Rocky II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rocky
Rocky II (PT)
Rocky II - A revanche (BR)
Rocky II.jpg
 Estados Unidos
1979 • cor • 119 min 
Direção Sylvester Stallone
Roteiro Sylvester Stallone
Elenco Sylvester Stallone
Talia Shire
Burt Young
Carl Weathers
Burgess Meredith
Tony Burton
Género drama /ação / esporte
Idioma inglês
Cronologia
Último
Último
Rocky
Rocky III
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)
Estátua de Rocky Balboa nas proximidades do Museu de Artes a Filadélfia

Rocky II ou Rocky II - A revanche (como ficou conhecido no Brasil) é um filme estadunidense de 1979, com direção, roteiro e atuação de Sylvester Stallone.

É o segundo filme da série Rocky.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após a luta com Apollo Creed, os fãs de boxe pedem uma revanche. Porém, Rocky sofreu graves ferimentos no último combate, e anuncia o seu afastamento dos ringues. Concentra-se no seu relacionamento com Adrian, acabando por se casar e manter uma rotina familiar estável. Porém, o chamamento do ringue assombra-o de tal modo que ele não se consegue manter afastado por muito tempo. Adrian fica grávida, e os dias de gravidez assim como os empregos fracassados de Rocky vão se passando. Rocky então é novamente desafiado por Apollo Creed quando finalmente consegue um emprego mais estável como auxiliar técnico de Mickey, e ambos se sentem obrigados a aceitar, mas Adrian não permite e acaba passando mal, tendo o filho e entrando em coma.

Após alguns dias e orações de Rocky e também de Mickey ela acorda, e diz para Rocky: "Quero que faça algo por mim!". Rocky se aproxima e ela diz: "Vença, vença!". Assim, Rocky tem que se preparar para o combate do século contra Apollo Creed. Mais uma vez a luta é tensa, mas desta vez ambos estão melhores, incluindo nas cores de suas vestes. E desta vez Rocky vence, após ambos foram ao nocaute e Rocky se levanta primeiro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dubladores brasileiros
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

People's Choice Awards 1980 (EUA)

  • Venceu na categoria de Filme Favorito.

American Movie Awards 1980 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor Filme.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Há um erro grosseiro na dublagem brasileira original deste filme: após o término do décimo round, o treinador de Apollo, Duke, diz a seguinte frase: "Eu pensei que ele tivesse apanhado há dez meses atrás, mas hoje ele é muito pior. Mais um round para o campeão Apollo Doutrinador!". Porém, a versão deste filme para DVD mostra, por meio das legendas em inglês, que esta frase deveria ser dita pelo narrador Bill Baldwin, pois segundos depois a frase é dita, em inglês, pelo citado narrador.
  • Sylvester Stallone conseguiu criar um filme aclamado como "um impressionante esforço a todos os níveis" (Archer Winston, New York Post).
  • Stallone começa a trabalhar de forma interessante as cores dos uniformes dos lutadores. Enquanto no primeiro ele usa um apagado calção branca com detalhe vermelho, neste ele usa um destacado e elegante calção preto com detalhe dourado. Apollo que por sua vez usava uma alusão a bandeira Americana, agora usa um vermelho de como quem "não veio para brincadeiras desta vez". Nas demais sequencias as cores voltam a mudar com o seu devido motivo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]