Robert Hale Merriman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Hale Merriman
Nascimento 1908
Nevada, Estados Unidos
Morte 2 de abril de 1938
Perto de Gandesa, Espanha
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Ocupação Professor
Economista
Cargo

Robert Hale Merriman (Nevada, 1908 - Corbera d'Ebro, 2 de abril de 1938) foi professor de Economia na Universidade da Califórnia. Ele uniu-se as forças republicanas na Espanha durante a Guerra Civil Espanhola e comandou o Batalhão de Abraham Lincoln das Brigadas Internacionais.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

O filho de um lenhador, Merriman trabalhou em vários empregos a fim matricular-se na Universidade de Nevada. Para ganhar algum dinheiro extra ele participou do corpo de treinamento de Oficiais da Reserva ( ROTC ), onde recebeu treinamento militar básico.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Merriman mudou para a Espanha, juntamente com sua esposa no início de 1937 e se juntou às Brigadas Internacionais em seu campo de treinamento em Albacete. Como a maioria dos voluntários não tinham qualquer treinamento militar, a experiência de Merriman no ROTC fez com que ele assumiu o treinamento dos 428 homem do[2] Batalhão Lincoln e, no final de janeiro, ele se tornou comandante do batalhão.[3]

O Batalhão Lincoln partecipou da primeira ação na batalha de Jarama de 06 a 27 fevereiro, sendo um dos quatro batalhões que compunham a XV Brigada Internacional.[4] Seu papel era o de impedir que as forças nacionalistas, alcançassem a estrada que conecta Madrid a Valencia. O batalhão sofreu baixas terríveis, especialmente no ataque do Pingarrón, que ficou conhecido como a Colina do Suicídio.[5] Nesta batalha Merriman ficou gravemente ferido e foi transferido temporariamente para o Estado-Maior da XV Brigada.[6]

O batalhão entrou a seguir em ação na Batalha de Brunete juntamente com o Batalhão britânico e um segundo batalhão americano (o Batalhão George Washington) eles formaram um regimento[7] da XV Brigada Internacional. Dos 2.500 homens da XV que participaram da batalha, apenas 1.000 soldados não foram mortos ou feridos.[8]

Morte[editar | editar código-fonte]

Merriman liderou novamente o batalhão durante a Batalha de Teruel, em Aragão. Sob ataque pesado de tanques e aeronaves Nacionalistas, o batalhão foi forçado a recuar em direção a Catalunha. Em 2 de abril de 1938, em torno dos vinhedos de Corbera d'Ebro, perto da cidade de Gandesa, Merriman e seu lugar-tenente, Edgar James Cody, foram mortos em ação ou capturados e executados algumas horas mais tarde.

Notas

  1. Image: Tamiment Library/Robert F. Wagner Labor Archives
  2. Coleman, Some Men Put In Their Lives p 41
  3. Coleman, Some Men Put In Their Lives p 42
  4. Antony Beevor, The Battle for Spain, p 210.
  5. Coleman, Some Men Put In Their Lives p. 44
  6. Image: Tamiment Library/Robert F. Wagner Labor Archives
  7. Hugh Thomas, The Spanish Civil War, pp 460-461.
  8. Coleman, Some Men Put In Their Lives p. 88

Ligações externas[editar | editar código-fonte]