Sérgio Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sérgio Moraes
Sérgio Moraes durante apresentação do plano de processo contra o deputado Edmar Moreira.
Vereador de Santa Cruz do Sul
Mandato de 1 de fevereiro de 1982
a 31 de dezembro de 1988 (1º mandato)
e de 1 de fevereiro de 1989 até 1 de abril de 1990 (2º mandato)
Deputado estadual do Rio Grande do Sul
Mandato de 1 de fevereiro de 1991
a 31 de janeiro de 1995 (1º mandato)
e de 1 de fevereiro de 1995 até 1 de abril de 1996 (2º mandato)
Prefeito de Santa Cruz do Sul
Mandato de 1 de janeiro de 1997
a 31 de dezembro de 2000 (1º mandato)
e de 1 de janeiro de 2001 até 31 de dezembro de 2004 (2º mandato)
Antecessor(a) Edmar Guilherme Hermany[1]
Sucessor(a) José Alberto Wenzel
Deputado federal pelo Rio Grande do Sul
Mandato de 1 de fevereiro de 2007
a 31 de janeiro de 2011 (1º mandato)
e de 1 de fevereiro de 2011 até a atualidade (2º mandato)
Vida
Nascimento 27 de abril de 1958 (56 anos)
Santa Cruz do Sul, RS
Dados pessoais
Cônjuge Kelly Moraes (ex-prefeita da cidade)
Partido PTB

Sérgio Ivan Moraes (Santa Cruz do Sul, 27 de abril de 1958[2] ) é um político brasileiro, atualmente deputado federal pelo PTB do Rio Grande do Sul.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Moraes foi vereador de Santa Cruz do Sul, pelo PTB, de 1982 a 1988 e de 1989 a 1990. Foi também deputado estadual por duas legislaturas, de 1991 até 1995 e de 1995 até 1996, pelo mesmo partido. Foi eleito duas vezes prefeito de Santa Cruz do Sul, comandando a cidade de 1997 até 2004. Em 2006, foi eleito pela primeira vez para a Câmara dos Deputados pelo Rio Grande do Sul. Foi reeleito em 2010.

É casado com a também política Kelly Moraes, atualmente prefeita de Santa Cruz do Sul, e é pai do deputado estadual Marcelo Moraes.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Declarações[editar | editar código-fonte]

Em 6 de maio de 2009, Sérgio Moraes ficou nacionalmente conhecido ao afirmar em discurso na Câmara dos Deputados a seguinte frase: "Estou me lixando para opinião pública. Até porque parte da opinião pública não acredita no que vocês escrevem. Vocês batem, mas a gente se reelege."[3] Segundo ele próprio, a frase foi dita no momento em que estava sendo "provocado pela imprensa" e foi direcionada para a repórter que o questionou e não para a opinião pública.[4]

Posteriormente, ao ser entrevistado pelo repórter Danilo Gentili do programa Custe o Que Custar (CQC), sobre o fato de defender Edmar Moreira, chamado pela mídia de "Deputado do Castelo"[5] , sobre a acusação de ser dono de um prostíbulo no Sul do país e sobre ligar para telessexo com dinheiro público, Moraes respondeu, de acordo com Gentili: "você é um veado. Eu vi você comendo veado."[6] A reportagem foi ao ar, no dia 1 de junho de 2009, e nela o repórter perguntou: - "É verdade que o senhor e o Edmar Moreira vão abrir um bordel no castelo?" E Sérgio Moraes replicou: "Vamos, inclusive já convidei a sua mãe. Estou te reconhecendo: você não é aquele que flagrei beijando um cara nos corredores do Congresso na semana passada?".[7]

Estátua de São João Batista[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2010, Kelly Moraes, esposa de Sérgio e prefeita de Santa Cruz do Sul, anunciou que o modelo para a estátua de São João Batista que pretendia construir no município, especificamente no alto do morro do distrito de Cerro Alegre, estava pronto. Contudo, o rosto da estátua, projetada para ter a mesma altura do Cristo Redentor e para promover o turismo na região, lembra muito o próprio Sérgio Moraes na opinião de muitos santa-cruzenses e da oposição. O lugar em que a estátua será fixada também gera controvérsia, pois Sérgio Moraes passou sua infância em Cerro Alegre.[8]

Notas e referências

  1. http://www.santacruz.rs.gov.br/index.php?acao=conteudo&menus_site_id=277
  2. Câmara dos Deputados. Biografia. Página visitada em 04/06/2009.
  3. Estadão. Relator quer livrar dono do castelo: Estou me lixando para opinião pública. Página visitada em 25/12/2009.
  4. R7. Deputado que se lixa diz que apanhou muito, mas espera mais votos em 2010 depois da polêmica. Página visitada em 24/01/2010.
  5. Terra. Ex-relator defende deputado do castelo no Conselho de Ética. Página visitada em 04/06/2009.
  6. Terra. Deputado ofende repórter do 'CQC' em Brasília. Página visitada em 04/06/2009.
  7. Veja. Diálogos edificantes: "CQC" e Sérgio Moraes.. Página visitada em 07/06/2009.
  8. Zero Hora. Projeto de estátua divide Santa Cruz. Página visitada em 08/01/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.