São Raimundo das Mangabeiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São Raimundo das Mangabeiras
Bandeira de São Raimundo das Mangabeiras
Brasão de São Raimundo das Mangabeiras
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 10 de fevereiro de 1949
Gentílico mangabeirense
Prefeito(a) João Francismar de Carvalho Feitosa (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de São Raimundo das Mangabeiras
Localização de São Raimundo das Mangabeiras no Maranhão
São Raimundo das Mangabeiras está localizado em: Brasil
São Raimundo das Mangabeiras
Localização de São Raimundo das Mangabeiras no Brasil
07° 01' 19" S 45° 28' 51" O07° 01' 19" S 45° 28' 51" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Sul Maranhense IBGE/2008[1]
Microrregião Chapadas das Mangabeiras IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Balsas,Sambaíba,Loreto,Fortaleza dos Nogueiras
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 3 521,740 km² [2]
População 18 255 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 5,18 hab./km²
Altitude 225 m
Clima tropical seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,638 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 385 453,482 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 23 436,10 IBGE/2008[5]
Página oficial

São Raimundo das Mangabeiras é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada em 2014 era de 18 255 habitantes.

Em agosto realizam-se os festejos de São Raimundo Nonato atraindo gente de outras cidades, que vem em caravanas, e até de outros estados.

História[editar | editar código-fonte]

O início do povoamento de São Raimundo das Mangabeiras data de 1890, mas até 1895 ali só residiam Faustino Trindade e Sabino Bezerra, que foram, ao que se sabe, seus primeiros habitantes. Em seguida, vindo de Jurumenha-PI, chegou Cipriano Taveira, que se empenhou, com o auxílio da população local e de povoados vizinhos, na construção de uma igreja dedicada a São Raimundo Nonato, ainda hoje padroeiro da cidade. Em 1917, o coronel Manoel José de Santana, de Nova Iorque, e o major Rozendo Pires Ferreira, de Loreto, fundaram em São Raimundo das Mangabeiras a firma Santana & Pires, voltada para a compra de produtos agrícolas e a comercialização de artigos manufaturados, tornando-se muito conhecidos no sul do Maranhão e norte de Goiás.

Em 1925 foi elevada á categoria de vila e, em decorrência de esforços desenvolvidos pelo deputado estadual José Franklin da Serra Costa, conquistou sua autonomia política, por força da Lei Nº 272, de 31 de dezembro de 1948. Seu primeiro prefeito (nomeado) foi o Coronel Raimundo Nonato dos Santos, sendo eleito em seguida Manoel Olívio de Carvalho.

Educação[editar | editar código-fonte]

As escolas principais são: Unidade Integrada Dom João Bosco (municipal) C.E.S.R. Nonato (estadual), Escola Moranguinho (particular), U.I.Monsenhor Barros (estadual) e IFMA (Instituto Federal de Educação Ciencias e Tecnologia do Maranhão),INFO Qualificação Profissional, U.I.Padre Fábio Bertagnolli(Municipal) e U.I. Dom Rino Carlesi(Municipal).

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa populacional 2014 IBGE Estimativa populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.