Rosa Magalhães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rosa Magalhães
A carnavalesca Rosa Magalhães criou forte identidade com a Imperatriz que conquistou cinco de seus oito títulos com seus enredos criativos e suntuosos.
Nome completo Rosa Lúcia Benedetti Magalhães
Nascimento 8 de Janeiro de 1947 (67 anos)
Rio de Janeiro
Residência Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação carnavalesca, artista plástica, cenógrafa, figurinista e professora
Rosamagalhaes.jpg

Rosa Lúcia Benedetti Magalhães, mais conhecida como Rosa Magalhães (Rio de Janeiro, 8 de Janeiro de 1947) é uma professora, artista plástica, figurinista, cenógrafa e carnavalesca brasileira. Atualmente está na São Clemente.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Filha do escritor e acadêmico Raimundo Magalhães Júnior (que integrou o juri do primeiro desfile das escolas de samba, em 1932) e da autora teatral Lúcia Benedetti.

Formada em Pintura, pela Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro e em Cenografia, pela Escola de Teatro da Uni-Rio, foi também professora de Cenografia e Indumentária na Escola de Belas Artes da UFRJ e da Faculdade de Arquitetura Benett.

Início no carnaval e auge no Império Serrano[editar | editar código-fonte]

Sua participação no carnaval começou com o grupo que ajudou Fernando Pamplona e Arlindo Rodrigues no carnaval de 1971 do Salgueiro, juntamente com Maria Augusta, Lícia Lacerda e Joãosinho Trinta.

Depois desenhou figurinos para a Beija-flor e trabalhou na Portela onde, em dupla com Lícia Lacerda, criou figurinos e alegorias para enredos desenvolvidos por Hiram Araújo.

Em 1982, Rosa e Lícia assumem pela primeira vez um carnaval, no Império Serrano, onde realizaram o famoso enredo campeão daquele ano "Bumbum Praticumbum Prugurundum".

Em 1984, a dupla é responsável pelo carnaval da Imperatriz Leopoldinense. Apesar da grande dificuldade financeira por que passava, a escola consegue se classificar em quatro lugar, empatada com o poderoso Salgueiro que festejava a volta de Arlindo Rodrigues. Por seu trabalho naquele ano, as duas receberiam o Estandarte de Ouro de personalidade. em 1987, ainda juntas, Rosa e Lícia assumem a Estácio de Sá que obtém grande sucesso com seu enredo "Tititi do sapoti".

O ano de 1988 marca o primeiro carnaval exclusivo de Rosa Magalhães, ainda na Estácio, com o enredo "O boi da bode". No ano seguinte, continuando na escola, a carnavalesca apresenta outro enredo de sucesso: "Um, dois, feijão com arroz". De volta ao Salgueiro, dessa vez como carnavalesca, conquista o terceiro lugar (1990) e o vice-campeonato (1991).

Anos de glórias na Imperatriz e saída conturbada[editar | editar código-fonte]

De 1992 a 2009 assumiu o carnaval da Imperatriz Leopoldinense onde ajudaria a escola a conquistar cinco de seus oito campeonatos, incluindo o primeiro tri-campeonato da Era Sambódromo (1999, 2000 e 2001). Na Imperatriz Rosa realizaria carnavais inesquecíveis como "Marquês que é marquês do saçarico é freguês" (vice-campeã, 1993), "Catarina de Médicis na corte dos Tupinambôs e Tabajeres" (campeã, 1994), "Mais vale um jegue que me carregue que um camelo que me derrube, lá no Ceará" (campeã, 1995), "Leopoldina, Imperatriz do Brasil" (vice-campeã, 1996), "Quem descobriu o Brasil, foi seu Cabral, no dia 22 de abril, dois meses depois do carnaval" (campeã, 2000) e "João e Marias" (6º lugar, 2008) entre tantos outros.

Consagrando-se como a maior campeã do Sambódromo, com cinco títulos conquistados, e uma das mais importantes artistas brasileiras contemporâneas. Sua saída da escola se deu sem muitas explicações, após 18 anos à frente dos desfiles da agremiação.

