SES World Skies

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde julho de 2013). Ajude e colabore com a tradução.

SES World Skies — anteriormente: SES New Skies, New Skies Satellites (NSS), e SES Americom — é uma operadora de satélites de telecomunicações holandesa, empresa do grupo SES.

Em 30 de Novembro de 1998, vários antigos satélites Intelsat foram transferidos para o controle da New Skies, que operou vários satélites fornecendo cobertura global. Um sexto satélite, o NSS-8, era previsto para entrar em serviço comercial no início de 2007, mas foi destruído por uma explosão do veículo lançador, um Zenit-3SL em 30 de Janeiro de 2007.

Em Dezembro de 2005, foi anunciado que a SES Global iria comprar 100% da companhia;[1] essa fusão foi completada em Março de 2006. Em Setembro de 2006, o nome foi trocado de "New Skies Satellites" para "SES NEW SKIES". Em Julho de 2008, a SES anunciou a fusão dos seus dois grupos internacionais, a "SES AMERICOM" e a "SES NEW SKIES" num novo segmento, tendo como presidente e CEO, Rob Bednarek da SES NEW SKIES.[2] O novo segmento, foi rebatizado como "SES WORLD SKIES" em 7 de Setembro de 2009.[3]

Satélites[editar | editar código-fonte]

Frota AMC[editar | editar código-fonte]

Satélite Fabricante Data do lançamento Veiculo de lançamento Posição orbital Nota
Ativo:
AMC-1 Lockheed Martin 08 de setembro de 1996 Atlas 2A 103° W Anteriormente conhecido por GE-1
AMC-2 Lockheed Martin 31 de janeiro de 1997 Ariane 44L 81° W Anteriormente conhecido por GE-2
AMC-3 Lockheed Martin 04 de setembro de 1997 Atlas 2AS 67° W Anteriormente conhecido por GE-3
AMC-4 Lockheed Martin 13 de novembro de 1999 Ariane 44L 67° W Anteriormente conhecido por GE-4
AMC-5 Dornier Satellitensysteme
Aerospatiale
28 de outubro de 1998 Ariane 44L 81° W Anteriormente conhecido por GE-5
AMC-6 Lockheed Martin 21 de outubro de 2000 Proton-K/Blok-DM-3 72° W Também conhecido por GE-6 e Rainbow 2
AMC-7 Lockheed Martin 14 de setembro de 2000 Ariane 5G 72° W Anteriormente conhecido por GE-7
AMC-8 Lockheed Martin 19 de dezembro de 2000 Ariane 5G 139° W Também conhecido por GE-8 e Aurora 3
AMC-9 Alcatel Space 06 de junho de 2003 Proton-K/Briz-M 83° W Anteriormente conhecido por GE-12
AMC-10 Lockheed Martin 05 de fevereiro de 2004 Atlas 2AS 135° W Anteriormente conhecido por GE-10
AMC-11 Lockheed Martin 19 de maio de 2004 Atlas 2AS 131° W Anteriormente conhecido por GE-11
AMC-15 Lockheed Martin 14 de outubro de 2004 Proton-M/Briz-M 105° W
AMC-16 Lockheed Martin 17 de dezembro de 2004 Atlas-5 85° W
AMC-18 Lockheed Martin 08 de dezembro de 2006 Ariane 5 ECA 105° W Anteriormente conhecido por GE-11
AMC-21 Alcatel Alenia Space
Orbital Sciences Corporation
14 de agosto de 2008 Ariane 5 ECA 125° W
Fracassou:
AMC-14 Lockheed Martin 14 de março de 2008 Proton-M/Briz-M 61.5° W (planejado) Anteriormente conhecido por GE-14. Falhou parcialmente; Após uma falha do veículo lançador, o satélite foi colocado em uma órbita intermediária e só conseguiu alcançar a órbita geoestacionária no final de janeiro de 2009. O satélite foi adquirido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos e está ativo em uma órbita altamente inclinada e é operado com a designação USAT-S1
Retirado:
Satcom C3 GE AstroSpace 10 de setembro de.1992 Ariane 4LP 79° W Inativo desde outubro de 2010

Frota NSS[editar | editar código-fonte]

Satélite Fabricante Data do lançamento Veiculo de lançamento Posição orbital Nota
Ativo:
NSS-5 Lockheed Martin 23 de setembro de 1997 Ariane 42L 50° E Anteriormente conhecido por Intelsat 803 e NSS-803
NSS-6 Lockheed Martin 17 de dezembro de 2002 Ariane 44L 95° E
NSS-7 Lockheed Martin 16 de abril de 2002 Ariane 44L 20° W
NSS-9 Orbital Sciences Corporation 12 de fevereiro de 2009 Ariane 5 ECA 177° W
NSS-10 Alcatel Space 03 de fevereiro de 2005 Proton-M/Briz-M 37.5° W Anteriormente denominado de Worldsat 2, GE-1i e AMC-12. Também conhecido por Astra 4A e Star One C12
NSS-11 Lockheed Martin 01 de outubro de 2000 Proton-K/Blok-DM-3 108° E Também conhecido por GE-1A, AAP-1 e Worldsat 1
NSS-12 Space Systems/Loral 29 de outubro de 2009 Ariane 5 ECA 57° E
NSS-703 Space Systems/Loral 06 de outubro de 1994 Atlas 2AS 47° W Anteriormente conhecido por Intelsat 513
NSS-806 Lockheed Martin 28 de fevereiro de 1998 Atlas 2AS 47.5° W Anteriormente conhecido por Intelsat 806
Fracassou:
NSS-8 Boeing 30 de janeiro de 2007 Zenit-3SL 57° E (planejado) O satélite foi perdido em uma falha no lançamento, quando o veículo lançador Zenit-3SL explodiu na decolagem.
Retirado:
NSS-K RCA Astro 10 de julho de 1992 Atlas 2A 21,5° W Inativo desde agosto de 2002. Inicialmente o mesmo era para ter sido lançado sob o nome Satcom K4, mas o lançamento do satélite foi cancelado. O mesmo foi lançado posteriormente pela Intelsat com o nome de Intelsat K. O satélite foi vendido para a New Skies e renomeado para NSS-K.
NSS-513 Ford Aerospace 17 de maio de 1988 Ariane 2 177° W Inativo desde julho de 2003. Anteriormente conhecido por Intelsat VA 13 e Intelsat 513

Frota SES[editar | editar código-fonte]

Satélite Fabricante Data do lançamento Veiculo de lançamento Posição orbital Nota
Ativo:
SES-1 Orbital Sciences Corporation 24 de abril de 2010 Proton-M/Briz-M 101° W Anteriormente conhecido por AMC-4R, AMC-1R e AMC-5RR
SES-2 Orbital Sciences Corporation 21 de setembro de 2011 Ariane 5 ECA 87° W Ex-AMC-5R
SES-3 Orbital Sciences Corporation 15 de julho de 2011 Proton-M/Briz-M 103° W Ex-AMC ground spare
SES-4 Space Systems/Loral 14 de fevereiro de 2012 Proton-M/Briz-M 22° W Ex-NSS-14
SES-5 Space Systems/Loral 09 de julho de 2012 Proton-M/Briz-M 5° E Ex-Sirius 5. Também conhecido por Astra 4B
SES-6 EADS Astrium 03 de junho de 2013 Proton-M/Briz-M 40.5° W
SES-7 Boeing Satellite Systems 16 de maio de 2009 Proton-M/Briz-M 108° E Ex-Galaxy 8iR. Também conhecido por Indostar 2, ProtoStar 2 e Cakrawarta 2
SES-8 Orbital Sciences Corporation 03 de dezembro de 2013 Falcon-9 v1.1 95° E
Planejado:
SES-9 Boeing Satellite Systems Previsto para 2015 Falcon-9 v1.1 108° E Em construção
SES-10 Airbus Defence and Space Previsto para 2016 Falcon-9 v1.1 67° W Em construção
SES-11 Airbus Defence and Space Previsto para 2016 105° W Em construção. Também conhecido por EchoStar 105[4]
SES-12 Airbus Defence and Space Previsto para 2017 95° E Em construção[5]

Referências

  1. SES GLOBAL to acquire New Skies Satellites SpaceRef Interactive Inc. (14/12/2005). Visitado em 23/07/2013.
  2. SES To Create New Segment Encompassing Two Of Its Satellite Operating Entities Thomson Reuters (10/07/2008). Visitado em 23/07/2013.
  3. SES AMERICOM-NEW SKIES Satellite Division Re-brands As SES WORLD SKIES Thomson Reuters (07/09/2009). Visitado em 23/07/2013.
  4. Echostar 105 / SES 11 (em inglês) Gunter's Space Page. Visitado em 24 de setembro de 2014.
  5. SES 12 (em inglês) Gunter's Space Page. Visitado em 24 de agosto de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.