São José do Hortêncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São José do Hortêncio
""Schness""
Bandeira desconhecida
Brasão de São José do Hortêncio
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 20 de dezembro
Fundação 29 de abril de 1988 (26 anos)
Gentílico hortenciense
Lema Trabalho e honestidade
Prefeito(a) Clóvis Luiz Schaeffer (DEM)
(2009–2012)
Localização
Localização de São José do Hortêncio
Localização de São José do Hortêncio no/em Rio Grande do Sul
São José do Hortêncio está localizado em: Brasil
São José do Hortêncio
Localização de São José do Hortêncio no Brasil
29° 31' 40" S 51° 15' 03" O29° 31' 40" S 51° 15' 03" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008[1]
Microrregião Montenegro IBGE/2008[1]
Região metropolitana Porto Alegre - Encosta da Serra Geral
Municípios limítrofes Feliz, São Sebastião do Caí, Portão, Lindolfo Collor, Presidente Lucena, Picada Café e Linha Nova.
Distância até a capital 70 00 km
Características geográficas
Área 64,113 km² [2]
População 4 094 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 63,86 hab./km²
Altitude 100 m
Clima Subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,815 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 64 114,397 mil IBGE/2009[5]
Página oficial

São José do Hortêncio[nota 1] é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se a uma latitude 29º31'50" sul e a uma longitude 51º14'53" oeste, estando a uma altitude de 100 metros. Sua população estimada para 1 de julho de 2012 era de 4.201 habitantes.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é subtropical , com verões quentes e invernos frios de acordo com o padrão brasileiro. É comum a presença de "veranicos" que fazem a temperatura subir para quase 30 graus por alguns dias em pleno inverno. Também no inverno registram-se temperaturas negativas e geadas.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rio Cadeia: suas águas são usadas na agricultura, para pesca e banho.

Também há pequenos arroios e açudes.

Fauna[editar | editar código-fonte]

  • Aves: pombarola, saracura, andorinha, joão-de-barro, beija-flor, pomba, tico-tico, tucano, sabiá, canário, periquito, jacu, coruja, gavião, urubu, garça, marreco, quero-quero, pica-pau, bem-te-vi.
  • Mamíferos: capivara, rato, gambá, esquilo, porco-espinho, preá, lebre, lontra, tatu.
  • Répteis: lagartixa, lagarto, cobras.
  • Anfíbios: sapos, rãs, pererecas, cobra-cega.
  • Outros: aranhas, caranguejeira, armadeira, minhoca, caracol, caramujo, diversas espécies de peixes e insetos.

História[editar | editar código-fonte]

O município faz parte da "velha colônia" alemã, e surgiu a partir da "interiorização" do processo de colonização alemã, iniciada na Feitoria do Linho Cânhamo, em São Leopoldo, em 25 de julho de 1824. Em 1826, com a vinda das primeiras levas de imigrantes alemães, foi formado o primeiro núcleo de moradores. Esses imigrantes se estabeleceram e começaram a trabalhar a terra, cultivando-a e extraíndo dela sua subsistência, o que fez a localidade se desenvolver com o passar dos anos.

Até 1988, o município fazia parte de São Sebastião do Caí. O município de São José do Hortêncio foi criado pela Lei n. 8576 de 29 de abril de 1988. Primeiro prefeito da cidade, eleito em 1989, foi o agricultor Egídio Grohmann.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Inicialmente era conhecida como "Linha Portuguesa" (em alemão: Portugieserschneiss). Depois "Picada do Cadeia", "Picada do Bernardino" (em alemão: Bernardinerschneiss) e "Freguesia de São José do Hortêncio".

São José é uma homenagem ao santo padroeiro da paróquia e Hortêncio, em homenagem ao Sr. Hortêncio Leite, um português que tinha suas terras localizadas na via de acesso a localidade. Então, tornou-se popular dizer que ia-se para São José e que se passava pelas terras do Hortêncio. Assim, a denominação ficou estabelecida como São José do Hortêncio.

Terra do aipim[editar | editar código-fonte]

O município é conhecido como a Terra do aipim, e, por vezes, a Capital do aipim. Isso se deve pela grande produção de aipim e por este ser o principal produto agrícola municipal.

