Roger Federer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tenista Roger Federer
Roger Federer durante o torneio de Doha
Roger Federer durante o ATP de Doha, 2012
Alcunha(s) Swiss Maestro[1]
Federer Express, Fed-Ex[2]
País Suíça
Residência Wollerau, Suíça[3]
Data de nasc. 8 de agosto de 1981 (33 anos)
Local de nasc. Basileia[4]
Altura 1,85 m[4]
Peso 85 kg[4]
Treinado por Stefan Edberg
Profissionalização 1998[4]
Mão Destro[4]
Prize money US$ 84 765 204 [5]
* Líder absoluto em prémios
Simples
Vitórias-Derrotas 977–225 (81,28%)[4]
Títulos 80[4]
Melhor ranking 1 (2 de fevereiro de 2004)[4]
Ranking atual simples Nº 3 (7 de julho de 2014)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália V (2004, 2006, 2007, 2010)
Open da França V (2009)
Wimbledon V (2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2012)
U.S. Open V (2004, 2005, 2006, 2007, 2008)
Torneios principais
Tour Finals V (2003, 2004, 2006, 2007, 2010, 2011)
Jogos Olímpicos F (2012)
Duplas
Vitórias-Derrotas 128–86 (59,81%)
Títulos 8
Melhor ranking Nº 24 (9 de junho de 2003)
Resultados de Grand Slam de Duplas
Open da Austrália 3R (2003)
Open da França 1R (2000)
Wimbledon QF (2000)
U.S. Open 3R (2002)
Torneios principais de duplas
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Pequim 2008 Duplas
Prata Londres 2012 Simples
Última atualização em: 9 de setembro de 2014.

Roger Federer (Basileia, 8 de agosto de 1981) é um tenista suíço, recordista do número de vitórias em torneios do Grand Slam. Com 17 torneios do Grand Slam, 22 Masters 1000 e 6 Masters Cup entre seus 80 torneios ATP, e um recorde de 302 semanas como numero 1 mundial entre 2004 e 2012, Federer é considerado por diversos analistas esportivos, críticos de tênis e antigos tenistas como um dos melhores jogadores de tênis de todos os tempos [6] [7] [8] [9] [10] [11] [10] [12] [11] [12] . Como Agassi, ele é um dos que conseguiram fazer o Grand Slam na carreira em 4 superfícies, após vencer em Roland Garros em 2009, mas é o único a ter realizado três vezes o fato notável de vencer 3 dos 4 torneios do Grand Slam na mesma temporada ("pequeno Slam").

Em 2004, alcançou a liderança do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) pela primeira vez, posição que conservou por 237 semanas consecutivamente, um novo recorde mundial. Depois de perder a posição para Rafael Nadal, conseguiu recuperá-la em 5 de julho de 2009, após vencer o torneio de Wimbledon e se consagrar como o maior campeão de Grand Slams. Ao todo, até perder sua posição de número 1 mundial, Federer havia completado 285 semanas no posto, a uma semana do recorde absoluto de Pete Sampras de 286 semanas.

Em 2012, ao vencer o torneio de Wimbledon pela sétima vez, eliminando o então número 1 mundial Novak Djokovic na semifinal, voltou a alcançar a liderança do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), posição que manteve durante 17 semanas. Este feito permitiu-lhe igualar e, consequentemente, quebrar o recorde de Pete Sampras[13] , somando um total de 302 semanas no topo da classificação mundial.

O status de Federer deriva dos seus numerosos recordes, entre os quais 17 títulos de Grand Slam e um career Grand Slam (vitória nos quatro torneios do Grand Slam, recorde compartilhado com Fred Perry 1933-1934-1935, Donald Budge 1937-1938, Rod Laver 1960-1961-1962, Roy Emerson 1961-1963-1964, Andre Agassi 1992-1994-1995-1999 e Rafael Nadal 2005-2008-2009-2010). Federer tem ainda o recorde de 24 finais de Grand Slam disputadas e participação em 23 semifinais consecutivas de Grand Slam, série iniciada no torneio de Wimbledon de 2004[14] e encerrada no Aberto da França de 2010, quando foi eliminado nas quartas-de-final, totalizando seis anos consecutivos de participações em semifinais de torneios do Grand Slam[15] . Em resultado de seus sucessos, Federer conquistou o Laureus World Sportsman of the Year por quatro anos consecutivos (2005–08)[16] . Federer detém também o recorde de vitórias na ATP World Tour Finals, que reúne em novembro os oito melhores tenistas da temporada, com 6 títulos em 12 participações.

Em 31 de agosto de 2013, ao vencer a partida da 3ª rodada do US Open, atingiu a marca de 300 partidas em nível Grand Slam e 260 vitórias nesses torneios, as maiores da Era Aberta da ATP. Ao vencer a edição de 2014 do torneio de Halle, chegou ao número de 1178 partidas disputadas como profissional em simples (4ª maior marca da história), ultrapassando André Agassi, que disputou 1144 partidas e se aproximando de Guillermo Vilas (1208 partidas).[17]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Roger Federer começou a jogar tênis aos oito anos. Seu pai, Robert, é suíço, e sua mãe, Lynette, é sul-africana, tendo se conhecido em uma viagem de negócios, já que ambos trabalhavam em uma companhia farmacêutica. Roger tem uma irmã dois anos mais velha, Diana[18] .

