Roda automotiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Roda (mecânica))
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Réplica do Benz Patent Motorwagen, de 1885, de dois lugares, e três rodas

Roda automotiva é uma roda utilizada em automóveis.

História[editar | editar código-fonte]

Desde os primórdios da história do automóvel, as rodas já desempenhava um importante papel, pois é somente através dela que é dado o contato com a carroceria e o solo. No início, as rodas eram confeccionadas com madeira e couro no lugar dos pneus, sua evolução acompanhou os demais compenentes do automóveis.


Características das rodas automotivas atuais[editar | editar código-fonte]

  • Raio (aro)
  • Tala (largura)
  • Distância da furação ao centro
  • Número de furos
  • Offset

A unidade de aro é dada em polegadas, representando o diâmetro total da roda. Aros comuns em carros de passeios estão entre 13 e 15 polegadas.

A tala, ou largura, também é dada em polegadas e, num carro de passeio, varia entre 5 e 6,5 polegadas.

O número de furos de fixação, que depende basicamente do fabricante e do modelo do carro, são 4 ou 5, geralmente.

A distância da furação ao centro (em inglês, pitch circle diameter (PCD)) é medida em milímetros e está em torno de 100 mm.

O offset é a distância entre a linha central da roda (o meio da tala) e o ponto de assentamento da roda. O offset pode ser positivo, quando este ponto está para fora (para o lado da roda), zero, quando forem coincidentes, e negativo, quando o ponto de assentamento estiver para dentro, mais próximo do freio. O offset costuma ser representado por ET (em alemão Einpresstiefe, ou profundidade de inserção). Quando se opta por pneus mais largos que os recomendados pelo fabricante, uma solução comum é a diminuição do offset, fazendo com que a roda (e conseqüentemente o pneu), fiquem mais para fora, evitando que o pneu entre em contato com a suspensão.

Quando descrevemos uma roda, usamos a seguinte sistemática:

Raio X Tala / Furos X Distância dos furos

Por exemplo, uma roda descrita como 14 × 5,5 / 4 × 108 ET 36, tem raio 14 de polegadas, largura de 5,5 polegadas, 4 furos de fixação, 108 milímetros de distância dos furos ao centro e 36 milímetros de offset.

A linha central pode ser calculada dividindo-se a tala por dois. A partir do offset e da tala (por meio da linha central), podemos calcular o back spacing, ou espaço entre os furos de fixação e a parte interna (próxima ao freio) da roda da seguinte forma:

Back spacing : linha central + offset

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.