São João del-Rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de São João del Rey)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Município de São João del-Rei
"Cidade Onde os sinos falam"
"Cidade do encontro entre antigo e Moderno""
Largo do Rosário

Largo do Rosário
Bandeira de São João del-Rei
Brasão de São João del-Rei
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 8 de dezembro
Fundação Vila: 08/12/1713; Cidade: 06/03/1838 (Arraial: 1701, 1704 ou 1705)
Gentílico são-joanense
Prefeito(a) Helvécio Luiz Reis (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de São João del-Rei
Localização de São João del-Rei em Minas Gerais
São João del-Rei está localizado em: Brasil
São João del-Rei
Localização de São João del-Rei no Brasil
21° 08' 09" S 44° 15' 43" O21° 08' 09" S 44° 15' 43" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Campo das Vertentes IBGE/2008[1]
Microrregião São João Del Rei IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Santa Cruz de Minas, Tiradentes, Coronel Xavier Chaves, Ritápolis, Barroso, São Tiago, Conceição da Barra de Minas, Nazareno, Madre de Deus de Minas, Carrancas, Piedade do Rio Grande, Barbacena, Ibertioga
Distância até a capital 180 km
Características geográficas
Área 1 463,593 km² [2]
População 84 404 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 57,67 hab./km²
Altitude 898 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,816 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 838 095,668 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 868,08 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.saojoaodelrei.mg.gov.br

São João del-Rei é um município do estado de Minas Gerais, no Brasil. É a maior cidade setecentista do estado. Localiza-se na Bacia do Rio Grande e tem seu relevo formado pelas serras do complexo da Mantiqueira, extremamente propício ao ecoturismo. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística,[6] a cidade enquadra-se na região do Campo das Vertentes, sudeste de Minas Gerais. Polariza cidades de sua região e do Sul de Minas. Seu índice de desenvolvimento humano (IDH) é classificado como elevado, com 0,758[7] .

O aeroporto Prefeito Otavio de Almeida Neves, localizado na Regional Colônia (Zona Norte da cidade), é o mais importante da região.

Grandiosa, moderna e agitada na área contemporânea. Pacata e cultural na sua parte histórica, São João del-Rei se insere como uma cidade singular. Dotada de uma vasta gama arquitetônica, na qual não se restringe apenas ao Barroco. Na sua parte histórica (protegida do restante da cidade) é possível observar diversas linhas arquitetônicas.

Engana-se quem pensa que o motivo primário da fundação da cidade foi a exploração do ouro. Na época, o então arraial situado ao Sul das Minas Gerais foi criado com o objetivo de ser um entreposto entre Paraty-RJ e as cidades da região central de Minas Gerais (Ouro Preto, Mariana, Conselheiro Lafaiete entre outras). Ou seja, era uma via a qual se escoava a produção mineral dessas localidades para o litoral e posterior envio a Portugal. Mais tardiamente é que se foi encontrado ouro em grande quantidade na cidade.

São João del-Rei é conhecida também por ser uma cidade universitária devido aos centros de ensino presentes no município, a alta variedade de cursos e a enorme expansão da UFSJ e pelo grande número de repúblicas estudantis espalhadas pela cidade. Será implantado na cidade o segundo curso de Medicina da Universidade.

Nasceram, em São João del-Rei o presidente eleito do Brasil em 1985 Tancredo Neves; o cardeal dom Lucas Moreira Neves; Otto Lara Resende; padre José Maria Xavier (compositor sacro); Francisca Paula de Jesus (a "santa" Nhá Chica, que está em via de ser canonizada pelo Vaticano), dentre outros.

História[editar | editar código-fonte]

Mapa da Comarca do Rio das Mortes em 1780

O Arraial Novo do Rio das Mortes, que deu origem à cidade, foi fundado entre 1704 e 1705. Porém, a região já era ocupada desde pelo menos 1701, quando Tomé Portes del-Rei se estabeleceu na região do Porto Real da Passagem (hoje nas proximidades dos bairros de Matosinhos em São João del-Rei e Porto Real em Santa Cruz de Minas).

Entre 1707 e 1709, o Arraial se tornou um dos palcos da Guerra dos Emboabas, um conflito armado que também alcançou vastas regiões de Minas Gerais: principalmente as do rio das Velhas (Sabará), rio das Mortes (São João del-Rei) e Vila Rica (Ouro Preto). Nas proximidades de São João del-Rei, durante a guerra, ocorreu o episódio conhecido como Capão da Traição.

Em 8 de dezembro de 1713, o arraial alcançou foros de vila com o nome de São João del-Rei, clara homenagem a dom João V. Em 1714, passou a ser a sede da recém-criada Comarca do Rio das Mortes.

O ouro, a pecuária e a agricultura permitiram o desenvolvimento e progresso da vila, elevada à categoria de cidade a 8 de dezembro de 1838.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização geográfica[editar | editar código-fonte]

21º 08' 00" Sul (latitude) e 44º 15' 40" Oeste (longitude).

