São Bernardo de Menton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bernardo de Menton
Santo Tomás de Aquino por
Eglise prieurale de Meillerie
Nascimento 1008 em Menthon-Saint-Bernard (FR) ou
Morte 12 de Julho de 1081  em Novara, Itália
Veneração por Igreja Católica
Canonização 1681 por Papa Inocêncio XI
Festa litúrgica 15 de Junho
Gloriole.svg Portal dos Santos
Estátua no Pequeno São Bernardo

São Bernardo de Menton ( c. 1008 Menthon-Saint-Bernard (FR) ; † 12 de Junho de 1008 Novara (IT) ) (em italiano: San Bernardo di Mentone, em francês: Saint Bernard de Menthon) é um santo italiano que fundou cerca o Hospício do Monte Joux no actual colo do Grande São Bernardo e reconstruiu o da Coluna de Joux no actualColo do Pequeno São Bernardo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A vida de São Bernardo de Menton não faz a unanimidade dos historiadores pois; ora nasce em 923 ou em 1020, ora em Menthon-Saint-Bernard (FR) ou Aosta (IT), ora na família dos condes de Menton ou numa família pobre [1] , mas segundo a congregação do Grand-Saint-Bernard, nasce por volta de 1020 em Mont Joux na Aosta, e provavelmente de uma família nobre da região de Annecy na Alta-Saboia, actualmente francesa mas então do Condado de Saboia [2] .

Capítulo de Aosta e membro dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, é promovido a arquidiácono principalmente encarregado dos peregrinos e viajantes do Monte Joux, que situado a 2 473 m é uma passagem obrigatória mas muito difícil entre o Norte e o Sul dos Alpes. É a partir dessa constatação que decide criar o hospício do Monte Joux no actualmente conhecido por colo do Grande São Bernardo [2] .

Grande predicador e muito popular, tenta apaziguar os conflitos encontre o Papa Gregório VII e Henrique IV do Santo Império em Pavia por volta de 1081. Depois deste contacto adoece e vai para o convento de Saint-Laurent-Hors-les-Murs, em Novara onde morre a 12 de Junho de 1081, e é enterrado a 15, a data que viria a ser o da sua festa [1]

Bernardo de Menton pôe a sua obra sobre a protecção de São Nicolau de Mira donde a apelação de "Congregação de de São Nicolau e Bernardo do Monte Joux", congregação que adopta as regras da Ordem dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho [2] .

S. Bernardo de Menton[editar | editar código-fonte]

Os hospícios do passo do Grande São Bernardo como o passo do Pequeno São Bernardo foram criados por São Bernardo de Menton.

Bernardo de Menton foi canonizado em 1681 pelo Papa Inocêncio XII e o Papa Pio XI confirmou, em 1923, São Bernardo de Menton como padroeiro dos Alpes e tornou-se assim também o padroeiro dos alpinistas [3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • André Donnet, Saint Bernard et les origines de l'Hospice du Mont-Joux 1942, (démonstration d'incohérence des dates 923 et 1008)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]