Série 1400 da CP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Série 1400
Série 1400
Locomotiva n.º 1422, na Estação Ferroviária de Porto-São Bento.
Propulsão Diesel-Eléctrica
Fabricante English Electric e SOREFAME
Locomotivas fabricadas 67
Tipo de Serviço Via
Bitola Bitola Ibérica (1668 mm)
Velocidade máxima 105 km/h
Ano da entrada em serviço 1967-1969
Situação Ao serviço
Frente e retaguarda de locomotivas 1400, na Estação Ferroviária de Pampilhosa.

A Série 1400 (1401-1467), igualmente conhecidas como English Electric, é um tipo de locomotiva a tracção diesel-eléctrica, que entrou ao serviço da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses entre 1967 e 1969[1] , e que continua ao serviço da sua sucessora, a empresa Comboios de Portugal.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Pormenor da placa da locomotiva número 1449.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Rebocando composição de passageiros (longo curso) em Santa Apolónia, 2011.

Na Década de 1960, a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses empenhou-se num processo de modernização, principalmente através da aquisição de material circulante a gasóleo e eléctrico[3] : uma das finalidades deste programa era substituir o material circulante a vapor.[4] [5] Assim, inseriu, no seu plano de investimentos para 1965 a 1967, no âmbito do Plano Intercalar de Fomento, uma cláusula relativa à aquisição de locomotivas a gasóleo de linha; este ponto não foi, no entanto, incluído pelo governo quando enviou a proposta às Câmaras Parlamentares, mas concedeu que poderia ser, futuramente, discutido, caso se conseguissem encontrar fontes de financiamento adequadas, especialmente através de créditos no estrangeiro.[6] O parecer da Câmara Corporativa considerou indispensável a compra das locomotivas, devido à necessidade de racionalizar as operações ferroviárias, e a importância que estas possuíam na indústria nacional.[6] Pouco depois desta discussão se tornar pública, apareceram propostas de várias firmas internacionais, que defenderam este investimento, e garantiram que existiam boas fontes de financiamento disponíveis.[6]

Encomenda e entrada ao serviço[editar | editar código-fonte]

A Companhia já tinha ponderado que deviam ser adquiridas 50 locomotivas, das quais 40 deviam ser montadas em território nacional, de forma a defender a indústria portuguesa; assim, deveriam utilizar materiais que pudessem ser trabalhados por fábricas nacionais.[6] Com base nestas condições, apareceram 9 propostas, que foram estudadas pelo Conselho de Administração da CP, tendo sido escolhida a firma britânica English Electric; esta decisão não se fundou só pelo facto daquela empresa ter apresentado a melhor oferta[4] , mas também nas suas dimensões, e pelo seu prestígio no Reino Unido e no estrangeiro.[6] Outro factor de peso foi a sua nacionalidade, uma vez que se considerou esta encomenda como parte da antiga aliança entre os dois países.[6]

Assim, foram encomendadas, à English Electric, um conjunto de 50 locomotivas[3] diesel-eléctricas, destinadas aos serviços de passageiros e mercadorias.[6]

A cerimónia da assinatura do contrato teve lugar em 10 de Novembro de 1965, na sala de reuniões do Conselho de Administração da Companhia.[6] O financiamento para esta operação foi assegurado por meio de créditos ao banco Lazard Brothers, de Londres, tendo as garantias bancárias sido prestadas pelo Banco de Fomento Nacional.[6] [4] O contrato previa a entrega de 10 locomotivas até 12 meses após a assinatura, devendo as restantes 40 unidades ser construídas nas instalações das Sociedades Reunidas de Fabricações Metálicas, e entregues ao ritmo de 5 locomotivas por mês.[6] O contrato teve um valor de 257.547.000 escudos, ou 3.187.463 libras.[6] Para o fabrico em Portugal, a English Electric comprometeu-se a prestar apoio técnico à SOREFAME.[6]

As primeiras 10 locomotivas foram construídas pela English Electric, no Reino Unido[7] [3] , tendo a primeira sido transportada desde Liverpool até ao Entreposto de Alcântara, aonde chegou nos primeiros dias de Janeiro de 1967.[3] As restantes vieram ainda durante esse ano.[5]

As unidades restantes foram montadas nas instalações da Amadora da SOREFAME[3] [8] , entre 1967 e 1969, com autorização da fabricante britânica.[7] [5] Foram afectas às oficinas de Contumil, junto à cidade do Porto.[9] No entanto, a entrega do segundo lote de locomotivas sofreu vários atrasos, o que provocou uma escassez de material motor no Norte do país, forçando o deslocamento de várias locomotivas a vapor do Sul para aquela zona.[10]