Brasão[editar | editar código-fonte]

-A coroa, representa os três poderes: executivo, legislativo e judiciário;

-A flor-de-lis, branca, expressa vida e paz;

-O livro, revela a educação;

-O chapéu com asa, indica a presença do comércio;

-A roda escamada, valoriza nossa indústria em geral e, o couro, a indústria calçadista;

-O minifúndio com a policultura, destaque para o aipim (que deu origem à Festa Municipal do Aipim - Hortêncio Fest), para a citricultura, milho e acácia-negra;

-A agricultura motorizada e a pecuária também salientadas;

-As igrejas, a valorização da religião;

-Datas: 1º) 1828 – Início da colonização; 2º) 1988 - Emancipação

Hino[editar | editar código-fonte]

São José do Hortêncio paraíso

Um jardim de encanto e doce paz

Os teus verdes campos e colinas

Sempre com orgulho vou cantar

Foi num lindo sonho que teu povo

Trouxe a liberdade com louvor

20 de dezembro é teu dia

Nasceu uma flor de esperança

O teu nobre solo generoso

Cultiva raízes de alegria

Trazendo riqueza aos teus filhos

Que trabalham firmes com amor

O sol da manhã reluz em glórias

O olhar gentil da natureza

Tuas fontes e tuas florestas

Fascinaram os teus pioneiros.

Localização[editar | editar código-fonte]

O município está localizado na microrregião de Montenegro, no estado do Rio Grande do Sul. Sua Localização privilegiada se deve ao fato do município estar localizado no Vale do Caí, entre a Região Metropolitana de Porto Alegre e a Serra Gaúcha, que juntas formam o pólo econômico do estado. Faz parte do Conselho Regional de Desenvolvimento Vale do Caí (Corede Vale do Caí).

Municípios limítrofes: Presidente Lucena, Linha Nova, São Sebastião do Caí, Portão, Picada Café, Lindolfo Collor, Feliz.

Distâncias: Distâncias aproximadas:

Município Distância (km)
Feliz 10
Ivoti 18
Lindolfo Collor 8
Linha Nova 7
Picada Café 12
Portão 18
Porto Alegre 70
Presidente Lucena 7
São Sebastião do Caí 13

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído do distrito Sede.

A zona rural é constituída pelas localidades de:

  • Campestre: É a localidade rural mais populosa e com o comércio e serviços mais desenvolvidos.
  • Capela do Rosário
  • Arroio Bonito

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dado Habitantes
População em 2010 4.094
Brancos 4.000
Pardos 76
Pretos 15
Amarelos 3
População urbana 2.645
População rural 1.449
Homens 2.088
Mulheres 2.006

Crescimento populacional:

Ano População
1991 2.809
1996 3.079
2000 3.387
2007 3.864
2010 4.094
2011 (estimada) 4.149

Indicadores sociais[editar | editar código-fonte]

Indicador Dado
Analfabetismo (2010) 1,37%
Expectativa de vida (2000) 76,83 anos
Mortalidade infantil (2009) 0,00 por mil nascidos vivos
Pobreza (2010) 2,91%
IDH (2000) 0,815
Gini 0,36

Educação[editar | editar código-fonte]

Todas as crianças em idade escolar são educadas em escolas públicas e a infraestrutura é eficaz e administrada pelo município.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Dados coletados pela Confederação Nacional dos Municípios mostram que, em São José do Hortêncio, os postos do Sistema Único de Saúde têm estrutura para atender toda a população.

A área da saúde recebe 23% do orçamento do município, mais do que os 15% definidos por lei. E, neste caso, a folha de pagamento é extensa: a única unidade básica de saúde da cidade conta, além do serviço médico, com serviços de pediatria, ginecologia, psiquiatria, psicologia, fonoaudiologia e nutrição. A prefeitura leva os profissionais uma vez por mês para visitar os distritos do município.

Uma deficiência da unidade básica é que ela não possui meios de realizar tratamentos emergenciais. O hospital mais próximo está em Ivoti, a uma distância de 19 quilômetros. Para amenizar o problema, a cidade mantém convênio com este hospital e o de São Sebastião do Caí, que garante atendimento 24h gratuito para a população hortenciense.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O município possui 9 estabelecimentos de ensino ( 1 instituto de ensino médio e 1 creche municipal), 1 posto de saúde, 1 corpo de bombeiros voluntários, 1 delegacia de polícia, 1 banco, 1 cooperativa de crédito, 146 empresas (2009), 1.722 endereços (620 rurais e 1.102 urbanos), 1.516 domicílios recenseados e 1.353 domicílios particulares ocupados.

Etnias[editar | editar código-fonte]

O município começou a ser colonizado em 1826 por imigrantes alemães. É a etnia predominante do município. As marcas da colonização alemã estão presentes no dia-a-dia de muitos hortencienses ( o dialeto Hunsrück, a culinária, as danças e músicas).

Também há descendentes de poloneses.

