Rosa Montero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde março de 2014)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Rosa Montero (Madri, 3 de janeiro de 1951) é jornalista e escritora espanhola.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Detentora de uma consagrada carreira jornalística, trabalhando no jornal El País desde 1977, tendo realizado entrevistas célebres, Rosa Montero, começou a escrever na infância, quando sofreu de tuberculose.

Cursou filosofia e jornalismo. Em 1979 publicou seu primeiro romance "Crónica del desamor". Escreveu 26 livros desde então.

No Brasil, sete de seus livros foram publicados: Paixões, Histórias de Mulheres e Muitas Coisas que Perguntei e Algumas que Disse (todos de não-ficção), A Louca da casa, História do Rei Transparente, A Filha do Canibal e Instruções para Salvar o Mundo (romances).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Infanto-Juvenil
  • Las barbaridades de Bárbara (1996)
  • El viaje fantástico de Bárbara (1997)
  • Bárbara contra el doctor colmillos (1998)
  • El nido de los sueños (1991/2004)