Roma, Cidade Aberta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Roma, città aperta
Roma, Cidade Aberta (PT/BR)
 Itália
1945 • P&B • 100 min 
Direção Roberto Rossellini
Roteiro Roberto Rossellini, Federico Fellini, Sergio Amidei, Alberto Consiglio
Elenco Aldo Fabrizi
Anna Magnani
Marcello Pagliero
Vito Annichiarico
Nando Bruno
Harry Feist
Giovanna Galletti
Francesco Grandjacquet
Passarelli
Maria Michi
Carla Rovere
Carlo Sindici
Van Hulzen
A. Tolnay
Turi Pandolfini
Género drama
Idioma Italiano

Roma, città aperta (no Brasil e em Portugal, Roma, Cidade Aberta) é um filme italiano e alemão de 1945, um drama de guerra dirigido por Roberto Rossellini. Precursor do neorealismo do cinema italiano, tornando o diretor e a atriz Anna Magnani os ícones da nova tendência.

Com locações reais e atores amadores, Roma, Cidade Aberta foi considerado um dos maiores filmes da história do cinema pela crítica mundial.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Entre os anos de 1943 e 1944, a cidade de Roma, ocupada pelos nazistas, é declarada cidade aberta, a fim de evitar bombardeios aéreos. Neste momento comunistas e católicos unem-se para combater os alemães e as tropas fascistas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio do Festival em 1946
  • Indicado para o Óscar de melhor roteiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.