SOCOM U.S. Navy SEALs: Combined Assault

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde outubro de 2009).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Socom U.S. Navy Seal's: Combined Assault é um jogo de tiro em 3ª pessoa, produzido pela Zipper Interactive. É a continuação da franquia SOCOM: US Navy SEAL's

Equipe[editar | editar código-fonte]

A equipe é comandada pelo jogador, no caso, o comandante dos soldados, "SPECTER". A equipe toda é composta de "SPECTER", "JESTER", "KILLJOY" e "SIMPLE". Cada um deles é especialista em uma certa área. Por exemplo: SPECTER é expert em combates urbanos, JESTER, expert em combates noturnos e com armas de curta distância, KILLJOY é expert em demolições, mergulho e armas pesadas, e SIMPLE é um atirador de elite.

Cada um exerce uma específica função. A função de JESTER é dar cobertura à SPECTER, daí o motivo de não poder se afastar muito do mesmo. Killjoy e Simple acompanham a equipe, dando suporte.

Novidades[editar | editar código-fonte]

A nova edição conta com uma série de novidades, entre elas, coletar salsichas nas missões, medalhas, que rendem novas armas dependendo da quantia adquirida, desbloqueio de várias armas, entre outros.

História[editar | editar código-fonte]

O jogo se passa no país fictício do Ajdikistan, aonde, um grupo de terroristas começaram a atuar recentemente no país. Ao longo do jogo, existem várias missões de coletar inteligência inimiga, capturar ou matar comandantes de equipes inimigas. Uma inteligência inimiga obtida aponta que é o próprio presidente do país, que, depois de descoberto, tenta fugir do país com riquezas roubadas, mas, é preso.

Forças inimigas[editar | editar código-fonte]

Neste jogo é possível combater contra duas forças inimigas: terroristas, e a força de defesa Ajikistanesa, que, tenta te impedir de capturar o presidente, mas, que é enfraquecida quando seu o ministro da defesa é preso.