Rosimar Amancio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bill
Informações pessoais
Nome completo Rosimar Amancio
Data de nasc. 2 de julho de 1984 (30 anos)
Local de nasc. São Lourenço (MG),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,85 m
Destro
Apelido Bill, Chernobill, Kill Bill, Ibraimobill,
Bill Lepo-lepo, Buldogue,
Destruidor de Leoas, Billatelli, Búfalo Bill
Informações profissionais
Clube atual Brasil Botafogo
Número 99
Posição Atacante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2006
20062007
20072008
20082009
2009
20102011
2012
20122013
2013
2013
2014
2015
Brasil Bragantino
República Popular da China Nanchang (emp.)
Brasil Galo Maringá
Brasil Bragantino
Brasil Corinthians
Brasil Coritiba (emp.)
Brasil Corinthians
Brasil Santos
Arábia Saudita Al-Ittihad
Brasil Coritiba
Brasil Ceará
Brasil Botafogo
0027 0000(4)
0017 0000(7)
0014 000(10)
0023 0000(9)
0018 0000(2)
0068 000(28)
0002 0000(0)
0017 0000(2)
0006 0000(2)
0016 0000(1)
0057 000(24)
0021 000(10)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 20 de maio de 2015.

Rosimar Amancio,[1] mais conhecido como Bill (São Lourenço, 2 de julho de 1984), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, defende o Botafogo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após jogar por alguns times de menor porte, tendo passado, inclusive, por time chines em 2006/2007, Bill chamou a atenção do Corinthians, quando jogava pelo Bragantino, em 2009. Sua força física e seu faro de gol ajudaram-no a destacar-se no Paulistão daquele ano, despertando o interesse do Timão.

Em 2010 foi emprestado ao Coritiba. Já naquele ano ajudou o time a sagrar-se campeão da Série B. No ano seguinte (2011), o jogador foi o artilheiro do Paranaense, com 12 gols, e o homem gol do Coxa, marcando 27 tentos na temporada. Com isso, ganhou a admiração do clube e da torcida, o que motivou a criação de uma série de apelidos para o atacante (Búfalo Bill, Chernobill, etc). Apesar do bom futebol apresentado, a direção do clube alviverde não manifestou interesse na compra do atleta, que retornou ao Corinthians.

Em julho de 2012, após rescisão com o Corinthians, então detentor dos direitos de Bill, o jogador acertou sua ida ao Santos. Contratado compor o ataque do time, junto a Neymar, o atacante viveu longo período de jejum e não manteve a boa média de gols que o fez aparecer no Coritiba. Apesar de agradar o técnico Muricy Ramalho, a insatisfação da torcida gerou desgaste do jogador no clube.

Em janeiro de 2013 o jogador acertou sua saída para jogar na Arábia Saudita. 6 meses depois, Bill acerta retorno ao Coritiba, por onde teve boa passagem anteriormente. No final de 2013 o Ceará anunciou a contratação do atacante como a grande esperança de gols para a temporada. Logo em sua chegada, o búfalo mostrou otimismo, dizendo que a meta era fazer 40 gols no ano. Mesmo não conseguindo cumprir sua promessa, tendo marcado 24 gols no ano, Bill conseguiu ajudar o Ceará a fazer uma boa campanha na Série B e na Copa do Brasil de 2014 (artilheiro com 6 gols). Dessa forma, o grande buldogue chamou a atenção do Botafogo, rebaixado no Brasileirão de 2014.

O início de 2015 parece promissor para o atacante, que já marcou 6 vezes, fazendo boa dupla de ataque com Jóbson.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O Coritiba sagrou-se campeão brasileiro da Série B em 2010, no penúltimo jogo, contra o Icasa, fora de casa, porém, só foi celebrar diante de sua torcida na última rodada, contra o Guaratinguetá, no Couto Pereira. Após o jogo, durante a comemoração dos jogadores com a torcida, Bill sentou-se no carrinho maca e começou a dirigi-lo desgovernadamente, quase caindo no fosso do estádio. Após esse episódio Bill ficou famoso por ser o 'motorista de carrinho maca'.

Se envolveu em uma confusão em uma boate em Fortaleza. Segundo apurou o jornalista Sérgio Pontes, da Rádio O POVO/CBN, a briga teria acontecido na saída da boate entre um amigo de Bill e um advogado. Bill foi defender o amigo e entrou na confusão, que não passou de 30 segundos. A diretoria alvinegra decidiu multar o atleta de 20% a 30% de seu salário, estava junto com os jogadores Tadeu e Michel, estavam presente na boate, o meia Marcelinho Paraíba e um jogador de base do Fortaleza.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Todos os gols de Bill pelo Corinthians:


Todos os gols de Bill pelo Santos:


Todos os gols de Bill pelo Coritiba:


Todos os gols de Bill pelo Ceará:


Todos os gols de Bill pelo Botafogo:

Títulos[editar | editar código-fonte]

Coritiba
Santos
Ceará
Botafogo

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências



Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.