Federer é casado com a ex-tenista profissional Miroslava Vavrinec, mais conhecida como Mirka, que já chegou a ser a nº 76 do ranking da WTA. Conheceram-se durante os Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000. Mirka encerrou sua carreira devido a uma contusão no tendão de aquiles, levando-a a acompanhar a carreira de Federer, responsabilizando-se pelo seu contato com a imprensa. Está sempre à sua disposição e sempre é vista nos jogos do marido[19] . Mirka nasceu na Eslováquia, mas migrou para a Suíça com dois anos de idade[20] .

Mirka e Roger casaram-se em Basel, em 11 de abril de 2009, depois de cerca de oito anos de noivado e um mês depois de anunciarem que Mirka estava grávida[21] . Em 23 de julho, Mirka deu à luz as gêmeas Charlene Riva e Myla Rose[22] [23] . Tiveram mais dois filhos gêmeos, Lenny e Leo, nascidos em 6 de maio de 2014.[24]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Diferentemente de outros ídolos do tênis, Roger Federer foi objeto de muito poucas manchetes em seus primeiros anos como tenista. Seu maior destaque foi uma contínua evolução. Teve um grande sucesso quando adolescente, e depois apenas numa fase mais tardia. Assim, não foi muito documentada a fase juvenil de Federer, ao contrário de outros talentos como Andre Agassi, Martina Hingis e Steffi Graf.[25]

Federer é o primeiro homem desde Mats Wilander em 1988 a ganhar três dos quatro torneios do Grand Slam de tênis na mesma temporada (2004), feito que repetiu em 2006 e 2007. Rafael Nadal igualou esse feito ao vencer os torneios de Roland Garros, Wimbledon e US Open em 2010 e logo depois Novak Djokovic em 2011 ao vencer os torneios do Austrália Open, Wimblendon e US Open. Entre 1970 e 2005, nenhum homem conseguiu disputar todas as finais dos quatro torneios do Grand Slam numa mesma temporada: Roger Federer realizou tal feito duas temporadas seguidas, em 2006 e 2007, e outra vez na temporada de 2009, totalizando dez finais seguidas disputadas entre 2005 e 2007, das quais venceu oito. Na edição de 2010 do Aberto da Austrália, Federer disputou a vigésima-terceira semifinal consecutiva em grand slams, e em Wimbledon 2009 o décimo-quinto título de Grand Slam, marcas jamais atingidas por qualquer outro tenista.

Federer também é o primeiro tenista da história a vencer os torneios de Wimbledon e US Open na mesma temporada quatro anos seguidos (2004-2007), além de ser o único tenista a fazer pelo menos cinco finais em todos os torneios de Grand Slam. Ao vencer o Master Series de Madri de 2006 ultrapassou Sampras em número de Master Series conquistados, e se igualou a Borg em número de vezes consecutivas vencendo Wimbledon (cinco vezes) em 2007[26] [27] [28] [29] [30] . Federer detém o recorde histórico de 237 semanas consecutivas como número 1 mundial, entre 2 de fevereiro de 2004 e 17 de agosto de 2008. Ao vencer o US Open em 2008 pela quinta vez consecutiva, tornou-se o primeiro tenista da era Open a realizar tal feito, o primeiro desde Bill Tilden, que venceu o torneio entre 1920 e 1925, e também o primeiro tenista da história a vencer dois torneios do Grand Slam cinco vezes seguidas (Wimbledon 2003-2007 e US Open 2004-2008). Com a final do Aberto da Austrália de 2010, Federer disputou a final de 18 dos últimos 19 torneios do Grand Slam, a exceção sendo a final do Aberto da Austrália de 2008. Ao todo, disputou 24 finais de torneios do Grand Slam, vencendo 17 delas, o que o coloca como o maior vencedor de torneios do Grand Slam de todos os tempos.

Com a vitória sobre Robin Söderling na final de Roland Garros 2009, Federer se tornou, juntamente a Andre Agassi, o único tenista a vencer os quatro Grand Slams em pisos diferentes (Rebound Ace na Austrália, saibro na França, grama na Inglaterra e DecoTurf nos EUA), feito repetido por Rafael Nadal em 2010, ao conquistar o US Open em final disputada contra Novak Djokovic. Com tudo isso, Federer aos 27 anos já era considerado pela maioria dos especialistas, jogadores e ex-jogadores do tênis como o melhor e maior jogador da história.

Federer foi número 1 juvenil, e já no início da carreira conquistou vitórias significativas, como sobre Gustavo Kuerten no saibro, Pete Sampras em Wimbledon 2001. Mas sua carreira realmente ganhou destaque quando conquistou o título em Wimbledon em 2003. No mesmo ano, foi campeão da Masters Cup, em Houston, e terminou o ano como número 2 do ranking mundial.

Em julho de 2009, após vencer o Torneio de Wimbledon, Federer tornou-se o maior vencedor de torneios do Grand Slam de todos os tempos, com 15 troféus, superando Pete Sampras, e recuperou o primeiro lugar no ranking da ATP. Em janeiro de 2010, ampliou a vantagem, conquistando o Aberto da Austrália, noutro tipo de piso (Plexicushion), no que foi seu 16° título em torneios do Grand Slam. Com essa vitória, Federer ganhou pelo menos um torneio do Grand Slam em cada um dos últimos oito anos, feito igualado somente por Bjorn Borg (1974-81) e Pete Sampras (1993-2000).

