São Domingos (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São Domingos
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 13 de junho
Fundação 1989
Gentílico sãodominguense
Prefeito(a) DOMINGOS NAFITEL RAMOS OLIVEIRA
(2013–2016)
Localização
Localização de São Domingos
Localização de São Domingos na Bahia
São Domingos está localizado em: Brasil
São Domingos
Localização de São Domingos no Brasil
11° 30' 10" S 39° 32' 31" O11° 30' 10" S 39° 32' 31" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Nordeste Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Serrinha IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Valente , Conceição do Coité, Retirolândia, Gavião, Nova Fátima, Riachão do Jacuípe, Santaluz.
Distância até a capital 234 km
Características geográficas
Área 265,375 km² [2]
População 9 226 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 34,77 hab./km²
Clima semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,64 médio PNUD/2010 [4]
PIB R$ 33 217,710 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 638,30 IBGE/2008[5]
Página oficial

São Domingos é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a uma latitude 11º27'56" sul e a uma longitude 39º31'34" oeste, estando a uma altitude de 0 metros. Sua população é de 8.952 habitantes IBGE 2008. | história da cidade = São Domingos surgiu de uma grande fazenda de propriedade do Coronel Francisco Pedreira e D. Amélia Pedreira sua esposa, construída no ano de 1926. O Coronel Francisco Pedreira era devoto de São Domingos, por isso, deu o nome da fazenda São Domingos, fazendo parte do Município de Conceição do Coité. Depois de alguns anos, Coronel Francisco Pedreira vendeu a fazenda ao Senhor João Torquato de Oliveira. O Sr. João Torquato de Oliveira, casado com a senhora Aquilina Vitalina de Oliveira, constituiu sua família com sete filhos, instalou a primeira casa varejista e idealizou as primeiras casas residenciais, iniciando assim o povoado. Com o passar do tempo, o senhor João Torquato resolveu mudar-se para a fazenda Bela Vista, distante seis quilômetros da fazenda São Domingos, deixando seu filho João Oliveira Filho, o seu futuro genro Leonardo Celestino da Silva que cuidava do comércio. O terceiro proprietário e morador no centro do pequeno povoado com sua familia a partir de outubro de 1941, o senhor José Vitalino de Araújo casado com Maria Ramos de Araújo, deu prosseguimento aos benefícios em favor do povoado com as seguintes construções: construção de uma barbearia de propriedade do Senhor José Francisco de Matos, morador do povoado no ano de 1946: um barracão construido no centro do povoado para a ocupação dos feirantes no ano de 1948. Primeira Capela fundada em 1949 sob responsabilidades do Sr. Domingos Santana, Sr. José Vitalino e sua filha Valdete Ramos de Oliveira, sendo celebrada a primeira missa pelo Pe. Urbano Don e consagrada em 1957, como padroeiro o Santo Domingos de Gusmão, festejado pela primeira vez em 04 de Agosto de 1957; construção de uma padaria e uma fabrica de manteiga de propriedade do Sr. José Vitalino, que na época ocupava o cargo de Primeiro Inspetor de quarteirão e em seguida, Delegado do povoado com a autorização do Município de Conceição do Coité em 1949; surgiu a primeira loja de tecidos em 1950, de propriedade do Sr. Alcides Carneiro; instalou-se em 1951 o primeiro bar munido de snook e sortido de bebidas, tendo como proprietário o Sr. José Francisco de Matos; Construção de um açude que veio beneficiar não só o povoado de São Domingos, mas o Distrito de Valente, através da administração do primeiro Prefeito de Conceição do Coité, Sr. Teócrito Calixto Cunha, com o acompanhamento da obra feito pelo Sr. José Ramos de Oliveira em 1951; embora já existisse uma escola municipal com o nome Dr. Getúlio Vargas, criada em 1947, tendo como primeira professora a Strª. Valdete Ramos de Oliveira, construiu-se um predio escolar conveniado pelo Estado e Município, que recebeu o nome de Escola Luiz Camões, em 1951. A partir de 1982 a comunidade de São Domingos sentiu a necessidade de tornar-se indepedente de Valente, quando o Deputado Florisvaldo Carneiro da Cunha, criou o projeto de emancipação política deste Município( São Domingos), em 1984 havendo a consulta popular( plebiscito) em agosto de 1988. Os Deputados Luiz Pedro Irujo, Clodoaldo Campos, Cloriolano Sales e José Ramos Neto, atendendo à solicitação e o anseio da comunidade, deram andamento ao projeto de emanicipação política, sendo sancionada pela Assembléia Legislativa do Estado da Bahia em 13 de junho de 1989.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 05 de novembro de 2011.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 07 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.