartetos para cordas, a abertura "Des Meeres und der Liebe Wellen", as obras para coro feminino e orquestra "Elfen und Zwerge" e "Gestillte Schnsucht", um concerto para piano e orquestra, Fantasias para órgão, duas sonatas para piano, além de várias outras peças para piano.