Ao vencer o Masters de Cincinnati pela quinta vez, em 2012, Federer iguala o recorde de Rafael Nadal em títulos vencidos nos Masters 1000, com um total de 21 títulos.

Com sua vitória na primeira rodada de Roland-Garros de 2012, Federer tornou-se o primeiro homem da História a vencer ao menos 50 partidas em cada um dos 4 torneios do Grand Slam, e ainda igualou o recorde de Jimmy Connors do total de partidas vencidas em torneios do Grand Slam, com 233 vitórias — Connors obteve sua 233a vitória num torneio do Grand Slam aos 40 anos, Federer igualou este recorde aos seus 30 anos. Na segunda rodada do torneio, ao vencer o romeno Adrian Ungur, Federer passou a deter sozinho o recorde de 234 partidas vencidas em torneios do Grand Slam.

Federer recebeu o prêmio Laureus quatro vezes nos anos 2005, 2006, 2007 e 2008.

Em 8 de julho de 2012, ele bateu Andy Murray na final do Torneio de Wimbledon de 2012. Com esta vitória ele ultrapassou a marca do tenista Pete Sampras de maior número de conquistas deste torneio, sendo 6 para Sampras e 7 para Roger Federer.[31] Com este título, ele voltou a ocupar a primeira posição no ranking de melhores tenistas da atualidade pela ATP.[31]

Federer é notado pela pureza de seus gestos e pela inteligência do seu jogo. É apelidado de rubber-man (homem borracha) por conta da soltura de seus movimentos. Fala fluentemente suíço-alemão, alemão, inglês e francês, realizando conferências de imprensa nas quatro línguas.

Roger Federer é conhecido também por ser uma ótima pessoa fora das quadras. Sua simpatia conquista até seus adversários. Além disso, possui uma organização, a Fundação Roger Federer, que auxilia crianças carentes na África do Sul, terra natal de sua mãe.

Cquote1.svg Mas, acima de tudo, Roger trouxe às quadras uma aliança raríssima de técnica, finesse, exuberância física, talento natural, disciplina, plasticidade e determinação. Todas essas são qualidades que, por vezes, sozinhas são o bastante para construir um campeão. No entanto, juntas, constroem um ídolo, uma unanimidade. Cquote2.svg

Após perder a final do Tênis nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012, Federer se tornou o primeiro atleta da história a ser derrotado nas decisões dos 5 maiores torneios de ténis: Australian Open, Roland Garros, Wimbledon, US Open, e Jogos Olímpicos.[33]

Desempenho em torneios[editar | editar código-fonte]

Torneios vencidos[editar | editar código-fonte]

Simples: 80[editar | editar código-fonte]