Clima[editar | editar código-fonte]

Clima tropical de altitude, caracterizado por verões quentes e úmidos, apresentando média térmica anual de 19,2°C, a temperatura mínima é 3°C (julho) e a máxima é 38°C (fevereiro).

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

São João del-Rei está inserida na bacia do rio Grande, sendo o rio das Mortes o principal entre os rios que banham a cidade.

Rios
Rio Elvas | Rio Carandaí | Rio das Mortes Pequeno | Rio das Mortes

Relevo[editar | editar código-fonte]

A sede do município se localiza num grande vale, entre a Serra de São José (leste) e a Serra do Lenheiro (oeste).

Formações rochosas
Serra do Lenheiro | Serra de São José
Ponto culminante do município
Morro do Chapéu, no Distrito de Emboabas - 1 338 metros (altitude)

Vegetação[editar | editar código-fonte]

São João del-Rei possui uma diversidade ecológica grandiosa, com uma biodiversidade representativa de alguns ecossistemas importantes do bioma Mata Atlântica e Cerrado. No seu relevo, formado pelas serras do complexo da Mantiqueira, observa-se uma vegetação de cerrado, com a presença de campos limpos nas partes mais altas.

Fauna[editar | editar código-fonte]

Apresenta um potencial notável para a avifauna, onde é possível encontrar espécies representativas de alguns ecossistemas importantes dos biomas Mata Atlântica e Cerrado. Destaque para o jacu, araras (Aratinga Leucophtalmus), saíra-dourado (Tangara cyanoventris). Entre os mamíferos, encontramos grandes quantidades de macacos que alegram e dão um toque especial ao turismo local, como o sauá (Callicebus personatus) e os saguis-de-tufo-preto (Callithrix penicillata).

Divisão territorial[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

O perímetro urbano de São João del-Rei possui, oficialmente, 07 bairros: Centro, Fábricas, Colônia do Marçal, Bonfim, Tijuco, Matosinhos e Senhor dos Montes. O inciso C, do artigo 67, da Lei Orgânica do Município de São João del-Rei estabelece que a divisão administrativa do Município, em bairros e distritos que tenham mais dez mil habitantes[8] .

Distritos[editar | editar código-fonte]


Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo IBGE 2010

População total: 84 404

  • População Urbana: 79 790
  • População Rural: 4 614
  • Total de homens: 40 494
  • Total de mulhres: 43 910

Total de domicílios: 33 373

Densidade populacional: 57,67 hab./km²

Os três maiores bairros de São João del-Rei, em número de habitantes, são: Matozinhos (20 153), Tijuco (15 699) e Colônia do Marçal (9 986), conforme o Censo IBGE/2010.

Evolução populacional[editar | editar código-fonte]

Ano População
1991 72 747
1996 74 827
2000 78 616
2007 81 918
2010 84 404
2013 88 405*

(*)Estimativas IBGE

Política e administração[editar | editar código-fonte]

A Câmara de Vereadores de São João del-Rei é composta por 13 vereadores.

Economia[editar | editar código-fonte]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

São João del-Rei se destaca em termos de produção agrícola, tendo em vista a enorme área do município. Para dar suporte ao produtor rural, foi fundada, em 2003, no campus Ctan da Universidade Federal de São João del-Rei, a Fazenda Experimental Risoleta Neves da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais.

Indústria[editar | editar código-fonte]

A cidade possui importantes empresas nas áreas de têxteis, metalurgia, alimentícia, entre outras, sendo então um dos principais polos industriais do Campo das Vertentes. Estão localizadas na cidade multinacionais como a Bozel Brasil S/A (adquirida pela Japonesa, Japan Metals e Chemicals Co. Ltd - JMC|Japan Metals e Chemicals e a LSM Brasil S/A (Antiga Fluminense).

Comércio[editar | editar código-fonte]

O comércio é um dos grandes geradores de emprego e renda, pois se consolidou como um dos atrativos que fazem, de São João del-Rei, uma cidade-polo. A cidade possui uma enorme variedade de lojas de vários setores.

Estrutura urbana[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Há, em São João del-Rei, várias instituições de ensino, nos vários níveis e modalidades. A cidade também sedia a 34ª Superintendência Regional de Ensino (SRE), unidade regional da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais. Segundo dados do IBGE/2008, a SRE-SJDR atua nos 19 municípios pertencentes a microrregião de São João del-Rei:

São João del-Rei possui várias escolas do Ensino Básico (Educação Infantil e Ensino Fundamental, antigo 1º grau). Além disso, a cidade conta com algumas creches ligadas a instituições filantrópicas e uma mantida pela Secretaria Municipal de Educação que é o Centro Solidário de Educação Infantil de São João del Rei, considerada uma referência em creche em toda a Minas Gerais.

