Roger de Moulins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roger de Moulins

Roger de Moulins foi Grão-Mestre da Ordem dos Cavaleiros de São João de Jerusalém de 1177 até sua morte em 1187, sucedendo Jobert da Síria . Os Hospitalários eram rivais da Ordem dos Templários, mas o Papa Alexandre III convenceu Roger a fazer uma trégua com eles em 1179. Em 1184, ele excursionou pela Europa com Arnaldo de Torroja, o Grão-Mestre dos Templários, e Heráclio, o patriarca latino de Jerusalém, e estabeleceu a Ordem Hospitaleira na Inglaterra, França e Alemanha. No retorno a Jerusalém ajudou os normandos no ataque a Salônica em 1185.

Durante seu tempo como Grão-Mestre dos Hospitalários tornaram-se mais envolvidos na política do Reino de Jerusalém. Roger se opos a Reinaldo de Châtillon e Guy de Lusignan, e no início se recusou a entregar a chave do tesouro real, quando Guy foi coroado rei de Jerusalém em 1186. Ele participou no ataque contra Saladino em Cresson perto de Nazaré em 1 de Maio de 1187, onde ele foi morto por um ferimento a lança no peito.

Roger foi sucedido por William Borrel, que serviu como custodiante dos Hospitalários por um breve período em 1187, e depois por Armengol de Aspa, que serviu como provisor (guardião) até 1190. Um novo Grão-Mestre não foi escolhido até Garnier de Nablus ser eleito em 1190 durante a Terceira Cruzada.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Edbury, Peter W. (ed.) The Conquest of Jerusalem and the Third Crusade, 1998, ISBN 1-84014-676-1
  • Nicholson, Helen J. (ed.) The Chronicle of the Third Crusade: The Itinerarium Peregrinorum et Gesta Regis Ricardi, 1997, ISBN 0-7546-0581-7
  • Nicholson, Helen J. The Knights Hospitaller, 2001, ISBN 1-84383-038-8
  • Runciman, Steven. A History of the Crusades, 1951–54, vol. 2.
  • Stevenson, J (ed.) "De expugnatione terrae sanctae per Saladinum libellus" in Radulphi de Coggeshall Chronicon Anglicanum, 1875.
  • (em francês) Bertrand Galimard Flavigny (2006) Histoire de l'ordre de Malte, Perrin, Paris
  • (em italiano) G. Manara Storia dell' Ordine di Malta ne' suoi gran maestri e cavalieri, 1846