Federer na Basileia, sua cidade natal, no Swiss Indoors 2006
Federer na semifinal contra Srichaphan, Swiss Indoors 2006
Roger Federer em Wimbledon, 2005
Roger Federer em Atenas, durante os Jogos Olímpicos de Verão de 2004
Legenda
Grand Slam (17)
Tennis Masters Cup
ATP World Tour Finals (6)
ATP Masters Series
ATP World Tour Masters 1000 (22)
ATP International Series Gold
ATP World Tour 500 Series (13)
ATP International Series
ATP World Tour 250 Series (22)
Títulos por superfície
Dura (BR) ou Piso Rápido (PT) (54)
Grama (BR) ou Relva (PT) (14)
Saibro (BR) ou Terra Batida (PT) (10)
Carpete (BR) (2)
Nr. Data Torneio Superfície Adversário Pontos
1. 4 de fevereiro de 2001 Milão Carpete (i) Flag of France.svg Julien Boutter 6-4, 6-7, 6-4[34]
2. 13 de janeiro de 2002 Sydney Dura Flag of Argentina.svg Juan Ignacio Chela 6-3, 6-3
3. 19 de maio de 2002 Hamburgo Saibro Flag of Russia.svg Marat Safin 6-1, 6-3, 6-4
4. 13 de outubro de 2002 Viena Dura (i) Flag of the Czech Republic (bordered).svg Jiri Novak 6-4, 6-1, 3-6, 6-4
5. 16 de fevereiro de 2003 Open 13 - Marselha Dura (i) Flag of Sweden.svg Jonas Björkman 6-2, 7-6
6. 2 de março de 2003 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of the Czech Republic (bordered).svg Jiri Novak 6-1, 7-6
7. 4 de maio de 2003 BMW Open - Munique Saibro Flag of Finland.svg Jarkko Nieminen 6-1, 6-4
8. 15 de junho de 2003 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of Germany.svg Nicolas Kiefer 6-1, 6-3
9. 6 de julho de 2003 Wimbledon Grama Flag of Australia.svg Mark Philippoussis 7-6, 6-2, 7-6
10. 12 de outubro de 2003 Viena Dura (i) Flag of Spain.svg Carlos Moyà 6-3, 6-3, 6-3
11. 16 de novembro de 2003 Tennis Masters Cup - Houston Dura Flag of the United States.svg Andre Agassi 6-3, 6-0, 6-4
12. 1 de fevereiro de 2004 Aberto da Austrália Dura Flag of Russia.svg Marat Safin 7-6, 6-4, 6-2
13. 7 de março de 2004 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of Spain.svg Feliciano López 4-6, 6-1, 6-2
14. 21 de março de 2004 Indian Wells Dura Flag of the United Kingdom.svg Tim Henman 6-3, 6-3
15. 16 de maio de 2004 Hamburgo Saibro Flag of Argentina.svg Guillermo Coria 4-6, 6-4, 6-2 6-3
16. 13 de junho de 2004 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of the United States.svg Mardy Fish 6-0, 6-3
17. 5 de julho de 2004 Wimbledon Grama Flag of the United States.svg Andy Roddick 4-6, 7-5, 7-6, 6-4
18. 11 de julho de 2004 Gstaad Saibro Flag of Russia.svg Igor Andreev 6-2, 6-3, 5-7, 6-3
19. 1 de agosto de 2004 Toronto Dura Flag of the United States.svg Andy Roddick 7-5, 6-3
20. 12 de setembro de 2004 US Open Dura Flag of Australia.svg Lleyton Hewitt 6-0, 7-6, 6-0
21. 3 de outubro de 2004 Bangkok Dura (i) Flag of the United States.svg Andy Roddick 6-4, 6-0
22. 21 de novembro de 2004 Tennis Masters Cup - Houston Dura Flag of Australia.svg Lleyton Hewitt 6-3, 6-2
23. 9 de janeiro de 2005 Qatar ExxonMobil Open - Doha Dura Flag of Croatia.svg Ivan Ljubičić 6-3, 6-1
24. 20 de fevereiro de 2005 ATP Rotterdam Dura (i) Flag of Croatia.svg Ivan Ljubičić 5-7, 7-5, 7-6
25. 27 de fevereiro de 2005 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of Croatia.svg Ivan Ljubičić 6-1, 6-7, 6-3
26. 20 de março de 2005 Indian Wells Dura Flag of Australia.svg Lleyton Hewitt 6-2, 6-4, 6-4
27. 3 de abril de 2005 Miami Dura Flag of Spain.svg Rafael Nadal 2-6, 6-7, 7-6, 6-3, 6-1
28. 15 de maio de 2005 Hamburgo Saibro Flag of France.svg Richard Gasquet 6-3, 7-5, 7-6
29. 12 de junho de 2005 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of Russia.svg Marat Safin 6-4, 6-7, 6-4
30. 3 de julho de 2005 Wimbledon Grama Flag of the United States.svg Andy Roddick 6-2, 7-6, 6-4
31. 21 de agosto de 2005 Cincinnati Dura Flag of the United States.svg Andy Roddick 6-3, 7-5
32. 11 de setembro de 2005 US Open Dura Flag of the United States.svg Andre Agassi 6-3, 2-6, 7-6(1), 6-1
33. 2 de outubro de 2005 Bangkok Dura (i) Flag of the United Kingdom.svg Andy Murray 6-3, 7-5
34. 8 de janeiro de 2006 Qatar ExxonMobil Open - Doha Dura Flag of France.svg Gaël Monfils 6-3, 7-6
35. 29 de janeiro de 2006 Aberto da Austrália Dura Flag of Cyprus.svg Marcos Baghdatis 5-7, 7-5, 6-0, 6-2
36. 19 de março de 2006 Indian Wells Dura Flag of the United States.svg James Blake 7-5, 6-3, 6-0
37. 2 de abril de 2006 Miami Dura Flag of Croatia.svg Ivan Ljubičić 7-6 (5), 7-6 (4), 7-6 (8-6)