Serviço activo[editar | editar código-fonte]

Em 1973, a CP assinou um contrato com a empresa Montreal Locomotive Works, para o fornecimento de 20 locomotivas diesel-eléctricas, de forma a substituir um número igual de locomotivas da Série 1400 nas linhas não electrificadas no centro de Portugal; estas unidades poderiam, assim, ser deslocadas para a região Norte, aonde iriam revezar cerca de 30 locomotivas a vapor, que eram as últimas de via larga em território nacional.[11]

A locomotiva 1439 esteve envolvida no desastre de Moimenta-Alcafache, na Linha da Beira Alta, em 19 de Setembro de 1985.[8]

Em 1989, encontravam-se a efectuar o serviço Expresso Estremadura, entre Lisboa e Badajoz.[12]

Em 1991, uma locomotiva foi afecta ao depósito de Tunes-Faro para rebocar os comboios de ligação aos InterRegionais entre Lisboa e o Algarve; em 1999, as locomotivas da Série 1200 acabaram os seus serviços no Algarve, sendo substituídas, no Ramal de Lagos, por comboios constituídos pelas English Electric e por carruagens Sorefame A9y no Ramal de Lagos.[13] Já anteriormente, as English Electric tinham estado a substituir a Série 1200, nas linhas de relevo mais acidentado.[14] Estas locomotivas também afastaram a Série 1500 para as regiões no Sul de Portugal.[5]

Em Dezembro de 2000, a locomotiva 1407 sofreu um acidente junto a Ermida, na Linha do Douro.[8]

Em 2001, a continuidade desta série ao serviço estava assegurada, sendo apenas abatidas as unidades cujo custo de reparação de avarias ou acidentes fosse muito elevadas; previa-se que as locomotivas número 1424 e 1453 fossem integradas no espólio do Museu Nacional Ferroviário, tendo esta última sido decorada com o esquema de cores original, azul e branco.[15] Neste ano, algumas das locomotivas encontravam-se a rebocar as composições dos serviços Regional, como o entre Portalegre e Entroncamento, e InterRegional.[8]

Em 2003, duas das locomotivas foram abatidas pela operadora Caminhos de Ferro Portugueses, uma vez que foram consideradas desnecessárias para o serviço comercial.[16]

Em 2004, existiam 24 locomotivas desta série ao serviço da divisão CP Carga da empresa Comboios de Portugal, número que já tinha sido reduzido a 23 nos finais de 2005[17] ; nesta altura, outras 4 locomotivas encontravam-se afectas à divisão de longo curso daquela operadora.[17] Em 2008, estavam a ser utilizadas nos comboios turísticos na Linha do Douro, traccionando carruagens históricas.[18]

Devido ao seu elevado número e à diversidade de condições em que operam, foram as unidades que sofreram mais acidentes.[8]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta Série era originalmente composta por 67 locomotivas diesel-eléctricas[19] [1] , com a numeração 1401 a 1467[2] ; podem atingir uma velocidade máxima de 105 km/h.[2] [19] Esta foi a mais série mais numerosa de locomotivas diesel-eléctricas da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.[9] [5] Foram concebidas originalmente pela English Electric, segundo o modelo LD 844 C, sendo, portanto, correspondentes à Série 20 da operadora British Rail.[5] Apresentam uma potência média e a sua condução é considerada fácil, sendo, portanto, aptas para todo o tipo de serviços, excepto os comboios rápidos; desta forma, circularam por toda a rede nacional de via larga.[5]

Os rodados apresentam uma configuração em Bo' Bo'[15] , e a transmissão é eléctrica.[2] O motor de tracção tem uma potência de utilização de 1330 Cv.[15]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Portuguese locomotive type 1400.jpg
  • Tipo de tracção: Diesel-eléctrica[19]
  • Partes Mecânicas (fabricante): Sociedades Reunidas de Fabricações Metálicas[12]
  • Ano de Entrada ao Serviço: 1967 / 1969[2]
  • Tipo (fabricante): LD 844 C[5]
  • Número de unidades construídas: 67 (1401-1467)[2] [19]
  • Velocidade máxima: 105 km/h[2] [19] [4]
  • Motores de tracção (fabricante): English Electric[12]
  • Disposição dos rodados: Bo' Bo'[15] [4]
  • Transmissão (fabricante): English Electric[8]
  • Transmissão (tipo): Eléctrica[2]
  • Motor diesel de tracção:
    • Potência de utilização: 1330 Cv[15]