Portaria do campus Santo Antônio da Universidade Federal de São João del-Rei

A Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) é a principal instituição de nível superior do município.

Saúde[editar | editar código-fonte]

O município de São João del-Rei é Gestão Plena no Sistema Municipal de Saúde. É também o município polo microrregional, onde está instalada a Gerência Regional de Saúde de São João del-Rei (unidade da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais). A cidade conta com vários postos de saúde tradicionais e de Unidades Básicas de Saúde, e com mais de dez unidades que fazem parte do PSF. O pronto atendimento (Urgência e Emergência) é realizado na UPA 24h Antônio Andrade Reis Filho. Atualmente, foi implantado na cidade uma unidade regional do SAMU, responsável por atender São João del-Rei e região.

A cidade também conta com: a Farmácia Popular do Brasil, uma unidade do Centro Viva Vida, o CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento), Clínica Municipal Especializada da Mulher e da Criança (Núcleo Materno e Infantil),Rede Viva Vida, Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), dentre outros equipamentos de saúde.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O sistema de transporte coletivo municipal de São João del-Rei é feito pela empresa Viação Presidente que opera as linhas urbanas na cidade (sede e distritos). A frota é constituída por ônibus com idade média de 6 anos, sendo que a maior parte dela possui veículos adaptados com elevadores para a acessibilidade de cadeirantes. Todos os veículos são monitorados por câmaras de segurança e equipados com bilhetagem eletrônica, o que permite o uso de cartão eletrônico nos coletivos. Diariamente, cerca de 15 mil pessoas utilizam os ônibus urbanos em São João del-Rei. Atualmente a cidade dispõe de cerca de 20 linhas urbanas regulares, interligando as diversas regiões da cidade.

Ainda dentro do município, opera a Viação Rocha, ligando a sede ao distrito de São Gonçalo do Amarante, e a Transilveira, ligando a sede ao distrito de São Sebastião da Vitória, mas especificamente ao povoado de Caquende, às margens do lago da Usina Hidrelétrica de Camargos. A Viação Presidente opera as linhas que ligam São João del-Rei (Sede) aos distritos de Rio das Mortes, Valo Novo e São Sebastião da Vitória.

O município também tem ligação com as cidades históricas de Mariana e Ouro Preto na região central de Minas, por meio da Viação Útil, na linha em transito São Paulo/Mariana e Ouro Preto.

o Aeroporto de São João del-Rei é o principal aeroporto da região Campos das Vertentes. Sua administração é de responsabilidade da empresa Socicam, contratada pela Prefeitura Municipal de São João del-Rei. A TRIP Linhas Aéreas é a companhia aérea responsável pelas operações. Os principais destinos são: Belo Horizonte e Rio de Janeiro (com voos diretos), Campinas, Montes Claros, Juiz de Fora, Uberlândia, Ipatinga, São Paulo (conexão), dentre outros. Há possibilidade de conexão com várias outras cidades do país.

A cidade sofre atualmente com o excesso de veículos e, nos horários de maior movimento, o transito fica com um movimento intenso de veículos. As principais regiões que mais sofrem com um transito caótico são centro, bairro Fábricas (Região central), Matosinhos (Zona Leste) e Colônia do Marçal (Zona Norte), e os principais corredores são, respectivamente, Avenida Tancredo Neves, Avenida Leite de Castro, Avenida Josué de Queiroz e Avenida 31 de Março. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), São João del-Rei conta atualmente com 39,7 mil veículos em circulação, o que equivale a dois por habitante. Do total de veículos, há cerca de 20 mil automóveis e aproximadamente 12 mil motocicletas. A taxa de crescimento anual da frota da cidade é de 12%. Além dessa frota são acrescidos, no transito de São João del-Rei, automóveis oriundos dos municípios vizinhos sob a sua influência. [carece de fontes?]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Rua Santo Antônio, caminho dos bandeirantes e conhecida como a "Rua das Casas Tortas"

Patrimônio histórico[editar | editar código-fonte]

A cidade de São João del-Rei possui vasta herança patrimonial, tanto de "pedra e cal" quanto bens intangíveis.

Esportes[editar | editar código-fonte]

O principal clube esportivo de São João del-Rei é o Athletic Club (Minas Gerais), que, recentemente, comemorou o seu primeiro centenário (2009).

A cidade já contou com um clube de futebol no campeonato mineiro, o Figueirense Esporte Clube.

Conta também com outras equipes de futsal e basquetebol, feminino e masculino, que participam dos Jogos do Interior de Minas Gerais. Em 2011, a cidade passou a contar com seu primeiro time de rugby, que participa do Campeonato Mineiro de Rugby Union nas modalidades de 7's e XV.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. IBGE
  7. [1]
  8. Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. Lei Orgânica de São João del-Rei. Visitado em 29/09/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]