S-Video

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:S-Video. Ajude e colabore com a tradução.
Conector padrão S-Video de 4 pinos.

S-Video (abreviatura de Separate Video, "vídeo separado" em inglês), também conhecido como Y/C é um sinal de vídeo analógico que carrega dados de vídeo com dois sinais separados (brilho e cor), diferentemente do vídeo composto, que carrega o sinal inteiro em um pacote. O S-Video trabalha na resolução de 480i (NTSC) ou 576i (PAL).

Visão geral[editar | editar código-fonte]

sinal Y/C, comparação entre Vídeo Composto (a) e S-Video (b).

Os sinais de luminância (Y; greyscale) e a informação modulada da crominância (C; colour) são transmitidos em pares separados, porém são sincronizados.

No vídeo composto, o sinal de Luminância é filtrado por um circuito passa-baixas (low-pass filter) para prevenir o efeito chamado de crosstalk entre as altas frequências da informação da Luminância e a portadora do sinal de Crominância. Como o sistema S-Video separa em dois o sinal de vídeo, o uso do filtro passa-baixa não é mais necessário, evitando assim as perdas do sinal de vídeo. Isto aumenta a largura de banda para a informação do Luminância, e elimina também o problema de crosstalk com o sinal de cor ([Crominância]). O indesejado efeito de dot crawl é eliminado. Isto significa que o S-Vídeo consegue transmitir muito mais informação do vídeo original, e assim uma reprodução muito melhor da imagem quando comparada ao vídeo composto.

Devido à separação do vídeo em componentes de brilho (Luminância) e de cor (Crominância), O sistema S-Vídeo é considerado às vezes como um tipo de sinal de "vídeo componente", embora seja inferior a eles em termos de qualidade, sendo ultrapassado pelos sistemas de vídeo componente mais complexos, como o RGB.

O que diferencia o S-Video de sistemas de vídeo composto "mais elevados" é que o S-Vídeo carrega a informação da cor em apenas um sinal. Isto significa que as cores têm que ser codificadas de alguma forma tal como NTSC, PAL e SECAM. Assim, para a compatibilidade plena entre os dispositivos usados, devemos utilizar não somente o sistema S-Video compatível, como também o mesmo sistema de codificação de cor (NTSC, PAL e SECAM).


Especificações[editar | editar código-fonte]

Conector[editar | editar código-fonte]

Número dos pinos (olhando para o socket): 4

Atribuição dos pinos
Pino Nome Função
1 GND Terra (Y)
2 GND Terra (C)
3 Y Intensidade (luminância)
4 C Cor (crominância)

Svidconnector-7pin-nonstd

Número dos pinos (olhando para o socket): 7 (os primeiros 4 pinos são iguais)

Atribuição dos pinos
Pino Nome Função
5 SPDIF Áudio
6 Composite Vídeo Composto
7 GND Terra (Áudio)

Uso[editar | editar código-fonte]

O S-Video é normalmente usado nos EUA, Canadá e Japão, interface encontrada em TVs, tocadores de DVD (DVD players), videocassetes e vídeo-games. A maioria do conectores utilizados na Europa em placas gráficas é do tipo S-Vídeo, onde a padronização é falha, levando a um significativo impacto na preferência de escolha por um sinal RGB de alta qualidade.

O cabo S-Video sofre uma queda de sinal quando transmitido por uma distancia maior que 5 metros.

O cabo S-Video padrão de 4 pinos não transmite sinal áudio. O de 7 pinos é usado geralmente em placas de vídeo ou dispositivos portáteis que precisam transmitir o vídeo composto com o áudio, tais como câmeras ou filmadoras.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]