Síndrome de secreção inapropriada de hormônio antidiurético

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A síndrome de secreção inapropriada de hormônio antidiurético (SIHAD) é caracterizada pela excessiva produção de hormônio antidiurético ou de substâncias com função semelhante. A produção do hormônio ou de substância similar pode ocorrer em certas neoplasias malignas, distúrbios do sistema nervoso central, distúrbios pulmonares ou através de indução por drogas.[1]

As principais características da SIHAD são hiponatremia, expansão do volume sem edema, natriurese, hipouricemia, nível sérico normal ou reduzido de creatinina, função normal da tireoide e das suprarrenais. A expansão do volume e a hiponatremia são as duas principais consequências da retenção sustentada de água. Em geral, pacientes que não regulam a ingestão de água, adquirem cerca de 3kg de água.[1]

Referências

  1. a b GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil Tratado de Medicina Interna, 22ª ed. Editora Elsevier. p. 782-783, 2005.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.