Síliqua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Síliquas da espécie Raphanus sativus
Lunaria annua

Síliqua é um tipo de fruto seco e deiscente, constituído por 2 carpelos. Em seu interior há um septo plano, onde inserem-se as sementes, em ambas as suas faces (encerrando-as em cada um dos dois lóculos formados). Este septo, na abertura do fruto, destaca-se de ambos os carpelos, expondo as sementes ao vento.

Este tipo de fruto não é muito comum, ocorrendo especialmente em alguns gêneros de Bignoniaceae, como exemplo em Tabebuia e Tecoma, conhecidos popularmente como ipês.

Os frutos do tipo síliqua são geralmente alongados. Quando mais curtos, com o comprimento aproximadamente do mesmo tamanho ou até três vezes menor que a largura são denominados silículas.

Referência[editar | editar código-fonte]