Mantendo escola na Elite e retorno as conquistas[editar | editar código-fonte]

No ano de 2010 assumiu o carnaval da União da Ilha com a intenção de manter-la no Grupo Especial, o que aconteceu, tendo saído da escola poucas semanas após do carnaval.[2] Para 2011, assume o carnaval da Vila Isabel.[3]

Em 2013, Rosa conquista o campeonato do Grupo Especial com a Vila Isabel, que apresentou o enredo "A Vila canta o Brasil celeiro do mundo - água no feijão que chegou mais um...".[4] Depois de todas as comemorações do título e até noticias de que teria renovado seu contrato com a azul e branca de Noel, Rosa teve uma saída conturbada da escola[5] , inclusive com boatos de dividas por partes da escola para com a carnavalesca. [6]

2014 - Atualmente[editar | editar código-fonte]

Após a conquista de mais um título, Rosa foi especulada na São Clemente, na Portela, onde foi procurada por uma chapa que concorre a eleição[7] e até na Mocidade. Sendo que em grande sigilo a Mangueira, por meio de seu presidente eleito Chiquinho da Mangueira confirmou Rosa como carnavalesca da escola.[8] [9]

Alem de atuar na Mangueira Rosa foi confirmada como carnavalesca da escola de Samba paulistana Dragões da Real para elaborar o desfile de 2014.[10] E ainda em setembro de 2013 fora convidada para desenvolver, junto a uma comissão, o enredo da Unidos de Lucas, sobre sua mãe, Lúcia Benedetti. Por uma incompatibilidade de agendas, designou seu assistente Mauro Leite para a elaboração do projeto alegorico da vermelho e amarelo da Zona Norte, ainda que sob sua supervisão.

Apos não lograr êxito nas escolas em que trabalhou em 2014, Rosa decidiu afastar-se de ambas e pensou, até mesmo, na aposentadoria[11] [12] , mas por fim, acertou com a São Clemente onde tem como objetivos afastar a sina de "iô-iô", levar a escola ao desfile das campeãs e torna-la de fato uma grande escola do carnaval carioca.[13] [14]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Abertura dos Jogos Pan-Americanos de 2007, que foi idealizado pela carnavalesca e onde levou o Prêmio Emmy, por esta cerimônia.

Em 2007 Rosa Magalhães cria o elogiado espetáculo da Cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de 2007 pelo qual receberia, no ano seguinte, em Nova Iorque, o mais importante prêmio da televisão mundial, o Emmy de melhor figurino. [15] Além disso, Rosa já ganhou diversos prêmios na area carnavalesca, entre eles um dos mais importantes, o Estandarte de Ouro.

Carnavais de Rosa Magalhães[editar | editar código-fonte]

Ano Escola Colocação Grupo Enredo
1982 Império Serrano Campeão Especial Bumbum Praticumbum Prugurundum [16]
1984 Imperatriz 4º lugar Especial Alô, mamãe [16]
1987 Estácio 4ºlugar Especial O Ti-ti-ti do sapoti [16]
1988 Estácio 9ºlugar Especial O boi dá bode
1989 Estácio 9º lugar Especial Um, dois, feijão com arroz
1990 Salgueiro 3° lugar Especial Sou amigo do Rei
1991 Salgueiro Vice-Campeão Especial Me masso se não passo pela Rua do Ouvidor
1992 Imperatriz 3°lugar Especial Não existe peçado abaixo do Equador
1993 Imperatriz Vice-Campeão Especial Marquês que é marquês do saçarico é freguês [17]
1994 Imperatriz Campeão Especial Catarina de Médicis na corte dos Tupinambôs e Tabajeres
1995 Imperatriz Campeão Especial Mais vale um jegue que me carregue que um camelo que me derrube, lá no Ceará
1996 Imperatriz Vice-Campeão Especial Imperatriz Leopoldinense honrosamente apresenta: Leopoldina, Imperatriz do Brasil
1997 Imperatriz 6° lugar Especial Eu sou da lira, não posso negar
1998 Imperatriz 3° lugar Especial Quase no ano 2000…
1999 Imperatriz Campeão Especial Brasil mostra a sua cara em… Theatrum Rerum Naturalium Brasilie
2000 Imperatriz Campeão Especial Quem descobriu o Brasil foi seu Cabral, no dia 22 de abril, dois meses depois do carnaval
2001 Imperatriz Campeão Especial Cana-caiana, cana roxa, cana fita, cana preta, amarela, pernambuco… Quero vê descê o suco, na pancada do ganzá
2002 Imperatriz 3°lugar Especial Goitacazes… Tupi or not Tupi, in a South American way
2003 Imperatriz 4° lugar Especial Nem todo pirata tem a perna de pau, o olho de vidro e a cara de mau
Barroca Zona Sul 14º lugar Especial De Três Corações a Coroação. Quem Sou Eu? Rei Pelé [18]
2004 Imperatriz 5° lugar Especial Breazail
2005 Imperatriz 4° lugar Especial Uma delirante confusão fabulística
2006 Imperatriz 9º lugar Especial Um por todos e todos por um
2007 Imperatriz 9º lugar Especial Teresinhaaa, uhuhuuu!!!! Vocês querem bacalhau?
2008 Imperatriz 6ºlugar Especial João e Marias
2009 Imperatriz 7°lugar Especial Imperatriz… só quer mostrar que faz samba também!
2010 União da Ilha 11° lugar Especial Dom Quixote de La Mancha, o cavaleiro dos sonhos impossíveis
Império Serrano 6° lugar A João das ruas do Rio
2011 Vila Isabel 4º lugar Especial Mitos e Histórias Entrelaçados pelos Fios de Cabelo
2012 Vila Isabel 3º lugar Especial Você semba lá .... Que eu sambo cá! O canto livre de Angola
2013 Vila Isabel Campeão Especial A Vila canta o Brasil celeiro do mundo - "Água no feijão que chegou mais um..."
2014 Mangueira 8º lugar Especial A festança brasileira cai no samba da Mangueira
Dragões da Real 5º lugar Especial Um museu de grandes novidades
2015 São Clemente Especial A Incrível História do Homem Que Só Tinha Medo da Matinta Perera, da Tocandira e da Onça Pé de Boi
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rosa Magalhães

