Roqueiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Roqueiro é uma designação da principal tribo urbana do rock, correspondendo ao mesmo que headbanger, geralmente o termo é utilizado assim para mostrar interesse por rock clássico/rock alternativo.

Os roqueiros costumam transparecer um ar de rebeldia em relação aos padrões sociais mais comuns. É frequente estarem constantemente vestidos com roupas de cor preta, principalmente camisetas estampadas com caveiras e bandas favoritas, calças jeans ou skinny preta, acessórios como pulseiras spikes e correntes são comuns.[1] Costumam ir aos shows de rock que acontecem em suas cidades e alguns montam bandas de garagem com amigos, muitos também demonstram interesse em tocar guitarra, baixo elétrico ou bateria como um hobby ou interesse profissional.[2] Essa subcultura tem rivalidade com as subculturas; rapper, reggatoneira e canis/kies, mas no Brasil também há alguns registros de brigas com funkeiros, pagodeiros e skinheads-nazi.[3]

Origem[editar | editar código-fonte]

Os roqueiros/headbangers são uma tribo urbana com surgimento nas décadas de 1960 e 1970, mas foi na década de 1970 que surgiu em vários países, na América e Europa. No inglês do Reino Unido; rockers refere-se a uma subcultura de motoqueiros britânicos fãs de rock clássico. No entanto essa subcultura também é casualmente referida como rocker ou hardrocker, mas headbanger é tido como denominação.

Uso do termo na mídia[editar | editar código-fonte]

Na mídia o termo também é a designação utilizado para se referir aos músicos de rock, que podem ser parte desta ou outra subcultura ligada a música rock ou mesmo nenhuma.


Referências