38. 18 de junho de 2006 Gerry Weber Open, Halle Grama Checoslováquia Tomáš Berdych 6-0, 6-7(4), 6-2
39. 9 de julho de 2006 Wimbledon Grama Flag of Spain.svg Rafael Nadal 6-0, 7-6(5), 6-7(2), 6-3
40. 13 de agosto de 2006 Toronto Dura Flag of France.svg Richard Gasquet 2-6, 6-3, 6-2
41. 10 de setembro de 2006 US Open Dura Flag of the United States.svg Andy Roddick 6-2, 4-6, 7-5, 6-1
42. 8 de outubro de 2006 Tóquio Dura Flag of the United Kingdom.svg Tim Henman 6-3, 6-3
43. 22 de outubro de 2006 Madrid Dura (i) Flag of Chile.svg Fernando González 7-5, 6-1, 6-0
44. 29 de outubro de 2006 Basileia, Suíça Carpete (i) Flag of Chile.svg Fernando González 6-3, 6-2, 7-6(3)
45. 19 de novembro de 2006 Tennis Masters Cup - Shangai Dura (i) Flag of the United States.svg James Blake 6-0, 6-3, 6-4
46. 28 de janeiro de 2007 Aberto da Austrália Dura Flag of Chile.svg Fernando González 7-6(2), 6-4, 6-4
47. 3 de março de 2007 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of Russia.svg Mikhail Youzhny 6-4, 6-3
48. 20 de maio de 2007 Hamburgo Saibro Flag of Spain.svg Rafael Nadal 2-6, 6-2, 6-0
49. 8 de julho de 2007 Wimbledon Grama Flag of Spain.svg Rafael Nadal 7-6, 4-6, 7-6, 2-6, 6-2
50. 19 de agosto de 2007 Cincinnati Dura Flag of the United States.svg James Blake 6-1, 6-4
51. 9 de setembro de 2007 US Open Dura Flag of Serbia.svg Novak Đoković 7-6(4), 7-6[2], 6-4
52. 28 de outubro de 2007 Basileia, Suíça Dura (i) Flag of Finland.svg Jarkko Nieminen 6-3, 6-4
53. 18 de novembro de 2007 Tennis Masters Cup - Shangai Dura (i) Flag of Spain.svg David Ferrer 6-2, 6-3, 6-2
54. 20 de abril de 2008 Estoril Open Saibro Flag of Russia.svg Nikolay Davydenko 7-6(5), 1-2 Ab.
55. 15 de junho de 2008 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of Germany.svg Philipp Kohlschreiber 6-3, 6-4
56. 8 de setembro de 2008 US Open Dura Flag of the United Kingdom.svg Andy Murray 6-2, 7-5, 6-2
57. 26 de outubro de 2008 Basileia, Suíça Dura (i) Flag of Argentina.svg David Nalbandian 6-3, 6-4
58. 17 de maio de 2009 Madrid Saibro Flag of Spain.svg Rafael Nadal 6-4, 6-4
59. 7 de junho de 2009 Roland-Garros Saibro Flag of Sweden.svg Robin Söderling 6-1, 7-6, 6-4
60. 5 de julho de 2009 Wimbledon Grama Flag of the United States.svg Andy Roddick 5-7, 7-6, 7-6, 3-6, 16-14
61. 23 de agosto de 2009 Cincinnati Dura Flag of Serbia.svg Novak Đoković 6-1, 7-5
62. 31 de janeiro de 2010 Aberto da Austrália Dura Flag of the United Kingdom.svg Andy Murray 6-3, 6-4, 7-6[11]
63. 22 de agosto de 2010 Cincinnati Dura Flag of the United States.svg Mardy Fish [5]6-7, 7-6[1], 6-4
64. 24 de outubro de 2010 ATP Estocolmo, Estocolmo Dura Flag of Germany.svg Florian Mayer 6-4, 6-3
65. 7 de novembro de 2010 Basileia, Suíça Dura Flag of Serbia.svg Novak Đoković 6-4, 3-6, 6-1
66. 28 de novembro de 2010 Tennis Masters Cup - Londres Dura Flag of Spain.svg Rafael Nadal 6-3, 3-6, 6-1
67. 8 de janeiro de 2011 Qatar ExxonMobil Open - Doha Dura Flag of Russia.svg Nikolay Davydenko 6-3, 6-4
68. 6 de novembro de 2011 Basileia, Suíça Dura Flag of Japan.svg Kei Nishikori 6–1, 6–3
69. 13 de novembro de 2011 Paris - França Dura Flag of France.svg Jo-Wilfried Tsonga 6–1, 7–6(3)
70. 27 de novembro de 2011 ATP World Tour Finals - Londres Dura Flag of France.svg Jo-Wilfried Tsonga 6-3, 6-7[6], 6-3
71. 19 de fevereiro de 2012 ATP Rotterdam Dura (i) Flag of Argentina.svg Juan Martín del Potro 6-1, 6-4
72. 3 de março de 2012 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of the United Kingdom.svg Andy Murray 7-5, 6-4
73. 18 de março de 2012 Indian Wells Dura Flag of the United States.svg John Isner 7–6 (7), 6–3
74. 13 de maio de 2012 Madrid Saibro Checoslováquia Tomáš Berdych 3-6, 7-5, 7-5
75. 8 de julho de 2012 Wimbledon Grama Flag of the United Kingdom.svg Andy Murray 4-6, 7-5, 6-3, 6-4
76. 19 de agosto de 2012 Cincinnati Dura Flag of Serbia.svg Novak Đoković 6-0, 7-6(7)
77. 16 de junho de 2013 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of Russia.svg Mikhail Youzhny 6-7 (5), 6-3, 6-4
78. 1 de março de 2014 The Dubai Tennis Championships Dura Flag of the Czech Republic (bordered).svg Tomáš Berdych 3-6, 6-4, 6-3
79. 16 de junho de 2014 Gerry Weber Open, Halle Grama Flag of Colombia.svg Alejandro Falla 7-6(2), 7-6(3)
80. 17 de agosto de 2014 Cincinnati Dura Flag of Spain.svg David Ferrer 6-3, 1-6, 6-2

