Ruth Plumly Thompson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ruth Plumly Thompson (Filadélfia, 27 de julho de 18916 de abril de 1976) foi uma escritora estadunidense de histórias infantis. Ela redigiu uma das mais conhecidas continuações de uma obra de fantasia para crianças, passada na Terra de Oz, da história original criada por L. Frank Baum.

História[editar | editar código-fonte]

Ávida leitora e escritora de literatura infantil por toda a vida, começou sua carreira literária em 1914 quando vendeu histórias para jornais e revistas. Entre 1921 e 1939, escreveu um livro sobre Oz por ano. Todos foram ilustrados por John R. Neill, o qual também ilustrou os livros sobre Oz de Baum, com exceção do primeiro, The Wonderful Wizard of Oz.

As contribuições de Thompson para a série Oz são vívidas e imaginativas, apresentando uma vasta gama de personagens expressivos e incomuns. Todavia, um tema em particuçlar repete-se através de seus romances, com pequenas variações. Tipicamente, em cada um de seus livros sobre Oz, uma criança (geralmente estadunidense) e um acompanhante sobrenatural (geralmente um animal falante), ao viajarem através de Oz ou por uma de suas regiões limítrofes, descobrem-se em alguma comunidade obscura cujos habitantes engajam-se numa única atividade. Então, os habitantes desta comunidade capturam os viajantes e forçam-nos a participar desta mesma tarefa.

Livros sobre Oz de Thompson[editar | editar código-fonte]

Livros sobre outros temas[editar | editar código-fonte]

  • The Curious Cruise of Captain Santa
  • The Wizard of Way-Up and Other Wonders
  • Sissajig and Other Surprises

Thompson aposentou-se da tarefa de escrever livros sobre Oz em 1939 e John R. Neill assumiu o encargo, escrevendo três obras até sua morte, em 1942. Thompson posteriormente escreveu mais dois livros da série de Oz, os quais são considerados tipicamente não-canônicos: Yankee in Oz (1972) e The Enchanted Island of Oz (1976).

A maioria destes livros ainda estão sob copyright e não podem ser reproduzidos online. Alguns, todavia, estão disponíveis no Projecto Gutenberg.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]