Lista de material[editar | editar código-fonte]

Locomotiva 1464, ao serviço da SOMAFEL em 2008.
Locomotiva 1449, ao serviço da TAKARGO em 2008.
Número Estado Ano
1401 Ao serviço 2002[20]
1402 Parqueada no Barreiro após um acidente 2009[21]
1403 Abatida ao serviço após um acidente[8]
1404 Ao serviço 2013[22]
1405 Exportada para a Argentina 2009[23]
1406 Abatida ao serviço em Contumil[24]
1407 Demolida após um acidente em Dezembro de 2000[8]
1408 Ao serviço 2009[25]
1409 Ao serviço 2001[8]
1410 Exportada para a Argentina 2006[26]
1411 Ao serviço 2005[27]
1412 Ao serviço 2006[28]
1413 Ao serviço 2010[29]
1414 Ao serviço 2005[30]
1415 Ao serviço 2005[31]
1416 Ao serviço 2004[32]
1417 Ao serviço 2003[33]
1418 Ao serviço 2001[8]
1419 Ao serviço 2005[34]
1420 Abatida ao serviço após um acidente[8]
1421 Ao serviço 2004[35]
1422 Ao serviço 2008[36]
1423 Ao serviço 2001[8]
1424 Ao serviço (especial) 2013[37]
1425 Ao serviço 2003[38]
1426 Ao serviço 2001[8]
1427 Ao serviço 2004[39]
1428 Ao serviço 2008[40]
1429 Ao serviço 2009[41]
1430 Abatida ao serviço após um acidente junto a Belver, na Linha da Beira Baixa[8]
1431 Ao serviço 2012[42]
1432 Parqueada no Barreiro 2008[43]
1433 Abatida ao serviço após um acidente[8]
1434 Ao serviço 2007[44]
1435 Ao serviço 2006[45]
1436 Ao serviço 2003[46]
1437 Ao serviço 2013[47]
1438 Ao serviço 2001[8]
1439 Abatida ao serviço após o desastre de Moimenta-Alcafache, em 11 de Setembro de 1985[8]
1440 Ao serviço 2005[48]
1441 Ao serviço da SOMAFEL 2009[49]
1442 Ao serviço 2009[50]
1443 Abatida ao serviço após um acidente[8]
1444 Ao serviço 2013[51]
1445 Ao serviço 2010[52]
1446 Ao serviço 2013[53]
1447 Ao serviço 2005[54]
1448 Exportada para a Argentina 2010[55]
1449 Vendida à TAKARGO 2008[56]
1450 Ao serviço 2007[44]
1451 Ao serviço 2001[8]
1452 Abatida ao serviço em Contumil 2010[57]
1453 Ao serviço, com integração prevista no Museu Nacional Ferroviário 2001[8]
1454 Parqueada na Estação de Poceirão 2009[58]
1455 Ao serviço 2010[59]
1456 Ao serviço 2009[60]
1457 Ao serviço 2001[8]
1458 Parqueada no Barreiro após acidente 2008[61]
1459 Parqueada no Barreiro 2007[62]
1460 Ao serviço 2001[8]
1461 Ao serviço 2010[63]
1462 Ao serviço 2009[64]
1463 Ao serviço 2008[65]
1464 Ao serviço da SOMAFEL 2011[66]
1465 Ao serviço 2012[67]
1466 Ao serviço 2006[68]
1467 Ao serviço 2003[69]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b (Setembro de 2008) "Mini Cámera" (em Espanhol). Via Libre 45 (522): 98.
  2. a b c d e f g h Locomotivas Diesel Série: 1400 (1401-1467) Comboios de Portugal. Visitado em 4 de Dezembro de 2014.
  3. a b c d e (16 de Fevereiro de 1967) "Jornal da Quinzena". Gazeta dos Caminhos de Ferro 79 (1900): 433. Visitado em 1 de Julho de 2012.
  4. a b c d e (1 de Julho de 1966) "Otros países, otras notícias" (em espanhol). Via Libre 3 (31): 33.
  5. a b c d e f g h Martins et al, p. 92
  6. a b c d e f g h i j k l (1 de Dezembro de 1965) "A C. P. vai ser enriquecida com 50 novas locomotivas diesel-eléctricas". Gazeta dos Caminhos de Ferro 78 (1871): 355, 365. Visitado em 1 de Julho de 2012.
  7. a b Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006, p. 138
  8. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v CONCEIÇÃO, Marcos A.. (Julho 2001). "Caminhos de Ferro Portugueses: Cambios en la Tracción" (em Espanhol). Maquetren 10 (100): 74, 77. Madrid: Revistas Profesionales.
  9. a b (1994) "Beira alta, Beira baja y los Ramales de Cáceres y Badajoz" (em Espanhol). Maquetren 4 (32): 39.
  10. SILVA, José Eduardo Neto da. (2005). "As locomotivas "Pacific" da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses". Foguete 4 (13): 46. Entroncamento: Associação de Amigos do Museu Nacional Ferroviário. ISSN 124550.
  11. (Fevereiro de 1973) "Hacia la desaparecion de la traccion vapor" (em espanhol). Via Libre 10 (110): 16.
  12. a b c (1993) "Concurso Fotografico" (em Espanhol). Maquetren 2 (14): 38. Madrid: Resistor, S. A..
