Rousas John Rushdoony

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rousas John Rushdoony (25 de Abril de 19168 de Fevereiro de 2001) foi um filósofo, historiador e teólogo calvinista e é considerado o pai da Reconstrução Cristã e uma inspiração para o movimento moderno de homeschool cristão.1 2 Seus escritos prolíficos têm exercido influência considerável sobre a Direita Cristã.3

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rushdoony nasceu em Nova Iorque, filho de imigrantes Armênios recém chegados à América. Antes de seus pais fugirem do genocídio armênio de 1915, seus ancestrais tinham vivido numa área remota próxima ao Monte Ararate por quase 2000 anos.4 Há alegações que desde o ano 320 d.C., cada geração da família Rushdoony produziu um sacerdote ou ministro cristão.5 Dentro de semanas após chegarem à América, seus pais se mudaram para Kingsburg (Califórnia), onde seu pai fundou uma Igreja Presbiteriana que utilizava o idioma armênio. Exceto por um tempo quando seu pai pastoreou uma igreja em Detroit (Michigan), Rushdoony cresceu na fazenda da família em Kingsburg.6

Rushdoony frequentou escolas públicas onde aprendeu o inglês.3 Ele continuou sua educação na Universidade da Califórnia, onde obteve o Bacharel em Artes (B.A.) em literatura inglesa no ano de 1938, uma credencial de ensino em 1939 e o grau de Master of Arts (M.A.) em Educação no ano de 1940. Ele frequentou também a Escola Pacífica de Religião, um seminário congregacional e metodista em Berkeley (Califórnia), no qual se graduou em 1944, o mesmo ano em que foi ordenado pela Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos. Rushdoony então serviu por oito anos e meio como missionários aos índios Shoshone e Paiute na Reserva Indígena de Duck Valley, numa área remota do Nevada.2 6 7 In 1953 Rushdoony became pastor of a church in Santa Cruz, California, a small retirement town on the coast.6

Foi durante sua missão aos americanos nativos que Rushdoony começou a escrever. Seu primeiro livro, By What Standard? foi publicado em 1959. No começo da década de 1960 ele estava ativo no movimento de homeschool, aparecendo como uma testemunha especialista para defender os diretos daqueles que praticavam o homeschool.2 Mudou-se para Los Angeles em 1965. Nesse ano ele fundou a Chalcedon Foundation; a Chalcedon Report, que Rushdoony editava mensalmente, começou a aparecer em outubro daquele ano.3

Rushdoony teve cinco filhos com sua primeira esposa, Arda June Gent Rushdoony, que morreu em 1967. Casou-se então em 1972 com Dorothy Barbara Ross Rushdoony, que se tornou a madrasta das suas crianças. Ela morreu em 2003. Sua filha Sharon é casada com Gary North, um escritor e economista cristão. O único filho de Rushdoony, o Rev. Mark R. Rushdoony, é o atual presidente da Chalcedon Foundation e editor da Chalcedon Report. R. J. Rushdoony morreu em 2001 com os seus filhos ao seu lado. Rushdoony leu no mínimo um livro por dia, de capa a capa, durante mais de cinquenta anos em sua vida; ele ainda escrevia nas margens e fazia um índice das ideias principais no final. Estima-se que ele tenha lido, em sua inteireza, mais de 28 000 livros em toda a sua vida. É dito também que Rushdoony tinha mais de 60 000 livros em sua livraria pessoal. Artigos em Português 6

Referências

  1. An interview with R. J. Rushdoony. Accessed June 9, 2007.
  2. a b c William Edgar. "The passing of R. J. Rushdoony". First Things. August/September 2001.
  3. a b c Gary North. "R. J. Rushdoony, R.I.P.". LewRockwell.com. Feb. 10, 2001.
  4. Founder's Forward: Born Rich. December 1997.
  5. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas bcse
  6. a b c d About R.J. Rushdoony. Accessed June 9, 2007.
  7. Michael J. McVicar. "First Owyhee and Then the World: The Early Ministry of R. J. Rushdoony." Faith For All of Life. November/December 2008 issue.