Rolf Sievert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rolf Sievert
Física
Nacionalidade Suécia Sueco
Nascimento 6 de maio de 1896
Local Estocolmo
Morte 3 de outubro de 1966 (70 anos)
Local Estocolmo
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Instituto Karolinska
Conhecido(a) por Sievert

Rolf Maximilian Sievert (Estocolmo, 6 de maio de 1896 — Estocolmo, 3 de outubro de 1966) foi um físico sueco.

Sua contribuição mais significativa foi o estudo dos efeitos biológicos da radiação ionizante.

Foi chefe do laboratório de física da clínica oncológica Radiumhemmet, de 1924 a 1937, quando tornou-se chefe do departamento de física radiológica do Instituto Karolinska. Foi pioneiro na medição de doses de radiação, especialmente em seu uso no diagnóstico e tratamento do câncer. No final de sua vida focou suas pesquisas nos efeitos biológicos da exposição repetitiva a baixas doses de radiação. Em 1964 fundou a International Radiation Protection Association, sendo seu diretor por certo período. Também dirigiu o Comitê Científico das Nações Unidas sobre os Efeitos da Radiação Atômica.

Inventou diversos instrumentos para medição de doses de radiação, sendo o mais conhecido a câmara de Sievert.

Em 1979, na Conferência Geral de Pesos e Medidas, a unidade SI de dose equivalente de radiação ionizante foi denominada sievert (Sv).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.