Rota fecal-oral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A rota fecal-oral, ou alternativamente, a rota oral-fecal, rota orofecal ou rota feco-oral é uma rota de transmissão de doenças, na qual estas são passadas quando patógenos em partículas fecais de um hospedeiro são introduzidas na cavidade oral de outro hospedeiro potencial.

Há usualmente passos intermediários, às vezes muitos deles. Dentre as causas mais comuns estão:

  • água que teve contato com fezes e então é inadequadamente tratada antes de beber;
  • comida que foi manuseada com fezes presentes;
  • pobre tratamento de águas residuais juntamente com vetores de doenças como moscas-domésticas;
  • limpeza pobre ou ausente após manusear fezes ou qualquer coisa que tenha estado em contato com elas;
  • fetiches sexuais que envolvem fezes, conhecidos coletivamente como coprofilia (sua ingestão é conhecida como coprofagia)

Algumas das doenças que podem ser transmitidas via rota oral-fecal incluem:

A transmissão de Helicobacter pylori pela rota oral-fecal foi demonstrada em modelos murinos.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Meyer EA. Other Intestinal Protozoa and Trichomonas Vaginalis in: Baron's Medical Microbiology (Baron S et al., eds.). 4th ed. [S.l.]: Univ of Texas Medical Branch, 1996. (via NCBI Bookshelf) ISBN 0-9631172-1-1
  2. Zuckerman AJ. Hepatitis Viruses in: Baron's Medical Microbiology (Baron S et al., eds.). 4th ed. [S.l.]: Univ of Texas Medical Branch, 1996. (via NCBI Bookshelf) ISBN 0-9631172-1-1
  3. Wang L, Zhuang H. (2004). "Hepatitis E: an overview and recent advances in vaccine research". World J Gastroenterol 10 (15): 2157–62. PMID 15259057.
  4. Hale TL, Keusch GT. ''Shigella in: Baron's Medical Microbiology (Baron S et al., eds.). 4th ed. [S.l.]: Univ of Texas Medical Branch, 1996. (via NCBI Bookshelf) ISBN 0-9631172-1-1
  5. Giannella RA. ''Salmonella:Epidemiology in: Baron's Medical Microbiology (Baron S et al., eds.). 4th ed. [S.l.]: Univ of Texas Medical Branch, 1996. (via NCBI Bookshelf) ISBN 0-9631172-1-1
  6. Finkelstein RA. Cholera, Vibrio cholerae O1 and O139, and Other Pathogenic Vibrios in: Baron's Medical Microbiology (Baron S et al., eds.). 4th ed. [S.l.]: Univ of Texas Medical Branch, 1996. (via NCBI Bookshelf) ISBN 0-9631172-1-1
  7. Cellini et al. (1998). "Evidence for an oral-faecal transmission of Helicobacter pylori infection in an experimental murine model". APMIS 107(1-6): 477-484.[1]