São Manuel (mártir)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Manoel
Morte ano 363, no reinado do Imperador Juliano em Roma
Festa litúrgica 17 de Junho
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Manoel, embaixador do Império Sassânida, santo e mártir da Igreja Católica. Martirizado em 363, é festejado em 17 de Junho.

Contexto de seu martírio[editar | editar código-fonte]

Desde 313 o Édito de Milão, baixado pelo Imperador Constantino, declarava que o Império Romano seria neutro em relação ao credo religioso, acabando oficialmente com toda perseguição religiosa, especialmente contra o Cristianismo. Porem não tornou o paganismo ilegal ou fez do cristianismo a religião estatal única com isso garantia a liberdade religiosa às diversas religiões do Império Romano. Os cristãos não precisavam mais se reunir nas catacumbas.

Após a morte de Constantino, seu sobrinho Juliano, denominado "o apóstata" (traidor da fé,pois renegou o seu próprio batismo, chegando a desprezar a Jesus chamando ironicamente de “O Galileu”), por um período, restabelece a antiga religião pagã. ), assume o trono imperial em 361. Todo o Império ficou disseminado de teorias pagãs e os cristãos voltaram a ser perseguidos.

São Manoel, sendo embaixador do [[Império Sassânida foi com outros cristãos (seus irmãos Sabel e Ismael), em missão, para negociar a paz com Juliano, que aceitou o pedido de paz do Império Sassânida, e os convidou para comemorar a paz entre os impérios em uma festa dedicada a Deusa Diana.

Tendo os persas negado o culto à Deusa, Juliano considera o cristianismo a praga que iria dominar o mundo, e manda prender os cristãos e tortura-los para cultuar os Deuses em troca de liberdade, tendo eles resistido a todo tipo de tortura em que eram submetidos.

Por fim Juliano mandou que os amarrassem e que pregassem pregos em seus ouvidos, matando-os no ano de 363 d.c.

O império Sassãnida invadiu o império romano matando o imperador Juliano.

São Manoel é o padroeiro da cidade de São Manoel e de Leme no estado de São Paulo,Mutum e Rio Pomba em Minas Gerais e de Marco no Ceará.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.