  13. DUARTE, Vasco. (2005). "O Ramal Ferroviário do Barlavento Algarvio". Foguete 4 (13): 46. Entroncamento: Associação de Amigos do Museu Nacional Ferroviário. ISSN 124550.
  14. Martins et al, p. 91
  15. a b c d e ERUSTE, Manuel Galán. (1998). "Exposición ferroviaria: 50 Años de la Traccion Diesel en Portugal" (em Espanhol). Maquetren 6 (71): 22. Madrid: Revistas Profesionales.
  16. (2004) "Actividade operacional - unidade de viagens interurbanas e regionais". Relatório e Contas 2003: 36-43. Lisboa: CP - Caminhos de Ferro Portugueses, EP.
  17. a b (2006) "". Relatório e Contas 2005: 45, 54. Lisboa: CP - Comboios de Portugal, E. P..
  18. (Junho de 2008) "CP e Douro: Um passado comum "contado" em viagem histórica". NewsCoop: 7-9. Matosinhos: NewsCoop - Informação e Comunicação CRL.
  19. a b c d e CLP locomotives and shunters Railfaneurope (25 de Maio de 2009). Visitado em 14 de Setembro de 2009.
  20. PEDROSA, José. CP 1401 EE - Braga, 2002 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  21. BRYANT, Peter. CP 1402 barreiro 26-03-09 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  22. DUARTE, Tiago (19 de Setembro de 2013). CP 1404 - Ermesinde [Linha do Minho - 19 de Setembro de 2013] Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  23. Ferrobaires 1405 Mar de Plata Flickr (2009). Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  24. CP 1406 Contumil 20-10-10 Flickr (19 de Outubro de 2009). Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  25. POMBO, António J. (2 de Março de 2009). CP 1408 - PTG Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  26. CUNHA, João (22 de Outubro de 2006). CP 1410 Transportes XXI. Visitado em 23 de Dezembro de 2013.
  27. FERREIRA, Leandro (Maio de 2005). Linha do Douro - PK 103 - Régua - CP 1411 Transportes XXI. Visitado em 23 de Dezembro de 2013.
  28. COSTA, Sérgio (4 de Setembro de 2006). Marcha Contumil - Pinhão Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  29. DUARTE, Tiago (15 de Dezembro de 2010). Linha do Douro - PK 72,5 - Mosteirô - Comboio Especial Vindimas Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  30. CUNHA, João (20 de Novembro de 2005). Linha do Douro - PK 72,4 - Mosteirô - CP 1414 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  31. CUNHA, João (20 de Novembro de 2005). Linha do Douro - PK 70,7 - Pala - CP 1415 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  32. CARTER, John (19 de Outubro de 2004). 2004-10-19 CP 1416 (0930 ex Pocinho) Porto Sao Bento Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  33. GOMES, Vítor (3 de Setembro de 2006). Regional Badajoz - Abrantes Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  34. TAVEIRA, Ricardo (2 de Setembro de 2010). Linha do Douro - Marco de Canaveses - CP 1419 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  35. FIGUEIREDO, Ricardo (Fevereiro de 2004). Linha do Algarve - PK 347,2 - Lagos - CP 1421 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  36. FERREIRA, Leandro (Junho de 2008). CP 1422 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  37. HENRIQUES, Tiago (Dezembro de 2013). Linha do Norte - PK 0,5 - Comboio Presidencial Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  38. CARTER, John (7 de Agosto de 2013). 2003-03-05 CP 1425 (1303 Entroncamento-Elvas) Assumar Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  39. FIGUEIREDO, Ricardo (4 de Dezembro de 2010). Linha do Algarve - PK 347,2 - Lagos - CP 1427 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  40. POMBO, António J. (30 de Outubro de 2008). CP 1428 assegura um vazio de mercadorias entre Estremoz e Praias-Sado Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  41. SOARES, Pedro (8 de Julho de 2009). English Electric 1429 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  42. MONTEIRO, Gil (12 de Janeiro de 2102). CP 1431 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  43. BRYANT, Peter (23 de Setembro de 2008). CP 1432 Barreiro A 23-09-08 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  