Robert Smith (político)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Smith
6º Secretário de Estado dos Estados Unidos
Período de governo 6 de março de 1809
a 1 de abril de 1811
Presidente James Madison
Antecessor(a) James Madison
Sucessor(a) James Monroe
Secretário da Marinha dos Estados Unidos
Período de governo 27 de julho de 1801
a 4 de março de 1809
Presidente Thomas Jefferson
Antecessor(a) Benjamin Stoddert
Sucessor(a) Paul Hamilton
Vida
Nascimento 3 de novembro de 1757
Lancaster, Província da Pensilvânia, América Britânica
Morte 26 de novembro de 1842 (85 anos)
Baltimore, Maryland,
 Estados Unidos
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Princeton
Esposa Margaret Smith
Partido Partido Democrata-Republicano
Religião Presbiterianismo
Profissão Advogado
Assinatura Assinatura de Robert Smith (político)
Serviço militar
Serviço/ramo Exército Continental
Batalhas/guerras Guerra de Independência dos Estados Unidos

Robert Smith (Lancaster, 3 de novembro de 1757Baltimore, 26 de novembro de 1842) foi um político norte-americano, o segundo Secretário da Marinha dos Estados Unidos entre 1801 e 1809 e o sexto Secretário de Estado dos Estados Unidos de 1809 até 1811.

Smith nasceu em Lancaster, Província da Pensilvânia. Durante a Guerra de Independência dos Estados Unidos, ele serviu no Exército Continental e participou da Batalha de Brandywine. Após a guerra, ele se formou na Universidade de Princeton em 1781 e trabalhou como advogado em Maryland. Smith fez parte do senado estadual de Maryland entre 1793 e 1795, e depois membro da câmara de representantes de 1796 a 1800. O presidente Thomas Jefferson o nomeou como Secretário da Marinha em julho de 1801 após William Jones ter recusado o cargo. Em março de 1805 o senado confirmou a nomeação de Smith como Procurador-Geral e Jacob Crowninshield como Secretário da Marinha. Porém, Crownishield recusou a nomeação, e dessa forma Smith brevemente serviu nos dois cargos ao mesmo tempo. Eventualmente, Jefferson nomeou John Breckinridge como o novo Procurador-Geral. Smith deixou o cargo ao final da presidência de Jefferson; James Madison imediatamente o nomeou como Secretário de Estado, cargo que ele manteve de março de 1809 até sua renúncia forçada em abril de 1811.

Smith era um grande aliado de seu irmão, o senador Samuel Smith. Ele se opôs ao Secretário do Tesouro Albert Gallatin. Madison achou que poderia ser seu próprio Secretário de Estado, porém Smith frequentemente era contra as políticas do presidente, que forçou sua renúncia. Madison questionou a lealdade dele, afirmou que Smith não lia suas correspondências diplomáticas, foi indiscreto em conversas com os birtânicos e se apôs aos esforços da administração para conseguir acordos de negócios com a França e a Grã-Bretanha. Aparentemente, Smith ficou surpreso com as acusações do presidente e, por suas vez, atacou as políticas internacionais de Madison.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Presidente dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.