Robert Longo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Robert Longo (7 Janeiro de 1953) é um artista, pintor e escultor de arte contemporânea, natural dos Estados Unidos da América. Influenciam a sua arte o cinema, a televisão, as revistas, banda desenhada, com os quais se sentia fascinado já desde criança.

É conhecido por usar abundantemente grafite e lápis e pelos desenhos e esculturas de grande dimensão.[1]

Ganhou notoriedade através da sua série intitulada “Men in the Cities”, onde retrata com desenhos a carvão, figuras humanas contorcidas. Sobre elas, que se tornaram uma imagem de marca do artista, refere:

É quase como uma maldição...Estas peças perseguem-me. Sinto-me feliz por tê-las, mas elas representam apenas uma pequena parte da minha carreira. É um fardo. Um fardo bom, mas ainda assim um fardo.

Robert Longo, As peças enormes de Robert Longo no Museu Berardo, Diário de Notícias

No ano de 2010 tem uma retrospectiva sua em exibição no Museu Colecção Berardo, em Lisboa[2] , coproduzida com o Musée d’Art Moderne et Contemporain de Nice, composta por peças de várias fases da sua carreira.

A sua obra já esteve em retrospectiva no Museu de Arte de Los Angeles e no Museu de Arte Contemporânea de Chicago.[3]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Men in the Cities
  • Black Flags (1989-91)
  • Bodyhammers” (1993-95)
  • Magellan (1995-96)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. As peças enormes de Robert Longo no Museu Berardo - Artes - DN dn.sapo.pt. Visitado em 4 de Março 2010.
  2. Robert Longo in Lisbon - Exhibition : lifestyle, lemag euronews.net. Visitado em 4 de Março de 2010.
  3. Jornal da Madeira - www.jornaldamadeira.pt - Edição Online jornaldamadeira.pt. Visitado em 4 de Março de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]