Sümbül Efendi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sümbül Efendi
Nascimento 1452
Merzifon, hoje Turquia
(província de Amasya)
Morte 1529 (77 anos)
Istambul, Império Otomano
Ocupação santo sufi, académico islâmico
Religião Muçulmano
Türbe (mausoléu) de Sümbül Efendi, no complexo da Mesquita de Koca Mustafa Paşa (também chamada Sümbül Efendi Camii), em Istambul

Sümbül Efendi ou Sümbül Sinan Efendi (Merzifon, 1452 — Istambul, 1529), cujo nome real era Yusuf Bin Ali, foi o fundador do ramo Sümbüliye da ordem religiosa islâmica sufista Halveti (ou Khalwati ou Khalwatiyya).[1] [nt 1]

Outras grafias usadas para o nome do santo são: Sümbül Efendı, Sünbül Efendi, Şeyh Sümbül, Sümbül Sinan e Sünbül Sinan. Sümbül significa jacinto (planta) em turco.[nt 1] O nome está relacionado com um episódio da vida do santo em que ele ficou estático ao observar jacintos.[2]

Sümbül Efendi é também o nome de um bairro no distrito de Fatih, na parte mais antiga do lado europeu de Istambul.[nt 1]

Resumo biográfico[editar | editar código-fonte]

Yusuf Bin Ali nasceu em 1452 em Merzifon, na província de Amasya. Foi educado desde tenra idade em Isparta, mudando-se depois para Istambul para ser ensinado pelo famoso académico Efdalzâde Hamîdüddîn Efendi, Sheikh ul-Islam dos sultões Mehmed II e Bayezid II.[1]

Por iniciativa do grão-vizir Koca Mustafá Paşa, Sümbül Efendi fundou um dergah (ou tekke; local de reunião ou espécie de convento de dervixes) no que é hoje o bairro de Ali Fakir, junto a uma igreja bizantina que tinha sido convertida em mesquita (atualmente a Mesquita de Koca Mustafá Paşa, também chamada Sümbül Efendi Camii).[1] A igreja e o convento adjacente tinham sido abandonados após a conquista de Constantinopla pelos turcos otomanos. O convento foi oferecido aos Khalwatis pelo sultão para aí instalarem o seu tekke.[nt 1]

Nesse dergah, Sümbül Efendi ensinou muitos académicos e islâmicos e santos sufistas. Um destes seus discípulos foi o seu genro Merkez Efendi, o qual também se tornaria um sufista de renome e está enterrado no distrito de Zeytinburnu, Istambul. Sümbül Efendi tornou-se mestre espiritual do ramo dos Halveti denominada com o seu nome (Sunbuliyye ou Sunbuli). Era muito admirado pelos sultões otomanos, que frequentemente lhe encomendavam orações. Conta-se que disse ao sultão Selim I que ele conquistaria o Egito, o que veio a concretizar-se.[1]

Sümbül Sinan Efendi encontra-se sepultado num türbe (mausoléu) no local onde do tekke que fundou, situado no complexo da Mesquita de Koca Mustafa Paşa.[1]

Após a morte do fundador, muitos dos sucessores de Sümbül Efendi fixaram-se em Nurullah, perto de Knour, no que é hoje a província de Mersin.[carece de fontes?][nt 1]

Notas

  1. a b c d e Trechos baseados no artigo «Sünbül Efendi» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).

Referências

  1. a b c d e Şentürk, Sevım (20 de fevereiro de 2011). Something’s happening at the dervish lodge of Sümbül Efendi (em inglês). Today's Zaman. Feza Gazetecilik. Arquivado do original em 14 de julho de 2011. Página visitada em 14 de julho de 2011.
  2. Sümbül Efendı Hazretlerı’Nın Hayati (A vida de Sümbül Efendı (em turco). Página visitada em 14 de julho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Sümbül Efendi (em turco). Türçek Türbeler Çeşmeler Taşınır Taşınmaz Kültür Varlıklarını Koruma ve Yaşatma Derneği (ww.turbeler.org.tr). Página visitada em 14 de julho de 2011


Ícone de esboço Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.