Finais simples perdidas (41)[editar | editar código-fonte]

Federer no US Open de 2006
  1. 2000: Marselha (perdeu contra Marc Rosset - 2-6, 6-3, 7-6(5))
  2. 2000: Basileia (perdeu contra Thomas Enqvist - 6-2, 4-6, 7-6(4), 1-6, 6-1)
  3. 2001: ATP Rotterdam (perdeu contra Nicolas Escudé - 7-5, 3-6, 7-6(5))
  4. 2001: Basileia (perdeu contra Tim Henman - 6-3, 4-6, 6-2)
  5. 2002: Milan (perdeu contra Davide Sanguinetti - 7-6(2), 4-6, 6-1)
  6. 2002: Miami Masters (perdeu contra Andre Agassi - 6-3, 6-3, 3-6, 6-4)
  7. 2003: Rome Masters (perdeu contra Felix Mantilla - 7-5, 6-2, 7-6(8))
  8. 2003: Gstaad (perdeu contra Jiri Novak - 5-7, 6-3, 6-3, 1-6, 6-3)
  9. 2005: Tennis Masters Cup-Shanghai (perdeu contra David Nalbandian - 6-7(4), 6-7(11), 6-2, 6-1, 7-6(3))
  10. 2006: Dubai (perdeu contra Rafael Nadal - 2-6, 6-4, 6-4)
  11. 2006: Monte Carlo Masters (perdeu contra Rafael Nadal - 6-2, 6-7(2), 6-3, 7-6(5))
  12. 2006: Rome Masters (perdeu contra Rafael Nadal – 6-7(0), 7-6(5), 6-4, 2-6, 7-6(5))
  13. 2006: Roland-Garros, Paris (perdeu contra Rafael Nadal – 1-6, 6-1, 6-4, 7-6(4))
  14. 2007: Monte Carlo Masters (perdeu contra Rafael Nadal – 6-4, 6-4)
  15. 2007: Roland-Garros (perdeu contra Rafael Nadal – 6-3, 4-6, 6-3, 6-4)
  16. 2007: Montréal (perdeu contra Novak Đoković – 7-6(2), 2-6, 7-6(2))
  17. 2007: Masters de Madrid (perdeu contra David Nalbandian – 1-6, 6-3, 6-3)
  18. 2008: Monte Carlo Masters (perdeu contra Rafael Nadal – 7-5, 7-5)
  19. 2008: Hamburg Masters (perdeu contra Rafael Nadal – 7-5, [3]6-7, 6-3)
  20. 2008: Roland-Garros (perdeu contra Rafael Nadal – 6-1, 6-3, 6-0)
  21. 2008: Wimbledon (perdeu contra Rafael Nadal – 6-4, 6-4, (5)6-7, (8)6-7, 9-7)
  22. 2009: Aberto da Austrália (perdeu contra Rafael Nadal – 7-5, 3-6, 7-6(3), 3-6, 6-2)
  23. 2009: US Open (perdeu contra Juan Martin Del Potro – 3-6, 7-6(5), 4-6, 7-6(4), 6-2)
  24. 2009: Basileia (perdeu contra Novak Djokovic – 6-4, 4-6, 6-2)
  25. 2010: Madrid (perdeu contra Rafael Nadal – 6-4, 7-6[5])
  26. 2010: Halle (perdeu contra Lleyton Hewitt – 3-6, 7-6[4], 6-4)
  27. 2010: Toronto (perdeu contra Andy Murray – 7-5, 7-5)
  28. 2010: Shanghai (perdeu contra Andy Murray - 6-3, 6-2)
  29. 2011: Dubai (perdeu contra Novak Djokovic - 6-3, 6-3)
  30. 2011: Roland-Garros (perdeu contra Rafael Nadal - 7-5, 7-6(3), 5-7, 6-1)
  31. 2012: Halle (perdeu contra Tommy Haas - 7-6[5], 6-4)
  32. 2012: Jogos Olímpicos de Londres 2012 (perdeu contra Andy Murray – 6-2, 6-1, 6-4)
  33. 2012: Basileia (perdeu contra Juan Martin Del Potro – 6-4, 6-7(5), 7-6(3))
  34. 2012: Finals (perdeu contra Novak Đoković - 7-6(6), 7-5)
  35. 2013: Rome Masters (perdeu contra Rafael Nadal – 6-1 6-3)
  36. 2013: Basileia (perdeu contra Juan Martin Del Potro – 7-6(3), 2-6, 6-4)
  37. 2014: Brisbane (perdeu contra Lleyton Hewitt – 6-1, 4-6, 6-3)
  38. 2014: Indian Wells (perdeu contra Novak Đoković - 3-6, 6-3, 7-6(3))
  39. 2014: Monte Carlo Masters (perdeu contra Stanislas Wawrinka - 4-6, 7-6(5), 6-2)
  40. 2014: Wimbledon (perdeu contra Novak Đoković - 6-7 (7), 6-4, 7-6 (4), 5-7, 6-4)
  41. 2014: Toronto (perdeu contra Jo-Wilfried Tsonga – 7-5, 7-6(3))

