Runtime Type Information

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Runtime Type Information (frequentemente abreviado para RTTI; Informação de Tipo [de Dado] em Tempo de Execução em inglês) é uma técnica disponível em algumas linguagens de programação e que consiste em manter informação sobre o tipo de dado de um objeto em memória durante o tempo de execução de um programa de computador. Algumas implementações limitam-se a manter somente a árvore de heranças da classe enquanto outras também incluem informações dos métodos do objeto e seus atributos.

Uso em C++[editar | editar código-fonte]

Apesar de disponível em várias linguagens, o termo RTTI é tipicamente utilizado somente em discussões do C++. Para utilizar o operadores dynamic_cast<> ou type_info, o RTTI deve estar ativado. O seguinte exemplo ilustra a técnica:

class base
{
   virtual ~base(){}
};
 
class derivada : public base
{
   public:
      virtual ~derivada(){}
      int compare(derived &ref);
};
 
int meu_comparador_para_ordenacao_generica(base &ref1, base &ref2)
{
   derivada &d = dynamic_cast<derivada &>(ref1); // RTTI é usado aqui
 
   return d.compare(dynamic_cast<derivada &>(ref2));
}

Na linha indicada o RTTI habilita o processo de lançar a exceção bad_cast caso a conversão de tipo não for possível. Note que é impossível obter tal informação em tempo de compilação, por isso a utilização de uma estrutura em tempo de execução para realizar tal tarefa.

Uso em Delphi[editar | editar código-fonte]

O Delphi também disponibiliza uma forma do RTTI, que permite determinar se um objeto é de uma classe ou de suas derivações. Para isso são usados os operadores is, que verifica o tipo, e as, que verifica a conversão do tipo.

O RTTI provê um modo de determinar se o tipo de um objeto é de uma classe em particular ou de um dos seus descendentes. Os operadores ‘is’ e ‘as’ geralmente usados na linguagem Delphi, baseiam-se de alguma forma na presença do RTTI. O operador ‘is’, que executa dinamicamente a verificação de tipo, é usado para verificar a classe atual de um objeto em tempo de execução.

O seguinte exemplo ilustra a técnica[1] :

procedure TFormulario.Button1Click(Sender: TObject) ;
var
  ClassRef: TClass;
begin
   MyListBox.Clear;
   ClassRef := Sender.ClassType;
   while ClassRef <> nil do
   begin
     MyListBox.Items.Add(ClassRef.ClassName) ;
     ClassRef := ClassRef.ClassParent;
   end;
end;

No exemplo acima, a rotina listará a árvore de herança desde a classe TButton até a classe TObject.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Zarko Gajic. Using RTTI in Delphi (em inglês) About.com. Página visitada em 16 de maio de 2008.