Notas e Referências

  1. http://odia.ig.com.br/diversao/carnaval/2014-04-29/emocionado-presidente-da-sao-clemente-anuncia-rosa-magalhaes-e-um-presentao.html
  2. Isaac Ismar, para o SRZD-Carnavalesco (22/02/2010). Rosa Magalhães deixa a União da Ilha. Visitado em 23/11/2010.
  3. Isaac Ismar, para o SRZD-Carnavalesco (23/03/2010). Rosa Magalhães é apresentada na Vila. Visitado em 23/11/2010.
  4. O GLOBO (13/02/2013). Vila Isabel é a campeã do Carnaval 2013. Visitado em 13/02/2013.
  5. SRZD-Carnaval (28/03/2013). Demissão na Vila: 'Foi um ciclo que terminou', resume Rosa Magallhães 13h09. Visitado em 30.04.2013.
  6. Site Carnavalesco (08.04.2013). Wilsinho assume divida com Rosa. Visitado em 28.04.2013.
  7. ODia na Folia (28.03.2013). Chapa de oposição na Portela confirma interesse em ter Rosa Magalhães 14h17. Visitado em 30.04.2013.
  8. ODia na Folia (29.04.2013). Chiquinho da Mangueira comemora contratação de Rosa Magalhães. 03h57. Visitado em 30.04.2013.
  9. ODia na Folia (30.04.2013). Chiquinho da Mangueira promete valorizar enredos que tenham o ‘DNA’ da escola 4:00. Visitado em 30.04.2013.
  10. SRZD Carnaval (09.05.2013). Rosa Magalhães assina o carnaval da Dragões da Real em 2014. 21h15. Visitado em 09.05.2013.
  11. G1 (25/03/2014). Rosa Magalhães não é mais a carnavalesca da Mangueira. Visitado em 29/04/2014.
  12. Carnavalesco (25/03/2014). Mangueira anuncia oficialmente que Rosa Magalhães não continua na escola. Visitado em 29/04/2014.
  13. O Dia na Folia. Emocionado, presidente da São Clemente anuncia Rosa Magalhães: 'É um presentão'. Visitado em 29/04/2014.
  14. SRZD-Carnaval. Rosa Magalhães já tem escola para 2015. Visitado em 29/04/2014.
  15. G1 (14.06.2008). Carnavalesca Rosa Magalhães vence prêmio Emmy. Visitado em 23.11.2010.
  16. a b c Em dupla com Licia Lacerda
  17. Em dupla com Viriato Ferreira
  18. Em dupla com Mauro de Oliveira