44. a b SABINO, Pedro (31 de Dezembro de 2007). CP 1434 e CP 1450 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  45. COSTA, Sérgio (4 de Março de 2006). CP 1404, 1434 e 1435 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  46. COSTA, Sérgio (2 de Março de 2006). Linha do Douro - PK 18,2 - São Martinho do Campo - CP 1436 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  47. MONTEIRO, Gil (30 de Outubro de 2013). CP 1444 // CP 1437 + CP 1412 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  48. TAVEIRA, Ricardo (30 de Agosto de 2010). Linha do Douro - PK 103,3 - Régua - CP 1440 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  49. BRYANT, Peter (24 de Março de 2009). CP 1441 Entroncamento depot 24-03-09 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  50. SCOTSON, Allan (21 de Abril de 2009). CP Class 1400 10.1442-8 (right) and Class 1930 No. 22.1942-3 at Santa Apolónia yard, Lisbon on 21 April 2009 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  51. DUARTE, Tiago (21 de Junho de 2013). Linha do Minho - PK 0 - CP 1444 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  52. SANTOS, Valério (22 de Julho de 2010). CP 1445 em Manobras - Entroncamento Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  53. MORÃO, Nuno (15 de Maio de 2013). Locomotiva 1446, Praias do Sado, 2013.05.15 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  54. FERREIRA, Leandro (27 de Agosto de 2009). Linha do Douro - PK 85 - CP 1447 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  55. CARTER, John (13 de Outubro de 2010). 10-13 Ferrocentral 1448 Cordoba Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  56. BRYANT, Samuel (23 de Setembro de 2008). Ex CP Takargo 1449 Pinhal Novo 23-09-08 (Taken by Samuel Bryant) Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  57. BRYANT, Samuel (20 de Outubro de 2010). CP 1452 Contumil 20-10-10 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  58. 1454 Flickr (1 de Fevereiro de 2009). Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  59. LOPES, Gabriel (11 de Junho de 2013). CP 1455 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  60. BRYANT, Peter (26 de Março de 2009). CP 1456 Barreiro A 26-03-2009 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  61. BRYANT, Peter (23 de Setembro de 2008). CP 1458 and 1938 Barreiro works 23-09-08 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  62. CP 1938, 1941, 1459, 1939, 1937 Flickr (20 de Setembro de 2007). Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  63. BELÉM, Bruno (6 de Março de 2012). Linha da Matinha - PK 0,5 - CP 1461 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  64. NUNES, Rui (10 de Abril de 2009). CP 1462, 2562 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  65. NUNES, Rui (29 de Setembro de 2008). Linha do Norte - PK 231,3 - Pampilhosa - CP 1463 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  66. SANTOS, Valério (12 de Novembro de 2011). Somafel 1422 + Somafel 1421 - Pampilhosa Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  67. ALMEIDA, Pedro (18 de Outubro de 2012). CP 1465 MARCHA95226 Riachos 18-10-12 Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  68. BAPTISTA, Pedro (22 de Março de 2006). CP 1466 Transportes XXI. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.
  69. CARTER, John (3 de Março de 2003). 2003-03-03 CP 1467, 1911, 1562 Praias do Sado Flickr. Visitado em 26 de Dezembro de 2013.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. [S.l.]: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A., 2006. 238 pp. ISBN 989-619-078-X.
  • MARTINS, João Paulo, BRION, Madalena, SOUSA, Miguel de, LEVY, Maurício, AMORIM, Óscar. O Caminho de Ferro Revisitado: O Caminho de Ferro em Portugal de 1856 a 1996. [S.l.]: Caminhos de Ferro Portugueses, 1996. 446 pp.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as locomotivas da Série 1400

Ligações externas[editar | editar código-fonte]