Rosa de Hiroshima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rosa de Hiroshima é um poema de Vinícius de Moraes, musicado por Gerson Conrad na canção Rosa de Hiroshima da banda Secos e Molhados. O poema alude aos bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki durante a Segunda Guerra Mundial.

Canção[editar | editar código-fonte]

"Rosa de Hiroshima"
Canção de Secos & Molhados
do álbum Secos & Molhados
Lançamento 1973
Gênero(s) MPB, Folk
Duração 2:07
Gravadora(s) Continental
Letrista(s) Gerson Conrad/Vinicius de Moraes
Faixas de Secos & Molhados
Último
Último
"El Rey"
(8)
"Prece Cósmica"
(10)
Próximo
Próximo

Rosa de Hiroshima foi lançada no ano de 1973, no disco de estreia do grupo. Foi a única canção creditada a Gerson Conrad no álbum. A canção é um grito pacifista e antinuclear[1] , lançada em plena ditadura no Brasil. Foi apresentada ao vivo no espetáculo do grupo no Maracanãzinho em meados de 1974.

A música foi a décima terceira mais executada nas rádios brasileiras no ano de 1973 [2] . Em 2009, a revista Rolling Stone brasileira listou Rosa de Hiroshima como a número 69 entre As 100 Maiores Músicas Brasileiras.[3]

A música "Rosa de Hiroshima" é uma música tocante, ao qual emociona o ouvinte, nela é citada os efeitos das bombas atômicas lançadas em Hiroshima e Nagasaki durante a Segunda Guerra Mundial.

Outras versões

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Antologia poética
  • Poesia completa e prosa: "Nossa senhora de Los Angeles"
  • Poesia completa e prosa: "Cancioneiro"

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.