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

  • Para evitar confusões e contagem dupla, essa tabela é posta em dia somente após o final de um torneio ou da participação do jogador no torneio.
  • Jogos da Copa Davis estão incluídos nas estatísticas.
  • Essa tabela está com os dados em dia até a derrota contra Marin Čilić na semifinal do US Open, em 6 de setembro de 2014.
Torneio 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 Carreira
Aberto da Austrália SF SF SF SF V F SF V V SF V 4r 4r 3r 3r - - 4
Roland-Garros 4r QF SF F QF V F F F SF 3r 1r 1r QF 4r 1r - 1
Wimbledon F 2r V QF QF V F V V V V V 1r QF 1r 1r - 7
U.S. Open SF 4r QF SF SF F V V V V V 4r 4r 4r 3r - - 5
Tennis Masters Cup SF F V V SF Grp V V F V V SF - - - - 6
Indian Wells Masters F QF V SF 3r SF SF 2r V V V 2r 3r 1r - - - 4
Miami Masters QF - 3r SF 4r SF QF 4r V V 3r QF F QF 2r 1r - 2
Monte Carlo Masters F - - QF - 3r F F F QF - - 2r QF 1r 1r - 0
Rome Masters 2r F SF 3r 2r SF QF 3r F - 2r F 1r 3r 1r - - 0
Hamburg MastersAté 2008
Shanghai MastersDesde 2009 6
3r SF - F - F V - V V 3r V 1r 1r - - 4
Canada Masters F - - 3r F QF 2r F V - V SF 1r - 1r - - 2
Cincinnati Masters V QF V QF V V 3r V 2r V 1r 2r 1r - 1r - - 6
Madrid Masters 3r V SF F V SF F V - - SF QF 2r 2r - - 3
Paris Masters SF - V SF 2r QF, ab. 3r - - - QF 2r 1r - - - 1
Grand Slam Vitórias-Derrotas 19-4 13-4 19-3 20-4 20-3 26-2 24-3 26-1 27-1 24-2 22-1 13-3 6-4 13-4 7-4 0-2 0-0 279-45
Torneios disputados 13 17 17 16 18 15 19 16 17 15 17 23 25 21 28 14 3 294
Finais disputadas 8 3 10 6 9 7 8 12 16 12 11 9 5 3 2 0 0 121
Torneios vencidos 3 1 6 4 5 4 4 8 12 11 11 7 3 1 0 0 0 80
Dura Vitórias-Derrotas 38-6 28-11 41-7 46-7 47-7 36-10 34-10 44-6 59-2 50-1 46-4 46-11 30-11 21-9 27-16 4-6 2-2 599-126
Grama Vitórias-Derrotas 9-1 5-1 15-2 6-1 8-2 7-0 11-1 6-0 12-0 12-0 12-0 12-0 5-3 9-3 2-3 0-2 0-0 131-19
Carpete Vitórias-Derrotas 0-0 0-0 0-0 0-0 0-0 0-0 2-0 5-0 4-1 0-0 5-2 11-4 10-4 4-4 9-4 0-0 50-19
Saibro Vitórias-Derrotas 7-3 12-5 15-3 12-4 10-4 18-2 21-4 16-3 16-3 15-2 16-2 15-4 12-4 9-5 3-7 0-5 0-1 197-61
Geral Vitórias-Derrotas 54-10 45-17 71-12 64-12 65-13 61-12 66-15 68-9 92-5 81-4 74-6 78-17 58-22 49-21 36-30 13-17 2-3 977-225
Pontos no ATP Race1 NA NA NA NA NA NA 1061 1436 1674 1345 1267 875 518 349 216 N/A N/A N/A
Pontos no ranking ATP Entry2 8030 4205 12315 8170 9145 105507 5305 7180 8370 6725 6335 4375 2590 1745 1080 749 119 N/A
Ranking de final de ano3 6 2 3 2 1 2 15 14 1 1 2 6 13 29 65 301 N/A

Duplas (8)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Ouro olímpico (1)
ATP Masters Series (1)
ATP Tour (6)
Nr. Data Torneio Superfície Parceiro Adversários na final Resultado
1. 25 de fevereiro de 2001 Roterdã, Países Baixos Dura (i) Suécia Jonas Björkman República Checa Petr Pála
República Checa Pavel Vízner
6–3, 6–0
2. 15 de julho de 2001 Gstaad, Suíça Saibro Rússia Marat Safin Austrália Michael Hill
Estados Unidos Jeff Tarango
0–1 Abandono
3. 24 de fevereiro de 2002 Roterdã, Países Baixos Dura (i) Bielorrússia Max Mirnyi Bahamas Mark Knowles
Canadá Daniel Nestor
4–6, 6–3, 10–4
4. 6 de outubro de 2002 Moscou, Rússia Carpete (i) Bielorrússia Max Mirnyi Austrália Joshua Eagle
Austrália Sandon Stolle
6–4, 7–6(0)
5. 30 de março de 2003 Miami, EUA Dura Bielorrússia Max Mirnyi Índia Leander Paes
República Checa David Rikl
7–5, 6–3
6. 12 de outubro de 2003 Viena, Áustria Dura (i) Suíça Yves Allegro Índia Mahesh Bhupathi
Bielorrússia Max Mirnyi
7–6(7), 7–5
7. 12 de junho de 2005 Halle, Alemanha Grama Suíça Yves Allegro Suécia Joachim Johansson
Rússia Marat Safin
7–5, 6–7(6), 6–3
8. 16 de agosto de 2008 Jogos Olímpicos, Pequim Dura Suíça Stanislas Wawrinka Suécia Simon Aspelin
Suécia Thomas Johansson
6–3, 6–4, 6–7(4), 6–3
Finais perdidas (5)[editar | editar código-fonte]
Nr. Data Torneio Superfície Parceiro Adversários na final Resultado
1. 29 de outubro de 2000 Basel, Suíça Carpete (i) Eslováquia Dominik Hrbatý Estados Unidos Donald Johnson
África do Sul Piet Norval
7–6(11), 4–6, 7–6(4)
2. 17 de março de 2002 Indian Wells, EUA Dura Bielorrússia Max Mirnyi Bahamas Mark Knowles
Canadá Daniel Nestor
6–4, 6–4
3. 23 de fevereiro de 2003 Roterdã, Países Baixos Dura (i) Bielorrússia Max Mirnyi Austrália Wayne Arthurs
Austrália Paul Hanley
7–6(4), 6–2
4. 3 de outubro de 2004 Bangkok, Tailândia Dura (i) Suíça Yves Allegro Estados Unidos Justin Gimelstob
Estados Unidos Graydon Oliver
5–7, 6–4, 6–4
5. 19 de março de 2011 Indian Wells, EUA Dura Suíça Stanislas Wawrinka Bélgica Xavier Malisse
Ucrânia Alexandr Dolgopolov
6–4, 6–7(5), 10–7