Alguns sobrenomes: Spaniol, Bender, Heck, Schneider, Brill, Dill, Backes, Engeroff, Klein, Koch, Metz, Junges, Führ, Schons, Welter, Weber, Rauber, Medtler, Meisterlin, Senger, Schäffer, Arend, Hanauer, Lamb, Hartmann, Krummenauer, Franz, Franzen, Follmer, Ludwig, Fritsch, Van Grol, Ody, Petry, Henz, Scholl, Becker, Lippert, Bohn, Arnold, Bauermann, Bervian, Braun, Christ, Erhart, Wecker, Graebin, Grohmann, Heinz, Hillesheim, Juchem, Jung, Kerber, Knob, Kunzler, Laux, Steffens, Zimmer, Mohr, Oppermann, Muller, Reichert, Spindler, Rockenbach, Schaeffer, Schmidt, Trein, Bischoff, Maurer, Bamberg, Brückmann, Fassbinder, Fritzen, Haupenthal, Johann, Kaddatz, Kraemer, Krindges, Rhoden, Lessinger, Lermen, Martini, Scheffler, Rohr, Roth, Ruschel, Winter, Feilstrecker, Hoerlle, Haffmeister, Scherer, Bock, Flach, Hensel, Hentges, Kuhn, Kunz, Knob, Schaedler, Schu, Würzius, Wolfart, Zimmermann, Vier, Winckert, Gewehr, Gossler, Dahmer, Eckert, Horn, Kohl, Pohren, Reinheimer, Robinson, Schorn, Steffen, Wiederkeher, Wust, Boettcher, Kauer, Staudt, Blume, Dillenburg, Röhsig, Wendling, Raber, Schuster.

Religião[editar | editar código-fonte]

A religião predominante é a católica, seguida pela evangélica luterana e Assembleia de Deus. O município possui 3 igrejas católicas e 2 igrejas evangélicas luteranas.

Cultura[editar | editar código-fonte]

A cidade conta com a Orquestra Municipal de São José do Hortêncio que realiza apresentações pela região.

E o Grupo de Danças Folclóricas Alemãs Portugieserschneiss Volkstanzgruppe que conta atualmente com 6 categorias: mirim, infantil, infanto-juvenil, juvenil, adulto e casados. O grupo envolve mais de 100 pessoas da comunidade, que com seu lema "Tanzen und lachen ist gesund" divulgam e preservam a cultura dos seus antepassados.

Culinária: É influenciada pela cultura alemã, destacando-se: cuca, rosca, bolachas, linguiça, sauerkraut, batata, queijo, cerveja, chope, etc. Na influência gaúcha, destacam-se o charque, o chimarrão e o churrasco, como em qualquer outra parte do estado.

Principais eventos[editar | editar código-fonte]

Festas de kerb, encontro de grupos de danças, corais e apresentação da Orquestra Municipal, Feira Municipal do Livro e das Artes e a maior festa do município, a Festa Municipal do Aipim - Hortêncio Fest.

Festa Municipal do Aipim - Hortêncio Fest

Festa típica realizada a cada biênio para comemorar a boa safra. Primeiramente a festa pertencia a comunidade evangélica, mas depois foi entregue ao município.

Conta com apresentações culturais, show de fogos, juramento à bandeira, feira comercial e industrial, parque de diversões, exposição de aipim, culinária à base de aipim, shows de bandas, shows nacionais, tendas de alimentação, etc.

Em 2010 foi realizada pela primeira vez a Hortêncio Fest, juntamente com a Festa Municipal do Aipim. No ano de 2010 artistas como Michel Teló e Papas da Língua foram algumas das atrações do evento.

No ano de 2012, as atrações nacionais foram Reação em Cadeia (banda) e Zé Henrique e Gabriel. Também participaram bandas como Os Atuais, Porto do Som e a dupla Rafael e Jeferson.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

Na arquitetura destacam casas em estilo enxaimel, jesuítico, canônico e eclético. Encontram-se no município antigas construções datadas a partir de 1851, casas, igrejas, moinhos e outras construções.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Vista a partir da antiga Escola Paroquial São José.

