SOS Children's Villages International

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aldeias Infantis SOS em Poá-SP, Brasil

SOS Children's Villages International[1] (em Portugal Aldeias de Crianças SOS e no Brasil Aldeias Infantis SOS) é uma instituição filantrópica de atendimento a crianças. Foi fundada logo após a Segunda Guerra Mundial, na Áustria, por Hermann Gmeiner. A ideia básica original foi a de dar uma família e um lar para as crianças órfãs e abandonadas, no período pós-guerra.

Em 2007, haviam unidades em todo o mundo, atendendo a 47.400 crianças.

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, as aldeias foram fundadas por Maria do Céu Mendes Correia em Março de 1964, que enquanto a nível profissional desempenhava as funções de economista na Comissão de Coordenação Económica e, mais tarde, integrando a Direcção Geral de Concorrência e Preços, paralelamente mantinha uma obra social mista (destinada a rapazes e raparigas), o que era proibido por lei na altura da sua criação.[2]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil as aldeias estão presentes em Brasília, Caicó, Campinas, Engenho do Meio, Goioerê, Igarassu, Jacarepaguá, João Pessoa, Juiz de Fora, Lauro de Freitas, Manaus, Pedra Bonita, Poá, Porto Alegre, Rio Bonito, Santa Maria e em São Bernardo do Campo[3] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Organizações não governamentais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.