Roger e Eu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roger & Me
Roger e eu (PT/BR)
Estados Unidos
1989 • cor • 91 min 
Direção Michael Moore
Roteiro Michael Moore
Elenco Michael Moore
Pat Boone
Ronald Reagan
Género documentário
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Roger e Eu (Roger & Me, no original) é um filme documentário estadunidense de 1989, escrito e dirigido pelo cineasta Michael Moore

Investigação[editar | editar código-fonte]

O cineasta realizador de documentários Michael Moore teve a idéia de pedir explicações a Roger Smith, presidente da General Motors, pelo fechamento de onze fábricas na cidade de Flint (cidade natal de Moore, no estado de Michigan) que deixou 30.000 pessoas sem trabalho. O mais flagrante era que as fábricas automobilísticas deixavam um superávit milionário.

Durante dois anos Moore tentou sem êxito entrevistar Roger Smith mas entretanto fez o retrato de um cidade que um dia foi modelo de bem-estar e entrou na miséria por uma decisão da mesma companhia que a levantou.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Roger e eu Michael Moore denuncia o sofrimento de milhares de famílias que simplemente cairam arrasadas ao passo do grande capital e tira a luz a lógica implacavel do modelo de vida estadunidense, que despreza aos perdedores porém evita perguntar pelas razões que conduzem (por exemplo aos habitantes de Flint) desde o trabalho honrado até a pobreza mais indigna.

Reações[editar | editar código-fonte]

A resposta do público fechou a boca daqueles que consideravam Moore um sonhador sem destino: Roger & Me se converteu no longametragem documentário que mais dinheiro tem feito na história do cinema e Moore seguiu adiante, com o mesmo entusiasmo de antes porém agora com mais meios, com seus projetos de denúncia do lado escuro do sonho estadunidense.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]