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. ATP abandona duplo sistema de pontos
  2. Fonte ATP Pontos de classificação no final de ano. O sistema de entrada ATP (ATP Entry System) é um sistema rotativo de 52 semanas. O maior número de pontos alcançado por Federer no sistema de 52 semanas foi de 12165 pontos, na classificação publicada pela ATP em 20 de agosto de 2012.
  3. Classificação baseada no final do ano de 52 semanas (ATP Entry), não ATP Race.
  4. Federer assegurou já em 10 de setembro de 2006 a posição de número 1 até o final de 2006.
  5. Federer assegurou em 28 de outubro de 2007 a posição de número 1 até o final de 2007.
  6. O torneio de Hamburgo deixou de fazer parte dos torneios Masters Series em 2009, sendo substituído pelo Shanghai Masters.
  7. A ATP modificou o sistema de contagem de pontos no início da temporada de 2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. J.A. Allen (2 de junho de 2009). Roger Federer and the Ghost of Wimbledon Past (em inglês) T.O. Sports Magazine. Página visitada em 12 de julho de 2009.
  2. Chiquinho Leite Moreira (18 de março de 2008). Federer 'Express' avança às oitavas de Indian Wells (em português) Estadão. Página visitada em 12 de julho de 2009.
  3. Roger Federer aproveita folga para se mudar Lancenet! (18 de julho de 2008). Página visitada em 22 de julho de 2009.
  4. a b c d e f g h Roger Federer (em inglês) ATP World Tour. Página visitada em 12 de julho de 2009.
  5. Roger Federer - ATP World Tour. Página acessada em 7 de julho de 2014.
  6. Richard Evans (24 de junho de 2007). Jack the lad (em inglês) The Observer. Página visitada em 13 de julho de 2009. "I thought Ellsworth Vines and Don Budge were pretty good,' he says. 'And Gonzalez and Hoad could play a bit, too, but I have never seen anyone play the game better than Federer. He serves well and has a great half-volley. I've never known anyone who can do as many things on a court as he can."
  7. Piers Newbery. Federer the greatest ever - Lloyd BBC Sport. "He's completed the set and in my opinion he's got to be the greatest player of all time."
  8. Howard Fendrich (7 de junho de 2009). Pete Sampras calls Roger Federer 'greatest ever' Associated Press. Página visitada em 13 de julho de 2009. "Now that he’s won in Paris, I think it just more solidifies his place in history as the greatest player that played the game, in my opinion."
  9. Simon Barnes (8 de junho de 2009). Roger Federer, greatest of all time, ensures statistics back up unrivalled artistry The Times. Página visitada em 9 de junho de 2009. "Roger Federer really is the greatest tennis player of all time."
  10. a b Connors the greatest player of all time, Federer No. 7
  11. a b http://www.plosone.org/article/info:doi/10.1371/journal.pone.0017249
  12. a b http://www.theroar.com.au/2011/07/06/who-is-the-greatest-mens-tennis-player-ever/
  13. Federer In 3-Way Battle For No. 1 At Wimbledon ATP World Tour (18 de junho de 2012). Página visitada em 8 de julho de 2012.
  14. "Federer e Nadal dominam ranking da ATP".
  15. "Desapontado, Federer não acredita ter feito uma partida ruim".
  16. "Winners Archive Roger Federer". Página visitada em 2008-07-10.
  17. Recorde de partidas disputadas em simples como profissional (15 de abril de 2014). Página visitada em 15 de abril de 2014.
  18. ATP World Tour - Roger Federer - Personal
  19. http://www2.uol.com.br/tenisbrasil/ultnot/ult133u943.htm
  20. http://www.espbr.com/noticias/federer-casa-mirka-vavrinec-basileia
  21. http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,federer-casa-com-miroslava-vavrinec-na-suica,353361,0.htm
  22. http://www.abril.com.br/noticias/esportes/roger-federer-anuncia-nascimento-gemeas-469142.shtml
  23. http://www.estadao.com.br/esportes/not_esp407746,0.htm
  24. Federer anuncia o nascimento de filhos gêmeos
  25. René Stauffer: Das Tennisgenie. Pendo Verlag, München und Zürich, 3. Auflage 2007 ISBN 3-85842-651-2; Kapitel 1
  26. "Roddick: Federer might be greatest ever", The Associated Press, 03-07-2005. Página visitada em 02-03-2007.
  27. "Federer inspires comparisons to all-time greats", The Associated Press, 09-12-2004. Página visitada em 03-02-2007.
  28. "4-In-A-Row For Federer", The Associated Press, 07-09-2006. Página visitada em 03-02-2007.
  29. Sarkar, Pritha. "Greatness beckons Federer", Reuters, 07-04-2005. Página visitada em 02-03-2007.
  30. Collins, Bud. "Federer Simply In a League of His Own", MSNBC Website, MSNBC.COM, 03-07-2005. Página visitada em 09-04-2007.
  31. a b Roger Federer beats Andy Murray to win Australian Open BBC. Página visitada em 8 de julho de 2012.
  32. http://colunistas.ig.com.br/paulocleto/2009/06/08/o-melhor-da-historia/
  33. Maior campeão da história dos Grand Slam, Federer se torna o 1° vice em 5 grandes torneios Maior campeão da história dos Grand Slam, Federer se torna o 1° vice em 5 grandes torneios
  34. Federer claims first ATP title

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons