S3 Savage

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
VIA Technologies (categoria)
Processadores: C3 • C7 • Nano
Chipsets: Chipsets VIA
Rede: VIA Velocity • VIA Rhine
Som: VIA Envy • VIA Vinyl
S3 Graphics (comparativo)
Pré-Direct3D: S3 Trio • S3 ViRGE
Direct3D 5/6: S3 Savage
Direct3D 7.x: S3 Savage 2000
Direct3D 9.x: S3 Chrome

S3 Savage é uma família de processadores gráficos da empresa S3 Graphics para computadores pessoais.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Savage 3D[editar | editar código-fonte]

Na feira E3 de 1998 a S3 apresentou o primeiro modelo Savage, Savage3D. Comparado aos seus antecessores - ViRGE e Trio 3D - o Savage3D representava um avanço notável. Entre seus recursos estavam:

  • Filtragem trilinear em um ciclo de processamento.
  • Codificador para saída de TV integrado opcional.
  • S3 Texture Compression (S3TC)
  • Recursos de processamento de vídeo MPEG-2.

Apesar das expectativas, a produção da Savage3D foi prejudicada por uma baixa produtividade em sua fábrica. Apenas um fabricante - Hercules - conseguiu algum sucesso em vender placas baseadas nela, testando e selecionando indidualmente os processadores a serem utilizados.[1]

Somado aos problemas de fabricação, a baixa qualidade dos drivers contribuiu para o fracasso do produto no mercado. No início de 1999 a S3 aposentou a Savage3D e lançou a família Savage4, corrigindo diversas limitações do chipset Savage3D.

Savage4[editar | editar código-fonte]

Savage4 foi, em linhas gerais, uma evolução da tecnologia Savage3D. A S3 otimizou o processador, corrigiu defeitos e o retrabalhou para um custo menor e maior desempenho. Adicionou multi-texturização em passagem única, o processador pode aplicar duas texturas a um pixel em uma passagem. A Savage4 era compatível com a então recente AGP 4X. Fabricado no processo de 250 nm, como a Savage3D, seu núcleo "rodava" a 125 MHz, enquanto a memória era configurada em 125 MHz ou 143 MHz (na versão Pro). Podia ser equipada com 8 a 32 MB de memória. Apesar do codificador integrado de TV ter sido removido, A aceleração MPEG-2/DVD era eficiente e o chip possuía suporte preliminar à interface DVI para telas de LCD.[1]

A Savage4 foi utilizada por diversos fabricantes, incluindo a Diamond Multimedia (no modelo Stealth III S540) e Creative Labs. Apesar dos recursos competitivos, a utilização de um barramento de memória de 64-bit comprometia o desempenho em modo de 16 milhões de cores. Além disso, novamente a baixa qualidade dos drivers limitou o desempenho de seu processador e a compatibilidade com programas, jogos e hardware.

O desempenho da Savage4 ficou abaixo de concorrentes como 3dfx Voodoo3, ATI Rage 128, Matrox G400, ou NVIDIA Riva TNT2. Em jogos OpenGL como Quake III a Savage4 tinha um desempenho inferior ao das placas TNT2 ou Voodoo3. Em jogos Direct3D como Shogo: Mobile Armor Division, era quase 50% inferior às duas mesmo em resoluções de tela menores como 800x600[2] . Apesar disso, o processador se tornou relativamente popular, especialmente em máquinas de baixo custo voltadas para jogos e alguns fabricantes OEM.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Concorrentes[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Shimpi, Anand Lal (1º de maio de 1999) S3 Savage4, "AnandTech" - acessado em 2007-12-23.
  2. Andrawes, Mike (18 de junho de 1999) Gainward CARDEXpert SG4 Savage4 Pro, "AnandTech" - acessado em 2007-12-23.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.