A localidade apresenta uma paisagem bucólica, esplendidamente bela, com morros e montanhas, entrecortados por rios e arroios. Pontos turísticos:

  • Morro Fritzen: do Morro Fritzen, na região norte do município, têm se uma bela vista panorâmica da cidade. Ele também possui diversas trilhas.
  • Igreja Matriz São José: igreja católica construída em 1849. Sua torre possui 28 metros de altura.
  • Monumento aos 100 anos da imigração alemã: localizado em frente à Igreja Matriz São José. Marca os 100 anos da colonização alemã no município (1828-1928).
  • Museu Municipal: possui um acervo de cédulas, móveis, fotografias, utensílios e diversas outras peças antigas do município.
  • Ponte de Ferro Engenheiro Daniel Ribeiro: ponte de ferro construída em 1961, sobre o Rio Cadeia, na divisa com Presidente Lucena.
  • Rio Cadeia: muito procurado no verão por pessoas de diversos municípios da região para banho e pesca.
  • Pinguela: pinguela sobre o Rio Cadeia, localizada em Capela do Rosário.
  • Outros pontos turísticos: Prefeitura Municipal, Igreja Luterana da Sede, Igreja Luterana de Arroio Bonito, Igreja Católica de Capela do Rosário, Igreja Católica de Campestre, Casa paroquial, antiga Escola Paroquial São José, Sociedade Alegria, Sociedade São Jacob, CTG Estância do Hortêncio, antiga represa de Capela do Rosário, Parque Municipal de Eventos, Praça Municipal dos Imigrantes, Casa Paroquial Evangélica, casas em estilo enxaimel, pontes no interior, paisagens rurais.

Sociedade União São José Localizada na Avenida Mathias Steffens, em frente à Igreja Matriz São José, é a sociedade mais antiga do Rio Grande do Sul, (datada de 1849).

Avenida Mathias Steffens É a única avenida do município. A Avenida Mathias Steffens é a maior avenida de toda a região, totalmente pavimentada e sem buracos ou remendos. Nela se encontra grande parte do comércio, indústrias e serviços do município.

Economia[editar | editar código-fonte]

Dado R$
PIB 1999 24.585.000
PIB 2000 29.627.000
PIB 2001 33.747.000
PIB 2002 38.461.000
PIB 2003 41.124.000
PIB 2004 43.235.000
PIB 2005 44.357.000
PIB 2006 48.946.000
PIB 2007 46.798.000
PIB 2008 57.218.000
PIB 2009 64.114.397
PIB agropecuária 17.637.000
PIB indústria 18.926.000
PIB serviços 23.840.000
Impostos sobre produtos líquidos de subsídios 3.711.000
PIB per capita 15.660,58
Exportações totais (2010) U$ FOB 14.083.992

Comércio e serviços

O município possui uma rede de comércio e serviços bem diversificada: bares, mercados, farmácias, lojas de móveis e eletrodomésticos, cooperativa de crédito, banco, agência de correios, livraria, bazares, açougues, eletrônica, estofaria, lancherias, restaurantes, padarias, confeitarias, vidraçarias, madeireiras, mecânicas, comércio de material de construção, tornearia, instalações elétricas, floriculturas, lojas de confecções e modas, lojas de calçados, ótica, relojoaria, salões de beleza, clínica odontológica, centro integrado de saúde, comércio de ferragens, chapeação, loja de conveniências, laboratório de análises clínicas, táxis, veterinários, escritório de contabilidade, foto e vídeo produtoras, conserto de bicicletas, comercial de frutas e verduras, fruteira, loja de presentes, paisagismo, mecânica agrícola, distribuidora de bebidas, pizzaria, sorveteria, auto-som, imobiliária, lotérica, escritório de advocacia, pinturas, drogarias, borracharia, agropecuária, agência de turismo, transportes, estética, posto de combustíveis, postos de lavagens, loja de informática, escola de informática, vídeo-locadora, terraplanagens, hortifrutigranjeiros, funerárias, serigrafia, instalações de ar-condicionado, viveiros de mudas, academia de ginástica, centro de esporte e lazer, polidora de laranjas, lavanderia, loja de lingerie, lan house, etc.

Conta com filiais de empresas como Farmácias Agafarma, Lojas Solar, Lojas CR die Mentz, Banco Banrisul, Cooperativa de Crédito Sicredi, Rede Mundi Calçados, Mercados Redefort.

Indústria

Possui um Distrito Industrial, que conta com 3 empresas. As indústrias são variadas: curtume, de óleos vegetais, de massa vidraceira, de móveis, de calçados, de concretos, de carvão vegetal, de madeiras, agroindústria.

Encontra-se no município uma filial da Bottero Calçados. O município é sede do Curtume Sulino.

Pecuária

Dados de 2010.

Dado R$
Galos, frangos, frangas e pintos 130.000
Galinhas 45.600
Suínos 5.828
Bovinos 2.618
Codornas 500
Coelhos 200
Equinos 50
Caprinos 27
Ovinos 23
Bubalinos 9
Vacas ordenhadas 400
Ovinos tosquiados 16
Leite de vaca 1.121.000 litros
Ovos de galinha 1.080.000 dúzias
Ovos de codorna 11.000 dúzias
40 kg
Mel de abelha 4.000 kg

Piscicultura

É desenvolvida em várias propriedades do município. Também desenvolve-se a pesca no Rio Cadeia. Alguns peixes: carpa, peru, jundiá, cascudo, lambari, joaninha, pintado, dourado, muçum, etc.

