Ry Cooder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ry Cooder
Ry Cooder playing.jpg
Ry Cooder em 2009
Informação geral
Nome completo Ryland Peter Cooder
Nascimento 15 de Março de 1947 (67 anos) Los Angeles
Gênero(s) Rock, Música tradicional, Folk, Blues, Tex-Mex, Soul, Gospel
Instrumento(s) Vocal, guitarra, slide guitar, bandolim, compositor
Outras ocupações Artista solo, compositor, bandleader, músico
Afiliação(ões) Taj Mahal, Captain Beefheart, Rolling Stones, Van Morrison, Nicky Hopkins, Gabby Pahinui, Buena Vista Social Club, Mavis Staples

Ryland Peter Cooder, conhecido como Ry Cooder (Los Angeles, 15 de Março de 1947), é um guitarrista e compositor norte-americano. Foi considerado o 31º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone.[1]

É um músico eclético cujas composições musicais vão dos blues ao rock and roll, passando pelo reggae, tex-mex, jazz, country, folk, música instrumental, rhythm and blues e gospel. O característico som da sua guitarra, tem origem na técnica utilizada, designada por slide guitar. Participou do filme A Encruzilhada (1986), onde a maior parte das dedilhadas de Ralph Macchio foram dubladas por ele.

Prémios[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Rising Sons featuring Taj Mahal and Ry Cooder (gravado em 1965/1966, lançado em 1992)
  • Ry Cooder, (1970)
  • Into the Purple Valley, (1971)
  • Boomer's Story, (1972)
  • Paradise and Lunch, (1974)
  • Chicken Skin Music, (1976)
  • Showtime, (1976)
  • Jazz, (1978)
  • Bop Till You Drop, (1979)
  • The Long Riders, (1980)
  • Borderline, (1980)
  • The Slide Area, (1982)
  • Paris, Texas, (1984)
  • Music from Alamo Bay, (1985)
  • Blue City, (1986)
  • Crossroads (1986)
  • Why Don't You Try Me Tonight', (1986)
  • Get Rhythm, (1987)
  • Johnny Handsome (1989)
  • Little Village (1991)
  • Trespass, (1992)
  • A Meeting By The River, (1993) (com VM Bhatt)
  • Geronimo, An American Legend, (1993)
  • King Cake Party, (1994) (com a The Zydeco Party Band)
  • Talking Timbuktu, (1994) (com Ali Farka Touré)
  • Music by Ry Cooder, (1995)
  • Last Man Standing, (1996)
  • Enf of Violence, (1997)
  • Buena Vista Social Club (1997)
  • The End of Violence, (1997)
  • Mambo Sinuendo, (2003)
  • Chávez Ravine, (2005)
  • My Name Is Buddy, (2007)

Referências

  1. The 100 Greatest Guitarists of All Time: Ry Cooder (em inglês) Rolling Stone. Página visitada em 12 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.