S-Bahn-Berlin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
S-Bahn-Berlin
Logotipo do S-Bahn
Sede Berlim
Página oficial http://www.s-bahn-berlin.de/
Mapa das Estações
S-Bahn na Estação Griebnitzsee

O S-Bahn de Berlim é um sistema de trens rápidos da capital alemã. É constituída por 15 linhas e a maioria das estações estão integradas com U-Bahn Metro de Berlim , formando a espinha dorsal do sistema de transporte rápido de Berlim. Ao contrário do U-Bahn, o S-Bahn cruza a cidade de Berlim e a fronteira do estado para o estado de Brandeburgo, principalmente a partir da antiga Berlim Oriental.

Embora o S-Bahn e U-Bahn façam parte do sistema de tarifa unificada administrado por o Verkehrsverbund Berlin-Brandenburg (VBB) (Associação do transito de Berlim-Brandeburgo), eles têm diferentes operadores. O S-Bahn é operado pela GmbH de Berlim, uma empresa subsidiada pela Deutsche Bahn, enquanto que o U-Bahn é executado pelo BVG, a principal empresa de transporte público da cidade de Berlim.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O projeto S-Bahn de Berlim foi construído para trocar os trens a vapor pelos de sistema elétrico e foi inaugurado em 1924. A nova rede ferroviária foi construída quase inteiramente sobre a superfície, mas com algumas seções de túneis.

O projeto surgiu a partir da idéia de unir as duas linhas que ligavam o centro da cidade, no norte e sul respectivamente. Esse túnel, mais tarde conhecido como Nord Süd Bahn, foi um projeto de prestígio para a Alemanha nazista. A primeira parte inaugurada ligava o norte da cidade até a Unter den Linden e foi concluído a tempo para os Jogos Olímpicos de Berlim de 1936; a segunda seção, que atravessa a Potsdamer Platz foi inaugurada um mês após o início da Segunda Guerra Mundial, em outubro 1939.

Muitas partes do S-Bahn foram fechadas durante a guerra devido à ação inimiga. O serviço através dos túneis foi retomado em 1947.

Quando a relação entre Berlim Oriental e Berlim Ocidental começou a se deteriorar com o advento da Guerra Fria, o S-Bahn volta a ser vítima de hostilidades. Em 13 de agosto de 1961 o acesso foi fisicamente fechado, pelo que mais tarde ficou conhecido como o Muro de Berlim.

Em algumas estações, os passageiros do oeste podiam se mover livremente entre as linhas de S-Bahn e U-Bahn, como se estivesse em um aeroporto internacional. Mas o mesmo não ocorreu em Berlim Oriental, onde foi de usar os trens S-Bahn, que foram geridos pela Alemanha Ocidental. Da mesma forma, os trens não param em estações de metro que estavam dentro do território oriental, tornando-se "estações fantasma".

Em contrapartida, durante o mesmo período, aumentaram os serviços S-Bahn de Berlim Oriental e novas linhas foram construídas quando os projetos de habitação se expandiram para o leste. Como a maioria das estações de U-Bahn estavam em Berlim Ocidental, o S-Bahn se tornou o principal meio de transportes na Berlim Oriental.

Em 9 de janeiro de 1984, o BVG assumiu a responsabilidade pela operação dos serviços de S-Bahn em Berlim Ocidental. Um serviço limitadamente restaurado, com uma linha no Berliner Stadtbahn e duas no Süd Nord Bahn. Após a queda do Muro e a reunificação, muito esforço foi feito para reconstruir a rede de S-Bahn. Suas linhas nas duas partes da cidade foram colocados sob o controlo da Deutsche Bahn novamente. O Ringbahn foi totalmente aberto em 2002.[2]

História das rotas numeradas[editar | editar código-fonte]

Até 1984, todas as rotas de S-Bahn eram nomeadas com letras que identificam a linha férrea. Depois destas letras, acrescentava-se um numeral romano para indicar qual o ramo da linha principal (por exemplo, A, BI, BII, C). Quando o BVG assumiu a responsabilidade pela operação dos serviços de S-Bahn de Berlim Ocidental em 1984, introduziu um novo regime unificado de numeração para o S-Bahn e U-Bahn. Os nomes das linhas existentes U-Bahn foram adicionados a letra U, enquanto as novas linhas de S-Bahn são iniciadas com a letra S. Este sistema de nomenclatura para as linhas foi adotado por todas as outras cidades da Alemanha Ocidental, e se espalhou para as outras cidades após a reunificação.