Agricultura

Dados de 2010.

Cultura Toneladas
Mandioca 9.520
Cana-de-açúcar 6.120
Laranja 5.800
Tangerina 3.800
Milho (em grão) 1.548
Batata-doce 375
Limão 260
Caqui 128
Tomate 125
Melão 100
Uva 90
Melancia 80
Figo 64
Feijão (em grão) 51
Cebola 50
Pêssego 42
Batata-inglesa 32
Goiaba 30
Abacate 20
Mamão 16
Noz (fruto seco) 6
Alho 6
Arroz (em casca) 6
Amendoim (em casca) 6
Manga 2

Outras culturas: alface, repolho, pepino, morango, rabanete, brócolis, couve-flor, abóbora, moranga, cenoura, chás, banana, salsa, ervas, chuchu, pimentão, abobrinha, cebolinha, beterraba, sorgo, milho-pipoca, vassoura, flores, etc.

Extrativismo vegetal

Dados de 2010.

Produto Produção
Acácia-negra (casca) 950 toneladas
Carvão vegetal 575 toneladas
Lenha 15.436 metros cúbicos
Madeira em tora 943 metros cúbicos

Transportes[editar | editar código-fonte]

A RS-874 é uma rodovia vicinal gaúcha que se inicia em São José do Hortêncio, e vai até São Sebastião do Caí.

Frota

Dados de janeiro de 2012.

Tipo Veículos
Automóvel 1.374
Caminhão 179
Caminhão-trator 7
Caminhonete 140
Camioneta 63
Micro-ônibus 11
Motocicleta 371
Motoneta 32
Ônibus 29
Reboque 57
Semi-reboque 9
Trator de rodas 10
Utilitário 2
Outros 2
TOTAL 2.286

Hortencienses ilustres[editar | editar código-fonte]

  • Affonso José Birck: foi padre.
  • Dionysio Karling: irmão marista.
  • Jacob Selbach Junior: foi major fiscal do 149º Corpo de Cavalaria, tenente-coronel comandante do 40º Batalhão de Reserva da 40ª Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul, comerciante e pioneiro de Santa Teresinha (Bom Princípio).
  • Mário Spaniol: fundador e presidente da grife Carmen Steffens.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • No ano de 2010 foi realizada pela primeira vez a Hortêncio Fest. A festa foi realizada juntamente com a Festa Municipal do Aipim
  • Está localizada no município a Sociedade União São José, a sociedade mais antiga do Rio Grande do Sul, datada de 1849
  • A Avenida Mathias Steffens, localizada no município, é a maior avenida da região
  • São José do Hortêncio esteve durante oito anos em primeiro lugar no Índice de Responsabilidade Fiscal, Social e de Gestão dos Municípios(IRFS), organizado pela Confederação Nacional dos Municípios. Isso significa que, entre todos os municípios do Brasil, ele é o que melhor consegue empregar dinheiro público com eficiência e sem excesso de gastos
  • Em 2010, o município era o sétimo maior produtor de tangerina, décimo maior produtor de laranja e o décimo maior produtor de limão do Rio Grande do Sul
  • É o segundo município brasileiro com a maior porcentagem de pessoas na classe "C", com 79,75% da população nessa classe
  • É um dos municípios brasileiros com o menor índice de pobreza: 2,91 %
  • Possui um dos menores índices de analfabetismo do Brasil: 1,37 %
  • Em 2000, o município possuía uma das maiores expectativas de vida do Rio Grande do Sul: 76,83 anos
  • No ano de 2011 o município ganhou destaque negativo na imprensa nacional após uma briga entre os vereadores Valdir Libório Dill (PMDB) e João Adolar Petry (DEM). Os dois se desentenderam durante uma seção da câmara de vereadores na localidade de Capela do Rosário
  • No dia 13/11/2009 ocorreu um forte temporal no município, que destelhou várias casas, destruiu o ginásio da Escola São José, causou enchentes e danos na agricultura

Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como São José do Hortênsio. O nome da cidade deve-se a Hortêncio Leite, um fazendeiro português que tinha suas terras localizadas na via de acesso a localidade. O santo padroeiro da cidade é São José.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SCHUPP, Pe. Ambros. A Missão dos Jesuítas Alemães no Rio Grande do Sul. Coleção Fisionomia Gaúcha, num. 4. Editora Unisinos, São Leooldo, 2004.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.