Rogério Lourenço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rogério Moraes Lourenço)
Ir para: navegação, pesquisa
Rogério Lourenço
Informações pessoais
Nome completo Rogério Moraes Lourenço
Data de nasc. 20 de março de 1971 (43 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro,  Brasil
Informações profissionais
Clube atual Brasil Tombense
Posição Treinador (ex-Zagueiro)
Clubes de juventude
1981-1982
1983
1984
1985-1986
1987-1988
1988-1991
Brasil Vasco da Gama Sub-11
Brasil Vasco da Gama Sub-13
Brasil Flamengo Sub-13
Brasil Flamengo Sub-15
Brasil Flamengo Sub-17
Brasil Flamengo Sub-20
Clubes profissionais12
Anos Clubes Jogos (golos)
19881994
1994–1996
1996
1997
1997
1998
1999
20002001
2003
Brasil Flamengo[1]
Brasil Cruzeiro
Brasil Vasco da Gama
Brasil Cruzeiro
Brasil Guarani
Brasil Paraná
Brasil Fluminense
Brasil Flamengo[1]
Brasil Vila Nova
274 0(23)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
017 00(2)
003 00(0)
Seleção nacional
1993 Brasil Brasil 000 00(0)
Times que treinou
20062008
2009
2009–2010
2010
2011
2011-2012
2012
2014-
Brasil Flamengo Sub-17
Brasil Flamengo Sub-20
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Flamengo[1]
Brasil Bahia
Flag of Saudi Arabia.svg Arábia Saudita Sub-20
Arábia Saudita Seleção Olímpica
Brasil Tombense
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
000 (000V, 000E, 000D)
020 (007V, 006E, 007D)
005 (001V, 002E, 003D)
000 (000V, 000E, 000D)
Última atualização: 6 de setembro de 2010

Rogério Moraes Lourenço, mais conhecido como Rogério Lourenço (Rio de Janeiro, 20 de março de 1971), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rogério Lourenço começou sua trajetória no futebol atuando na escolinha do Vasco aos 10 anos de idade, transferindo-se para as categorias de base do Flamengo aos 13 anos de idade. Passado algum tempo, não demorou muito para que Rogério Lourenço se tornasse titular da zaga do Flamengo, em virtude da saída de importantes jogadores do clube.

Em 1989, ainda como júnior, disputou o Mundial Sub-20, juntamente com Leonardo, Carlos Germano e Roger. Fez parte ainda da geração rubro-negra, campeã da Copa São Paulo de Juniores, em 1990, que contava com Júnior Baiano, Piá, Paulo Nunes e Djalminha.

Como profissional, defendeu o Flamengo, entre 1988 e 1994, tendo participado, ativamente, das conquistas da Copa do Brasil de 1990 e do Campeonato Brasileiro de 1992.

Rogério Lourenço vestiu a camisa rubro-negra em 282 oportunidades, tendo marcado 27 gols, o que credencia-o como um grande zagueiro-artilheiro da história do clube.

Depois que deixou o Flamengo, jogou pelo Cruzeiro - aonde foi campeão da Taça Libertadores da América - e também pelo Guarani além do Paraná. Em 1999, disputou a Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro, vestindo a camisa do Fluminense.

Rogério Lourenço ainda chegou a atuar profissionalmente no Vasco, em 1996, atuando em 10 jogos e marcando 1 gol pelo clube.

Já em final de carreira, entre 2000 e 2001, Rogério Lourenço teve uma segunda passagem pelo Flamengo. Encerrou a carreira, em 2003, jogando pelo Vila Nova, de Goiás.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em 2007, Rogério Lourenço passou a trabalhar como técnico das divisões de base do Flamengo. Em 2009, assumiu a Seleção Brasileira Sub-20 aonde foi campeão do Campeonato Sul-Americano da categoria e vice do Campeonato Mundial da categoria.

Em 2010, começou a trabalhar nos profissionais do Flamengo, como auxiliar de Andrade. Após a demissão de Andrade, assumiu interinamente e depois de dois jogos, foi efetivado como treinador.[2] Foi demitido no dia 26 de agosto de 2010 do Flamengo, por pressão da torcida.[3]

Bahia[editar | editar código-fonte]

Em 7 de dezembro de 2010, foi anunciado como treinador do Bahia para a temporada 2011 em substituição a Márcio Araújo, que deixou a equipe. Rogério Lourenço iria dirigir o Bahia no retorno à série A do Brasileirão, após sete anos.[4]

Mas em 7 de fevereiro de 2011, após uma derrota de 3x0 para o arquirrival Vitória que deixou o Tricolor de Aço na quinta colocação do Campeonato Baiano, Rogério foi demitido.

Arábia Saudita[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de junho de 2011, após procurar por outros teinadores, a Federação Saudita nomeou Rogério como diretor técnico e de treinador da seleção Sub-20. além de treinar interinamente a seleção principal,[5] mas com a contratação de Frank Rijkaard, ocupa os cargos anteriores. além de ter comandado a Seleção Olímpica, em 2012[6] .

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Cruzeiro
Fluminense

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Referências

  1. a b c Rogério Moraes Lourenço (em português) Flapédia (8 de maio de 2010). Visitado em 9 de maio de 2010.
  2. Cahê Mota (8 de maio de 2010). Rogério Lourenço é efetivado como treinador do Flamengo (em português) Globoesporte.com. Visitado em 9 de maio de 2010.
  3. Eduardo Peixoto (24 de abril de 2010). Rogério Lourenço dá recado: 'Não adianta ficar sem treinar e dizer que resolve' (em português) GloboEsporte.com. Visitado em 24 de abril de 2010.
  4. Rogério Lourenço é anunciado como novo treinador do Bahia (em português) GloboEsporte.com (7 de dezembro de 2010). Visitado em 7 de dezembro de 2010.
  5. Trivela. Rogério Lourenço assume como técnico da Arábia Saudita. Visitado em 21.06.2011.
  6. Globoesporte.com (20.01.2012). Em alta na Arábia, Rogério Lourenço volta a ser técnico e busca Londres. Visitado em 06.05.2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Andrade
Treinador do Flamengo
2010
Sucedido por
Silas
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.