Linhas[editar | editar código-fonte]

Existem hoje 15 linhas em operação. Em geral, o primeiro dígito de uma linha principal designado rota ou grupo de rota. Assim, a S25 é uma variação do S2, enquanto a S41, S42, S45, S46 e S47 são bifurcações da linha S4. Em geral as linhas de trens operam com intervalos de 20 minutos, exceto nos horários de pico (10 minutos) ou entre uma a quatro horas (30 minutos dependendo da linha e dia da semana).

Linha Estacões Principais Paradas Rota Periodicidade
Berlin S1.svg Wannsee ↔ Frohnau ↔ Oranienburg 35 Wannseebahn, Nord-Süd-Tunnel, Nordbahn 10 min (Wannsee–Frohnau)
20 min (Frohnau–Oranienburg)
Berlin S2.svg Blankenfelde ↔ Lichtenrade ↔ Buch ↔ Bernau 28 Dresdener Bahn, Nord-Süd-Tunnel, Stettiner Bahn 20 min (Blankenfelde–Lichtenrade)
10 min (Lichtenrade–Buch)
20 min (Buch–Bernau)
Berlin S25.svg Teltow Stadt ↔ Lichterfelde Süd ↔ Potsdamer PlatzHennigsdorf 27 Anhalter Bahnhof, Nord-Süd-Tunnel, Kremmener Bahn 20 min (Teltow Stadt–Lichterfelde Süd)
10 min (Lichterfelde Süd–Potsdamer Pl.)
20 min (Potsdamer Pl.–Hennigsdorf)
Berlin S3.svg Spandau ↔ Friedrichshagen ↔ Erkner 13 Schlesische Bahn 10 min (Ostbahnhof–Friedrichshagen)
20 min (Friedrichshagen–Erkner)
Berlin S41.svg Gesundbrunnen ↔ Ostkreuz ↔ Südkreuz ↔ Westkreuz ↔ Gesundbrunnen 28 Ringbahn (em sentido horário) 10 min
Berlin S42.svg Gesundbrunnen ↔ Westkreuz ↔ Südkreuz – Ostkreuz ↔ Gesundbrunnen 28 Ringbahn (em sentido anti-horário) 10 min
Berlin S45.svg Flughafen Berlin SchönefeldHermannstraße 10 Güteraußenring, Görlitzer Bahn, Verbindungsbahn Baumschulenweg–Neukölln, Ringbahn 20 min
segunda a sexta
Berlin S46.svg Königs WusterhausenWestend 23 Görlitzer Bahn, Verbindungsbahn Baumschulenweg–Neukölln, Ringbahn 20 min
Berlin S47.svg SpindlersfeldSüdkreuz 12 Zweigbahn Schöneweide–Spindlersfeld, Görlitzer Bahn, Verbindungsbahn Baumschulenweg–Neukölln, Ringbahn 20 min (Spindlersfeld–Südkreuz)
einzelne Züge (Südkreuz–Bundesplatz)
Berlin S5.svg Westkreuz ↔ Warschauer Straße ↔ Mahlsdorf ↔ Strausberg ↔ Strausberg Nord 30 Berliner Stadtbahn, Ostbahn, Bahnstrecke Strausberg–Strausberg Nord 10 min (Westkreuz–Warschauer Straße)
10 min (Warschauer Straße–Mahlsdorf)
20 min (Mahlsdorf–Strausberg)
40 min (Strausberg–Strausberg Nord)
Berlin S7.svg Potsdam HauptbahnhofAhrensfelde 29 Wetzlarer Bahn, Berliner Stadtbahn, Wriezener 10 min
Berlin S75.svg Spandau ↔ Warschauer Straße ↔ Wartenberg 30 Spandauer Vorortbahn, Berliner Stadtbahn, Außenring 20 min (Spandau–Warschauer Str.)
10 min (Warschauer Str.–Wartenberg)
Berlin S8.svg Zeuthen ↔ Grünau ↔ Birkenwerder 24 Görlitzer Bahn, Ringbahn, Stettiner Bahn, Außenring 20 min (Zeuthen–Grünau, hora em ponto)
20 min (Grünau–Hohen Neuendorf)
Berlin S85.svg Grünau ↔ Schöneweide ↔ Waidmannslust 20 Görlitzer Bahn, Ringbahn, Nordbahn 20 min (Grünau–Schöneweide, hora em ponto)
20 min (Schöneweide–Waidmannslust)
Berlin S9.svg Flughafen Berlin SchönefeldPankow 29 Güteraußenring, Görlitzer Bahn, Berliner Stadtbahn, Spandauer Vorortbahn 20 min

Referências