Síndrome de Shy-Drager

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Síndrome de Shy-Drager, também conhecida como hipotensão ortostática neurológica ou síndrome de Shy-Mcgee-Drager, é um distúrbio degenerativo caracterizado por danos progressivos ao sistema nervoso autônomo (parte do sistema nervoso que controla as funções involuntárias), tremores musculares, rigidez, movimentos lentos e outras perdas neurológicas generalizadas.

A síndrome de Shy-Drager é uma condição degenerativa rara, similar ao mal de Parkinson, porém com danos neurológicos mais generalizados, além de prejudicar o sistema nervoso autônomo (parte que controla as funções involuntárias).

Não se conhece a causa desta doença, que causa dano progressivo (degeneração) a todas as partes do sistema nervoso. O distúrbio se desenvolve gradualmente, sendo mais freqüentemente diagnosticado em homens acima de 60 anos de idade.

A síndrome foi assim nomeada depois que Milton Shy e Glenn Drager a identificaram em 1960.[1] [2]

Referências

  1. synd/875 Who Named It?
  2. Shy GM, Drager GA. (1960). "A neurological syndrome associated with orthostatic hypotension: a clinical-pathologic study". Arch. Neurol. 2: 511–27 pp.. PMID 14446364.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre doenças é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.