Robert Jenkinson, 2.º Conde de Liverpool

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Muito Honorável
O Conde de Liverpool
KG PC
Retrato por George Hayter, 1823
Primeiro-Ministro do Reino Unido Reino Unido
Mandato 8 de junho de 1812
a 9 de abril de 1827
Monarcas Jorge III (1812–1820)
Jorge IV (1820–1827)
Antecessor(a) Spencer Perceval
Sucessor(a) George Canning
Secretário de Estado para os
Assuntos Internos
Mandato 25 de março de 1807
a 1 de novembro de 1809
Primeiro-ministro O Duque de Portland
Antecessor(a) O Conde Spencer
Sucessor(a) Richard Ryder
Mandato 12 de maio de 1804
a 5 de fevereiro de 1806
Primeiro-ministro William Pitt, o Novo
Antecessor(a) Charles Philip Yorke
Sucessor(a) O Conde Spencer
Secretário de Estado para os
Assuntos Estrangeiros
Mandato 20 de fevereiro de 1801
a 14 de maio de 1804
Primeiro-ministro Henry Addington
Antecessor(a) Lorde Grenville
Sucessor(a) Lorde Harrowby
Vida
Nome completo Robert Banks Jenkinson
Nascimento 7 de junho de 1770
Londres,  Grã-Bretanha
Morte 4 de dezembro de 1828 (58 anos)
Kingston upon Thames, Surrey,  Reino Unido
Progenitores Mãe: Amelia Watts
Pai: Charles Jenkinson
Dados pessoais
Alma mater Christ Church, Oxford
Esposas Louisa
Mary
Partido Tory
Assinatura Assinatura de Robert Jenkinson, 2.º Conde de Liverpool

Robert Banks Jenkinson, 2º Conde de Liverpool, KG (7 de junho de 17704 de dezembro de 1828) foi um político britânico, que por mais tempo foi primeiro-ministro do Reino Unido (Robert Walpole foi o gabinete mais longo, mas antes da formação do Reino Unido) Enquanto foi primeiro-ministro, entre 1812 a 1827, Liverpool enfrentou como seu maior desafio manter a ordem, através de medidas ortodoxas, no período pós-Guerras Napoleônicas[1] . Importantes eventos ocorreram durante este período, como o Congresso de Viena, as Corn Laws e o Massacre de Peterloo.

Quando Spencer Perceval foi assassinado em maio de 1812, lorde Liverpool o sucedeu como primeiro-ministro. O gabinete de Liverpool contou com muitos dos futuros grandes líderes do Reino Unido, como o visconde Castlereagh, George Canning, o Duque de Wellington, Robert Peel, e William Huskisson. Liverpool era considerado um político hábil, quando conseguiu conter a ala mais liberais e reacionárias do partido[2] , tendo em vista a dificuldade encontrada por seus sucessores, Canning, Goedrich e Wellington.

Referências


Precedido por
Spencer Perceval
Primeiro-ministro do Reino Unido
18121827
Sucedido por
George Canning
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.